Aprenda a Receber Comida em Casa em Época de Coronavírus

Especialista:
atualizado em 06/04/2020

A COVID-19 é uma das doenças mais arrasadoras dos últimos tempos. Tendo infectado mais de 1 milhão de pessoas mundo afora, esse vírus assusta pela velocidade com que conseguiu se disseminar.

Proveniente da cidade de Wuhan, na província chinesa de Hubei, o coronavírus deixou sua marca na China. A Itália e os Estados Unidos tornaram-se os países mais afetados.

As medidas governamentais para combater o coronavírus incluem o distanciamento social e o confinamento da população em suas casas em inúmeros países pelo mundo. Inclusive, existem dicas importantes de como evitar o contágio pelo novo coronavírus quando precisar sair de casa que vale a pena conhecer.

Sendo assim, além de tentar se manter ativo fazendo exercícios em casa, muitas pessoas passaram a pedir encomendas de comida, mercadorias, remédios, dentre outras coisas online para serem entregues na porta de casa. No entanto, isso traz outros riscos de contaminação que devem ser levados a sério.

Por isso, veremos como receber entregas em casa de forma segura durante a quarentena.

Como receber o pedido

Com o coronavírus podendo estar escondido em qualquer lugar, temos que ter o máximo de cuidado com tudo que entra em nossos lares, incluindo os pacotes de entrega, que devem receber o mesmo tratamento e serem higienizados e descartados o mais rapidamente possível. Sendo assim, aqui vão algumas dicas:

  1. Receba o pedido sem contato físico;
  2. Descarte a embalagem o mais rápido possível;
  3. Tenha o menor tempo de contato com a embalagem possível;
  4. Lave o objeto após tirar da embalagem. 

Com essas simples dicas, você pode proteger a si mesmo, a sua família e ainda receber pedidos em casa. Nem sempre é fácil seguir essas dicas, mas podemos adaptá-las de acordo com a situação. Pense nelas como um guia geral.

Por exemplo, para receber comida sem contato físico com o entregador, peça para que deixe seu pedido na portaria ou no portão de sua casa. Espere até que ele tenha ido e vá buscar sua entrega. O uso de luvas no manuseio da embalagem também pode ajudar a diminuir o contato com a superfície possivelmente contaminada.

Lave sempre bem as suas mãos e as superfícies que estiveram em contato com o pacote com água e sabão (ou álcool, se preferir). Certifique-se de que, caso tenha usado luvas descartáveis, você irá (fazendo jus ao nome dela) descartá-las após o uso.

Para sua maior segurança, tente sempre imaginar que o pacote estará contaminado com toda a certeza. Dessa forma, você irá tomar todas as precauções possíveis.

Se você achar que se encontra em um caso não citado aqui, procure se informar nas fontes confiáveis disponíveis online ou nos noticiários.

Em suma, siga os mesmos cuidados que você tem consigo e com sua família quando for manusear suas entregas. Lave sempre suas mãos por pelo menos 20 segundos, evite tocar no seu rosto e mantenha o isolamento social, como dizem as recomendações do Ministério da Saúde. 

Você tem recebido comida em casa durante a quarentena do coronavírus? Tem tomado os devidos cuidados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário