Ácido Acetilsalicílico para Pele – Para Que Serve e Como Usar

Para as pessoas que utilizam o ácido acetilsalicílico para a pele, é importante descobrir para que ele serve e como usá-lo para obter os seus benefícios e ter uma pele bonita e saudável.

O ácido acetilsalicílico (ASA), que popularmente é mais conhecido como aspirina, é comumente usada como analgésico para pequenas dores e para reduzir a febre.

Além disso, ele é também um medicamento anti-inflamatório e pode ser usado como um afinador de sangue.

Porém, pesquisas foram realizadas a respeito dos benefícios do ácido acetilsalicílico para a pele.

Sempre surge algum tipo de receita caseira que promete ajudar a manter a pele bonita e saudável, como bicarbonato para clarear a pele e aspirina para espinha.

Mas ácido acetilsalicílico para pele funciona mesmo?

Aplicações do ácido acetilsalicílico para pele

O ácido acetilsalicílico, que se parece muito com o ácido salicílico, é um beta-hidroxiácido ótimo para esfoliação, com propriedades anti-irritantes e antibacterianas que o tornam ideal para peles com tendência a acne.

Um beta-hidroxiácido, assim como o ácido salicílico, é amplamente utilizado para esfoliar a pele, além de preparar a pele para uma penetração aprimorada de outros tratamentos tópicos.

Porém, a grande diferença está no “acetil” que é ligado ao restante da molécula por uma ligação éster.

Para hidrolisar um éster (ou seja, quebrar a ligação éster), você precisa de um ácido ou base muito forte – pense em ácido sulfúrico ou hidróxido de sódio (soda cáustica).

Mesmo que a “hidrólise” pareça acontecer, se você adicionar apenas água pode não ser o suficiente, por isso, outra maneira de transformar aspirina em ácido salicílico é usando uma enzima conhecida como esterase.

Isso acontece quando você toma um comprimido de aspirina – as esterases no fígado e no sistema digestivo metabolizam a aspirina e obtém ácido salicílico.

  Continua Depois da Publicidade  

Também existem esterases na pele humana; no entanto, a extensão em que a aspirina é hidrolisada é desconhecida.

Para que serve – Pesquisas científicas sobre ácido acetilsalicílico para pele

O ácido salicílico tem efeitos secantes que ajudam a eliminar o excesso de óleo e as células mortas da pele. Ele também pode ajudar no tratamento da acne e a impedir a formação de novas manchas.

O ácido salicílico tem sido bem considerado como um método cientificamente comprovado para o tratamento da acne. No entanto, as pesquisas por trás do ácido acetilsalicílico, na forma de aspirina, não estão bem estabelecida.

Segundo uma pesquisa publicada em 2015 no Indian Online Dermatology Journal, a aspirina, embora seja uma droga antiga e barata, mostrou-se promissora para uma variedade de distúrbios dermatológicos.

Devido ao seu papel na redução do risco de melanoma, o ácido acetilsalicílico da aspirina também encontrou um lugar na oncologia.

Em um futuro próximo, com os novos avanços no campo da farmacologia molecular, novas indicações de para que serve a aspirina poderão ser descobertas.

Até o momento, os estudos clínicos disponíveis analisaram os possíveis efeitos anti-inflamatórios que a aspirina pode ter na pele.

Acredita-se que ela pode ajudar a reduzir a inflamação relacionada à rosácea, artrite psoriática e até câncer de pele.

Ácido acetilsalicílico e a acne inflamatória

O ácido acetilsalicílico tem um potencial maior como agente anti-inflamatório no tratamento da acne inflamatória, sendo essa uma das principais respostas de para que serve este ácido. Isso inclui cistos e nódulos.

Porém, é improvável que funcione para acne não inflamatória, como cravos e espinhas. Ainda assim, mesmo os potenciais benefícios anti-inflamatórios do ácido acetilsalicílico para acne não são tão claros.

A Academia Americana de Dermatologia (AAD) recomenda tomar aspirina por via oral como forma de reduzir o inchaço da pele relacionado a queimaduras solares. Mas a AAD não possui recomendações específicas para aspirina no tratamento da acne inflamatória.

Um estudo realizado em adultos com inflamação cutânea induzida por histamina concluiu que a aspirina ajudou a reduzir alguns sintomas, mas não a coceira que ocorre como efeito colateral. Este estudo não analisou o papel ácido acetilsalicílico nas lesões da acne.

  Continua Depois da Publicidade  

Se você tem acne inflamatória, há evidências de que a aspirina tópica pode funcionar, mas isso só se aplica para ajudar a inflamação subjacente que está causando sua acne.

A própria acne inflamada é atribuída a substâncias como óleo, células mortas da pele, sujeira e bactérias que entopem profundamente os poros.

Como usar ácido acetilsalicílico para pele

Use o ácido acetilsalicílico para pele apenas por via tópica já que tomar aspirina por via oral não terá os mesmos efeitos.

Você também pode aumentar o risco de efeitos colaterais se tomar aspirina via oral e não precisar dela para controlar a dor ou a saúde do coração.

Siga essas instruções de como usar ácido acetilsalicílico para pele:

  • Use aspirina em pó ou esmague completamente alguns comprimidos;
  • Misture o pó da aspirina (ácido acetilsalicílico) com 1 colher de sopa de água morna para criar uma pasta;
  • Lave o rosto como de costume;
  • Aplique a pasta de aspirina diretamente na acne. Você pode usá-la como tratamento local ou aplicar sobre todo o rosto como uma máscara facial;
  • Deixe agir por 10 a 15 minutos;
  • Enxague abundantemente com água morna;
  • Passe o seu hidratante habitual.

Você pode repetir esse processo como tratamento local uma ou duas vezes por dia até que a acne desapareça. Se estiver usando aspirina para uma máscara facial, use-a algumas vezes por semana.

Ao se livrar da inflamação que está causando sua acne, as substâncias podem eventualmente sair dos poros – por conta própria.

Muitas pessoas relataram resultados desejáveis à máscara facial. O ácido acetilsalicílico também demonstrou ser um agente tópico eficaz para aliviar a coceira, de modo que fica claro que o uso tópico pode proporcionar alguns benefícios.

Fontes e Referências adicionais:

Você já conhecia o ácido acetilsalicílico? Conhece alguém que já usava? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário