Diretor Geral de Saúde de 79 anos Corre 5,6 Km por Dia Mesmo Ocupado na Luta Contra o Coronavírus

Especialista:
atualizado em 31/03/2020

A pandemia do novo coronavírus já se espalhou por diversos países e nem os poderosos Estados Unidos ficaram de fora dos estragos causados pelo COVID-19 – o país já ocupou a primeira colocação do número de casos confirmados, com cerca de 177 mil diagnósticos da doença, e registrou mais de 3.700 mortes em decorrência do novo coronavírus, segundo dados da tarde da terça-feira, 31 de março.

Uma das figuras atuantes na luta americana contra o novo coronavírus é o diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID, sigla em inglês) dos Institutos Nacionais de Saúde (NIH, sigla em inglês) dos Estados Unidos, o imunologista Anthony Fauci.

Enquanto muitos estão passando por um período de quarentena, isolados em suas casas, para impedir a disseminação do novo coronavírus, os trabalhadores da área da saúde precisam trabalhar e enfrentar o vírus todos os dias. Inclusive, vale a pena saber como evitar o contágio quando precisar sair de casa.

Esse é o caso de Fauci, que tem 79 anos de idade. De acordo com o que os relatos indicam, o diretor da NIAID tem acumulado uma carga horária de 19 horas de trabalho diariamente. Acredita que mesmo assim o americano encontra tempo para realizar os seus treinos de corrida?

O imunologista contou ao correspondente da Casa Branca para o Yahoo!, Alexander Nasaryan, que atualmente corre 3,5 milhas – que são equivalentes a aproximadamente 5,6 quilômetros.

Devido à sua grande carga de trabalho exigida pela luta contra o novo coronavírus, isso representou uma redução na corrida em comparação a outros tempos.

Nas décadas de 1980 e 1990, quando trabalhava 15 horas diárias no combate à epidemia do HIV/AIDS, o diretor da NIAID corria sete milhas – que são equivalentes a aproximadamente 11,2 quilômetros – ao longo de cinco ou seis vezes por semana para controlar o peso, sair ao ar livre e amenizar o estresse. Saiba mais a respeito dos benefícios da corrida para a saúde e boa forma.

Em uma entrevista concedida no ano de 2016, o imunologista declarou que, como possui um emprego muito estressante – além de sua atuação na pandemia de COVID-19 e na epidemia de AIDS, ele aconselhou presidentes americanos em períodos delicados de outros problemas globais de saúde envolvendo ebola, zika, tuberculose, síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS) e a síndrome respiratória aguda grave (SARS) –, sair ao ar livre durante o dia, ouvir os pássaros e sentir o cheiro da grama, é algo muito agradável para ele.

O Brasil ainda luta para conter a transmissão do novo coronavírus em todo o território nacional, enquanto os números do COVID-19 não param de crescer. Enquanto o mais prudente é permanecer em isolamento social para prevenir contra o contágio pelo novo coronavírus e ajudar a controlar a disseminação do vírus, não dá para correr ao ar livre na rua.

Entretanto, isso não significa que sejamos obrigados a passar dias sedentários dentro de casa. Existem maneiras de manter-se ativo em casa durante o surto do novo coronavírus e dá para fazer um treino iniciante em casa durante a quarentena.

Outra possibilidade é fazer as corridas em casa, como o chinês que correu 50 quilômetros em cinco horas dentro de casa para passar o tempo da quarentena. Logicamente, é muito importante também saber como evitar comer o dia todo de quarentena para evitar um ganho de peso excessivo.

Fontes e Referências Adicionais:

Você tem procurado manter a forma durante o período de quarentena para o novo coronavírus? Que tipo de exercícios tem feito dentro de casa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário