Benefícios da guaçatonga e como usar

Especialista:
atualizado em 11/11/2020

Planta com efeito diurético, cicatrizante, analgésico e anti-inflamatório: essa é a guaçatonga. Veja os benefícios da guaçatonga e como usar.

A guaçatonga é uma árvore. Suas cascas e folhas contêm diversos compostos vegetais ativos com propriedades medicinais.

Aliás, algumas das propriedades da planta podem até ajudar a emagrecer. Aproveite e confira se o chá de guaçatonga emagrece e saiba mais então sobre essa planta.

Guaçatonga – O que é

A guaçatonga tem outros nomes populares, como por exemplo:

  • Erva-de-bugre;
  • Carvalhinho;
  • Chá-de-frade;
  • Bugre-branco;
  • Canela-de-veado;
  • Erva-de-lagarto.

Além desses nomes, ela também é sinônimo de cafezeiro-do-mato, língua-de-tiú, apiá-acanoçu, guaçatunga, petumba, vassitonga, verre-forno, café-do-diabo, café-do-brejo e café-bravo.

A guaçatonga (Casearia sylvestris) tem folhas pequenas e verdes com um aroma forte característico. Aliás, são justamente as folhas as responsáveis pela maioria dos seus benefícios.

Para que serve

Os principais usos da guaçatonga são:

  1. Cicatrização de feridas;
  2. Alívio de sintomas de gripe;
  3. Neutralização de venenos de algumas serpentes;
  4. Tratamento de úlceras. 

Como resultado de seus compostos ativos, a planta também ajuda a combater fungos e bactérias, a diminuir a febre e a dor, a reduzir a inflamação e a melhorar a digestão.

Além disso, a guaçatonga parece ter propriedades afrodisíacas.

Principais benefícios da guaçatonga

Entenda como a planta pode melhorar a sua saúde.

1. Auxilia no tratamento de úlceras

A guaçatonga não altera o pH do suco gástrico e por isso não danifica as paredes do estômago.

Sendo assim, ela evita novos danos ao revestimento do estômago ao mesmo tempo em que trata as úlceras existentes.

Aliás, a alimentação também desempenha um papel importante no tratamento de úlceras. Confira a dieta adequada para úlcera.

2. Protege o estômago

saúde estomacal

O uso da guaçatonga para gastrite é muito útil principalmente na forma de chá ou remédio fitoterápico. Isso porque ela protege o revestimento do estômago e evita inflamações locais.

3. Cicatriza feridas e hidrata a pele

As folhas da guaçatonga são usadas tradicionalmente para tratar feridas, queimaduras, picadas de cobra e outras inflamações. 

A planta também pode aliviar coceiras causadas por alergias e outros sintomas como irritação e vermelhidão na pele, por exemplo.

4. Ajuda na perda de peso

Por ser diurética, a guaçatonga pode ajudar a emagrecer porque reduz o inchaço abdominal e a retenção de líquidos.

Além disso, o efeito diurético ajuda a regular a pressão arterial e a melhorar a circulação sanguínea.

5. Faz bem para a saúde bucal

saúde bucal

As propriedades antissépticas ajudam no tratamento da herpes labial e de aftas na boca. Ao mesmo tempo, o efeito bactericida protege a boca contra a placa bacteriana, a cárie, a gengivite e a estomatite.

O chá de guaçatonga também pode contribuir para a redução do mau hálito, uma vez que seu efeito antibacteriano atua contra a Helicobactery pylori – causadora do mau hálito e de úlceras no estômago.

6. Melhora o sistema imunológico

Como a planta tem várias propriedades terapêuticas, ela também impulsiona a imunidade.

Por isso, a planta é capaz de aliviar sintomas de gripe ou resfriado como febre, tosse e cansaço.

Como usar

Além das folhas da planta, hoje é possível encontrar a guaçatonga na forma de um extrato, de remédios homeopáticos, de cremes ou de chás, por exemplo.

Aliás, veja também se a homeopatia funciona e tire suas dúvidas sobre essa medicina alternativa.

Extrato de guaçatonga

O extrato líquido de planta pode ser usado de forma oral. Você pode usar a dose de 10 gotas diluídas em água até 3 vezes ao dia.  

Chá de guaçatonga

Ingredientes:

  • 1 colher de sobremesa de guaçatonga;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

Em primeiro lugar, adicione a guaçatonga na água. Em seguida, aqueça até que a mistura comece a ferver.

Assim que formar as primeiras bolhas, desligue o fogo. Então, tampe o recipiente e deixe o chá em infusão por até 10 minutos. Por fim, coe e beba o chá.

Você pode tomar de 2 a 3 xícaras ao dia. 

Creme de guaçatonga

A guaçatonga é ótima para tratar queimaduras e feridas. Além de acelerar a cicatrização, o creme ou pomada ajuda a hidratar e a restaurar a barreira natural de proteção da pele.

Antes de mais nada, é importante limpar e secar bem a pele antes de aplicar o produto. A dose usual é de uma camada de creme até 2 vezes ao dia.

No entanto, se preferir uma solução natural, você pode preparar uma pasta com folhas e água e aplica-la sobre a pele ou fazer uma compressa.

Dicas de segurança

O uso de guaçatonga é desaconselhado durante o uso de suplementos de vitamina K devido ao risco de hemorragias. Além disso, algumas pessoas podem apresentar taquicardia logo após usar a planta. Durante a gravidez, também é melhor evita-la.

Salvo essas exceções, a planta é segura e traz benefícios para a saúde quando utilizada com moderação.

Fontes e Referências Adicionais

Você sofre de problemas estomacais? Se sim, já tentou usar a guacatonga a fim de melhorar os sintomas? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário