Cifose – O que é, sintomas, exercícios e tratamento

Especialista:
atualizado em 16/11/2020

Fique sabendo o que é a cifose, quais são os tipos, os sintomas e aprenda sobre o tratamento e os exercícios que podem contribuir com a melhoria da postura.

A curvatura excessiva das vértebras da parte superior da coluna pode deixar uma pessoa corcunda e com muitas dores. Aliás, isso pode fazer com ela tenha que usar remédios para dor na coluna.

Quando grave ou ignorada, a cifose (ou hipercifose) pode evoluir e causar complicações de saúde. Além disso, condições como a cifose e a escoliose afetam a aparência e a qualidade de vida.

Felizmente, existem exercícios para fortalecer a coluna que podem ajudar no tratamento e prevenir esse tipo de problema. Conheça então alguns deles e saiba outras maneiras de tratar a cifose.

Cifose – O que é

A nossa coluna tem 4 curvaturas normais. A saber, são elas: a lordose cervical, a cifose torácica, a lordose lombar e a cifose sacral.

Sendo assim, a cifose não é uma doença, mas sim uma condição caracterizada pela curvatura excessiva da coluna vertebral.

Além da má postura, outras causas de cifose podem ser:

  • Fraqueza muscular;
  • Artrite;
  • Osteoporose;
  • Lesão na coluna;
  • Hérnia de disco;
  • Escoliose;
  • Doença de Scheuermann;
  • Envelhecimento natural;
  • Distrofia muscular.

Tipos

Os principais tipos de cifose são:

Cifose postural

dorso-curvo

O tipo mais comum de cifose é o que ocorre por causa da má postura. Ela é bastante comum em adolescentes e jovens adultos e pode fazer com que a coluna e os músculos ao redor adotem uma posição anormal.

Cifose congênita

Apesar de rara, a cifose pode acontecer no início da vida. A cifose congênita é aquela em que a coluna não se desenvolve como deveria ainda no útero da mãe.

Cifose de Scheuermann

Por fim, essa é uma curvatura um pouco mais grave do que a cifose postural que geralmente se desenvolve durante a adolescência.

Sintomas

mulher com dor nas costas

Dificilmente a cifose causa sintomas perceptíveis, mas podem surgir: 

  • Dor nas costas;
  • Fadiga;
  • Rigidez da coluna;
  • Má postura;
  • Dificuldade para respirar;
  • Mobilidade física ou flexibilidade reduzida. 

Além de ficar com má postura, o desvio na coluna pode trazer problemas como dores crônicas e artrite.

Tratamento

A abordagem terapêutica depende do grau de curvatura da coluna, mas o objetivo do tratamento é sempre o mesmo: reduzir o desconforto e melhorar a postura a fim de evitar ainda mais danos à coluna.

Exercícios

Aliás, mesmo pessoas com graus leves de cifose podem se beneficiar da prática regular de exercícios físicos. 

Apesar de existirem vários vídeos ensinando a fazer os exercícios, toda e qualquer atividade física que envolva a coluna deve ser recomendada por um profissional.

Algumas técnicas de fisioterapia que trazem bons resultados incluem o RPG (Reeducação Postural Globalizada), os exercícios de alongamento, o fortalecimento muscular e a estimulação elétrica, por exemplo.

Por fim, outras práticas que fazem bem para a coluna e podem auxiliar em casos de cifose são a natação e o pilates. Confira também quais são os benefícios do pilates para a coluna

Exemplos de exercícios para cifose

Exercício 1:

Comece deitado no chão de barriga para cima com os joelhos dobrados e os pés apoiados no chão. Logo após se deitar, estique os braços ao lado do corpo formando um “T” para ter mais equilíbrio. 

Em seguida, mova apenas os joelhos para o lado até sentir uma leve tensão nas costas. Por fim, volte à posição inicial e repita o movimento para o outro lado. 

Faça o exercício pelo menos 5 vezes para cada lado. 

Exercício 2:

Inicie da mesma maneira que no exercício anterior deitado de costas no chão com os joelhos flexionados e os pés apoiados no chão.

Lentamente, arqueie as costas mantendo as nádegas e a parte superior das costas no chão. Essa posição é a inclinação pélvica. Em seguida, segure a posição por alguns segundos e retorne lentamente para a posição inicial. 

Repita 5 vezes.

Exercício 3:

Ainda deitado de barriga para cima, levante um dos joelhos em direção ao peito o máximo que puder. Para isso, use as mãos para puxar gentilmente os joelhos o mais perto do peito que você conseguir. Mantenha a posição por alguns segundo e solte lentamente.

Por fim, faça o mesmo movimento com o outro joelho e repita 5 vezes para cada perna.

Aliás, não deixe de conferir os melhores alongamento para a coluna.

Estratégias complementares

Há ainda tratamentos complementares, como por exemplo:

Acessórios ortopédicos

O uso de órteses, palmilhas ou coletes ortopédicos pode ser necessário para retardar a progressão da curvatura e corrigir a posição de ossos e articulações.

Geralmente, quem usa esses acessórios são as crianças ou adolescentes em fase de crescimento ósseo com cifose postural ou doença de Scheuermann.

Remédios

Os anti-inflamatórios não esteroides, os analgésicos e os relaxantes musculares podem aliviar o desconforto.

Alguns sintomas da cifose grave podem ser aliviados com remédios que tratam a osteoporose, porque fortalecem os ossos do corpo e evitam as fraturas ósseas.

Perda de peso

Em alguns casos, emagrecer pode ser necessário para aliviar a pressão sobre a coluna.

Tanto os exercícios físicos quanto uma dieta equilibrada são importantes a fim de uma perda de peso saudável e significativa.

Dieta

Garantir o banho de sol e o consumo de alimentos ricos em vitamina D é fundamental para ossos saudáveis.

Além disso, ficar longe de hábitos nocivos como o fumo e a ingestão de bebidas alcoólicas, por exemplo, também colabora muito com a saúde óssea.

Cirurgia

Casos muito graves podem causar problemas cardiorrespiratórios e nos nervos. Portanto, em situações como essa, o tratamento cirúrgico pode ser a opção mais eficaz.

Em cirurgias como essa, parafusos e hastes são usados para dar suporte à coluna.

Ainda que você não tenha cifose, a atividade física frequente é essencial para fortalecer os músculos e outras estruturas das costas e do resto do corpo.

Por fim, quanto mais cedo a cifose for tratada (ou prevenida), melhor será para a sua postura e para a sua saúde a longo prazo. 

Fontes e Referências Adicionais

Você cuida da sua postura? Acredita que tem alguma curvatura anormal na coluna? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

Deixe um comentário