A Dieta da Alface Para Emagrecer – Como Funciona e Dicas

A alface é um alimento bem vindo em boa parte das dietas para emagrecer. E não é para menos, a verdura é pouco calórica, ao mesmo tempo em que fornece parte dos nutrientes que o organismo necessita para o seu funcionamento.

Ela é composta por somente 15 calorias a cada porção de 100 g e é fonte de nutrientes como proteínas, fibras, cálcio, fósforo, manganês, magnésio, ferro, potássio, zinco, vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina C, vitamina K.

A dieta da alface para emagrecer

Mas você sabia que a verdura também é a protagonista de um programa alimentar? Estamos nos referindo aqui à dieta da alface para emagrecer. Trata-se de um método divido em cinco fases, que quando seguido apropriadamente, traz a promessa de eliminar apropriadamente 6 kg em um período de 11 dias.

As etapas da dieta consistem em um processo de transição de uma alimentação normal até uma rotina de refeições baseadas apenas no consumo da alface e de volta à alimentação normal. Vamos descobrir como funciona e conhecer cada fase da dieta da alface para emagrecer?

Fase 1

A primeira etapa da dieta da alface para emagrecer é considerada uma fase de acomodação, tem a duração de dois dias e determina que o café da manhã seja trocado pelo consumo de meia alface, acompanhado de uma xícara de café preto sem açúcar. Não é permitido outros acompanhamentos como pães ou cereais.

A alface deve ser preparada da seguinte maneira: lavar bem folha por folha, cortar em pedacinhos da maneira que desejar e temperar com sal a gosto, suco de limão e ervas frescas picadinhas como salsinha e endro, por exemplo.

Ao acordar, antes do café da manhã, a orientação é tomar um copo cheio de água e, só depois, comer a salada. O restante das refeições deve ser feita de maneira regular. Entretanto, é fundamental que elas sejam saudáveis, nutritivas, controladas e equilibradas.

Fase 2

A segunda etapa já complica um pouquinho mais as coisas. O café da manhã continua com as mesmas diretrizes da primeira fase. Entretanto, além disso, o jantar também é substituído pela salada de alface utilizada no café da manhã.

A alface deve ser preparada de maneira igual à ensinada no tópico acima e, assim como na primeira refeição do dia, ela não deve vir acompanhada de nenhum outro alimento. A duração da segunda etapa do plano alimentar também é de dois dias.

Fase 3

Ao chegar na terceira etapa da dieta da alface para emagrecer, as coisas se tornam bastante restritivas e radicais. Isso porque ele determina o consumo da salada de alface – e mais nenhum outro alimento – em todas as refeições.

A terceira fase tem um período de três dias de duração e é permitido comer a quantidade de alface que desejar. Para deixar as coisas menos enjoativas e tediosas, recomenda-se utilizar as diferentes variações da alface para as refeições como: alface crespa, alface americana, alface frisada, alface lisa, alface mimosa, alface romana e alface roxa.

Esta fase da dieta é bastante perigosa, pois não permite que as refeições sejam equilibradas e nutritivas. Mesmo que a alface forneça nutrientes, ela traz apenas parte deles e não é capaz de sustentar as necessidades nutricionais do corpo em sua totalidade.

Isso sem contar que o baixo teor calórico do alimento pode trazer uma queda significativa nos níveis de energia. Lembrando que o máximo de redução que uma pessoa deve sofrer em sua ingestão calórica habitual é de 1 mil calorias. Se levarmos em conta que uma pessoa consome entre 2 mil calorias e 2,5 mil calorias diariamente, comer somente alface durante três dias pode fazer com que a diminuição seja facilmente maior do que o limite de redução indicado.

Com a diminuição de 1000 calorias, o organismo ainda funciona, porém, já pode fazer com que você se sinta cansado, com fome e sem energia, o que torna a dieta difícil de ser sustentada. Imagine então, o que acontece se essa diminuição for ainda maior?

Fase 4

A quarta fase do plano alimentar marca o início do retorno gradativo aos padrões habituais da alimentação. Ela dura dois dias e é igualzinha à segunda fase: o cardápio do café da manhã e do jantar consiste na salada de alface ensinada na fase 1 e as outras refeições do dia são feitas de maneira habitual.

Fase 5

A última etapa da dieta da alface para emagrecer dá continuidade ao processo de retorno aos parâmetros de uma dieta normal. Ele é idêntico à primeira fase do programa alimentar, em que a salada de alface, que pode vir acompanhada apenas de uma xícara de café preto, é consumida no café da manhã.

Como já especificado, as demais refeições podem ser realizadas de maneira normal. Sua duração também é de um período de dois dias.

Cuidados

Quem possui qualquer tipo de problema gastrointestinal não está autorizado a seguir a dieta da alface para emagrecer.

Antes de aderir a qualquer tipo de programa alimentar, é fundamental que você procure o acompanhamento de um médico e um nutricionista. Assim, você poderá ter a segurança de saber qual tipo de plano é mais adequado para o seu caso, tendo em vista não simplesmente alcançar os objetivos em relação à perda de peso, mas também levando o bom estado da saúde em consideração.

Até porque não basta somente perder peso. É essencial que isso aconteça com saúde, de modo que a rotina alimentar possa ser sustentada permanentemente, garantindo bons resultados a longo prazo, além de assegurar que o programa alimentar permita que o organismo receba todos os nutrientes dos quais necessita para funcionar corretamente.

Isso é especialmente importante quando pensamos em usar a dieta da alface para emagrecer. Isso porque ela determina ficar algumas refeições e até mesmo dias inteiros somente à base de alface. Por mais que o vegetal seja nutritivo, não é capaz de fornecer todas as necessidades que o corpo tem em relação às calorias (energia) e ao valor nutricional.

Um plano alimentar é considerado saudável quando propõe refeições equilibradas, saudáveis, nutritivas e controladas, o que não acontece o tempo todo nesta dieta. Portanto, ela traz o risco de deficiências nutricionais e falta de energia, o que acarreta disfunções no organismo e não faz bem à saúde.

Assim, ainda que a dieta possa resultar em emagrecimento, isso não acontecerá de maneira saudável, o que não é nada aconselhável.

Você utilizaria a dieta da alface para emagrecer? Mesmo sabendo dos perigos e da escassez nutricional do seu cardápio? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (26 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário