Alho é Bom para Dor de Dente?

Especialista da área:
atualizado em 19/05/2020

Confira se alho é bom para dor de dente ou se não há evidências científicas por trás desse suposto benefício do alho para nossa saúde bucal.

  Continua Depois da Publicidade  

É muito difícil encontrar uma cozinha que não disponha de algumas cabeças de alho dentro da despensa ou da geladeira. Isso porque o ingrediente costuma ser bastante utilizado para temperar e incrementar uma série de receitas como arroz, feijão, macarrão, molhos, refogados e muitas outras. Que tal aprender como fazer chá de alho, por exemplo?

Existem inúmeros benefícios do alho para a saúde e boa forma decorrentes de seus nutrientes. Uma porção de aproximadamente 30 g do alimento é fonte de vitamina C, manganês, selênio, cálcio, cobre, potássio, ferro, fósforo, vitamina B1, vitamina B6.

Mas você já ouviu falar que o alho é bom para dor de dente?

Antes de ser um ingrediente que marca presença na cozinha de muitas pessoas, o principal uso do alho referia-se às suas supostas propriedades medicinais e para a saúde.

Existem registros que indicam a utilização do alho por grandes civilizações como os egípcios, os babilônios, os gregos, os romanos e os chineses.

Mas será que esses usos medicinais incluíam os problemas dentários? Será que o alho é bom para dor de dente ou isso não de mais uma promessa sem fundamento?

Bem, de acordo com o autor do livro “A Treatise on Home Remedies” (Um Tratado sobre Remédios Caseiros, tradução livre), Suresh Babu, é possível amenizar uma dor de dente por meio da aplicação de alho no dente atingido.

  Continua Depois da Publicidade  

No mesmo sentido, um artigo publicado e revisado pela dentista Christine Frank indicou o alho como um remédio caseiro que pode atuar como um amenizador da dor.

A sugestão para utilizar o alho para dor de dente é esmagar o ingrediente, misturar com um pouco de sal e, então, passar a mistura no dente afetado pela dor.

Entretanto, o mestre em nutrição e dietética Joe Lewis advertiu em seu artigo publicado que é necessário conversar com o médico antes de aderir a qualquer tratamento alternativo. O artigo revisado pela dentista Christine Frank ressaltou que são diversas as dores de dente que exigem uma atenção profissional.

Além disso, apesar de estratégias caseiras como mastigar alho, colocar cebola crua sobre o dente ou fazer bochecho com água quente e sal, entre outros truques, tenham algum tipo de ação contra dores, eles funcionam para tipos diferentes de dores.

Algumas dores de dente, por exemplo, diminuem com frio e se intensificam com calor, mas outras são ao contrário – diminuem com calor e se intensificam com frio. Portanto, pode ser que uma pessoa descubra que alho é bom para dor de dente nela e não seja para você e inúmeras outras pessoas.

Em outras palavras, é possível que a receita caseira não seja eficiente para amenizar o tipo de dor de dente que você enfrenta em particular.

  Continua Depois da Publicidade  

É fundamental saber a causa da dor de dente e trata-la corretamente no dentista

Mais importante do que saber se o alho é bom para dor dente é descobrir o que está provocando o problema e tratar de maneira adequada e segura para a saúde bucal.

Até porque os remédios caseiros servem somente para fornecer um alívio temporário, ou seja, não podem funcionar como um tratamento definitivo para a dor de dente.

Por exemplo, uma dor de dente pode ser provocada por uma cárie dentária, que é causada pela placa pegajosa que se agarra e come o esmalte do seu dente, causando dor.

É essencial tratar uma cárie rapidamente porque ela pode resultar em complicações como inchaço e pus ao redor do dente, quebra ou danificação do dente, problemas de mastigação e mudanças no posicionamento do dente, relatou a Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos.

Quando a cárie se torna severa, o paciente pode experimentar um aumento da dor que interfere com a rotina do dia a dia, problemas de nutrição em decorrência da dificuldade ou dor para mastigar ou engolir e até mesmo a perda do dente, acrescentou a organização.

Uma dor de dente também pode ser resultado de outros problemas como lesões na boca ou mandíbula, como um dos sintomas de sinusite, perda de obturação dentária, presença de alimento ou outros resíduos entalados entres os dentes, nascimentos de dentes como os dentes do siso, distúrbios na articulação temporomandibular, gengivite e ranger ou cerrar os dentes.

  Continua Depois da Publicidade  

É importante procurar o auxílio imediato de um dentista quando a dor de dente durar mais do que um ou dois dias. Se a dor dentária não for tratada prontamente, ela pode resultar em problemas mais graves como gengivite ou abscesso dentário, que é quando a bactéria infecta a polpa do dente, ou seja, a parte interna do dente.

O artigo revisado pela dentista Christine Frank alertou que o dentista também deve ser procurado quando aparecerem sintomas como: febre, dificuldade para engolir ou respirar, inchaço, dor ao morder, vermelhidão anormal nas gengivas, liberação de gosto desagradável na boca e pus. 

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que alho é bom para dor de dente? Costuma tratar da sua saúde bucal com cuidado? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário