Pipoca

Como Fazer Pipoca Sem Óleo – Receitas e Dicas

Aquela pipoquinha temperada e saborosa ou carregada de manteiga costuma não ser a opção mais indicada para quem está de dieta. Isso porque os condimentos dos temperos e gorduras da manteiga e óleo do preparo são verdadeiros inimigos do emagrecimento, mas a culpa não é da pipoca em si, e sim do seu preparo, pois diferente do que muitos pensam, a pipoca é um alimento rico em fibras, saudável, que advém do grão do milho e promove mais saciedade, podendo inclusive contribuir para o emagrecimento quando consumido da maneira certa.

E o que seria a maneira certa de preparo? Primeiramente, a pipoca preparada sem óleo. Preparada da maneira correta, pode ser um excelente lanche intermediário que pode ajudar a manter o corpo saciado por horas, controlar a compulsão por comida e reduzir a quantidade de comida nas refeições principais, além de ainda ajudar a melhorar o funcionamento do intestino e eliminar excessos/toxinas.

Você que adora assistir a um filme acompanhado de pipoca, não precisa se privar mais. Veja abaixo como fazer pipoca sem óleo e saudável e se beneficie de suas vantagens para a boa forma e saúde. Vamos lá?

Benefícios da pipoca

A maioria dos benefícios da pipoca está atrelada ao fato de possuir uma enorme quantidade de fibras, compostos polifenoicos, antioxidante, vitaminas do complexo B, manganês e magnésio. Esse combo de nutrientes torna a pipoca excelente para a digestão, ajudando a regular o intestino, prevenir constipação, etc.

As fibras presentes na pipoca também têm a função de reduzir o colesterol do organismo, reduzindo chances de problemas cardiovasculares, derrames e ataques. A pressão do sistema cardíaco também é reduzida. A pipoca também ajuda no controle da diabetes, reduzindo os níveis de açúcar no sangue. Alguns estudos também têm indicado que a pipoca pode ajuda na prevenção do câncer, devido à grande quantidade de antioxidantes, combatendo radicais livres.

A pipoca também ajuda a combater outras doenças relacionadas ao envelhecimento precoce das células como Alzheimer e a melhorar aparência da pele, cabelos, etc. Os seus benefícios atrelados à perda de peso também são notórios. O alto teor de fibras inibe a liberação do hormônio grelina, que aumenta a fome, e por isso provoca a sensação de saciedade por mais tempo.

A pipoca é naturalmente baixa em gorduras saturadas e seus óleos naturais são essenciais para o organismo. A presença de vitaminas do complexo B contribui para fornecer mais energia ao corpo, mantendo as células vermelhas do sangue saudáveis e se desenvolvendo normalmente, dentre outras funções. Acompanhe a partir de agora algumas receitas para aprender como fazer pipoca sem óleo e aproveite:

1. Receita de pipoca sem óleo

  • 4 colheres de sopa de milho para pipoca;
  • 4 colheres de sopa de água;
  • 1 colher de chá de sal.

Modo de preparo:

Para preparo basta colocar todos os ingredientes em um pote de vidro. Misture bem, cubra com plástico filme, faça furinhos com palito ou garfo e leve ao micro-ondas por 4 minutos ou até estourar. Sirva.

2. Receita de pipoca sem óleo doce

Ingredientes:

  • ½ xícara de chá de milho para pipoca;
  • ¼ xícara de chá de água;
  • 1 colher de sopa de cacau.

Modo de preparo:

Em um refratário coloque a água, milho, cacau e misture tudo com uma colher. Se quiser adicione um pouco de adoçante ou mel. Cubra com plástico filme, faça furinhos e leve ao micro-ondas por 10 minutos. Sirva.

3. Receita de pipoca sem óleo com ervas

  • ¾ xícara de milho para pipoca;
  • ½ de xícara de água;
  • ervas secas a gosto.

Modo de preparo:

Coloque o milho e a água em uma panela e leve ao fogo alto com a panela destampada até secar a água. Diminua o fogo, misture os grãos com uma colher até dourar. Tampe, agite e deixe estourar. Tempere com ervas e sirva.

Dicas

Sabe-se que uma xícara de pipoca estourada possui 31 calorias, e isso é muito pouco, ou seja, ideal para consumo para quem quer emagrecer. No entanto, para isso você deve aprender como fazer pipoca sem óleo, com as instruções das receitas acima, pois se ele for utilizado, o valor calórico pode aumentar consideravelmente e colocar tudo a perder.

Também é preciso dosar a quantidade de sal do tempero. O ideal é utilizar o sal do Himalaia ou marinho, que são mais saudáveis. Outra ideia interessante para evitar usar sal é investir em temperos, especiarias e ervas secas, que podem trazer mais sabor ao prato e não possuem sódio.

Para preparar de forma mais saudável, você pode colocar os grãos de milho em um saco de pão e levar ao micro-ondas por cerca de 3 minutos.

Se quiser, também pode ser usado um plástico filme – neste caso, basta colocar o milho num pote de vidro, com água e cobrir com o plástico filme e fazer furinhos com um palito para permitir a saída do vapor. A pipoca fica por uns 4 minutos.

O ar quente é ideal para estourar a pipoca mantendo suas propriedades. Lembre-se que para cada uma colher de sopa de milho, deve-se colocar uma colher de sopa de água. Quando o estouro entre uma pipoca e outra for de 4 segundos, é porque está pronta. Se não tiver plástico filme, você pode apenas cobrir o pote de vidro com um prato e usar o mesmo procedimento.

Vídeo:

E ai, gostou das dicas?

O que você achou dessas receitas de como fazer pipoca sem óleo? Como costuma fazer a pipoca que você come? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (45 votos, média: 4,11 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. Há máquina de pipocas que não precisa colocar óleo ou água, com este tipo de máquinas, como temperar pipocas?

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*