Sal Rosa do Himalaia – Benefícios, Como Usar, Propriedades e Dicas

Especialista:
atualizado em 21/08/2020

O sal está na base diária da nossa alimentação e, exceto para pessoas com condições específicas de saúde, é indispensável para dar sabor aos alimentos e sensação de saciedade após uma refeição.

Infelizmente, o sal extremamente refinado que consumimos atualmente é quase puro cloreto de sódio (97% ou mais), com produtos químicos adicionados. Uma fórmula que pode causar muitos males à saúde.

Mas existem outros tipos de sal, como o sal marinho e o sal rosa do Himalaia, que trazem benefícios incríveis para a saúde. Acompanhe as nossas dicas e saiba melhor como usar as propriedades saudáveis desta dádiva da natureza. 

A origem do Sal Rosa do Himalaia

A cordilheira do Himalaia se estende por toda a Ásia, passando pela China, Nepal, Mianmar, Paquistão, Butão, Afeganistão e Índia.

Há centenas de milhões de anos atrás, esta era uma área coberta pela água do mar, mas ao longo dos tempos, as placas tectônicas da Terra se moveram e elevaram as montanhas. A água do mar evaporou-se, mas todos os seus minerais foram cristalizados sob o calor do sol e formaram o que hoje conhecemos como o sal rosa do Himalaia.

Além de ser mantida em um ambiente limpo e cercada por neve durante todo o ano, a camada de sal também foi coberta por lava de vulcões locais que a protegeu da poluição moderna. Isto leva a crer que o sal Rosa do Himalaia é o sal mais puro encontrado no nosso planeta e consiste em uma das melhores fontes de minerais naturais do planeta, exponencialmente mais saudável do que o sal de mesa processado que a maioria das pessoas usa diariamente.

Por que o Sal do Himalaia é Rosa? 

Os muitos tons de rosa, vermelho e branco são uma indicação do conteúdo mineral presente no sal. A cor rosa, propriedade característica do Sal do Himalaia, é o resultado de uma pequena quantidade de óxido de ferro presente nele.

De um modo geral, sal do Himalaia é considerado um sal saudável, porque não há produtos químicos adicionados a ele e porque ocorre naturalmente. Entre os muitos minerais presentes nele podemos citar o zinco, selênio, iodo e o cobre.

Dicas de como usar o Sal Rosa do Himalaia

  • Para cozinhar: Substitua o sal refinado pelo Sal Rosa usando moedores;
  • Para cozinhar e servir: Placas de sal podem ser usadas como travessas que podem ser refrigeradas ou congeladas para servir sushi, vegetais, queijos, sobremesas frias e até mesmo sorvetes. Os blocos de sal também são bons condutores de calor e podem ser aquecidos para selar legumes, camarão, peixes, carnes em fatias finas ou mesmo para fritar um ovo;
  • Na decoração: As rochas de sal podem ser usadas como cristais decorativos e também para servir alimentos;
  • No banho: colocar cristais de sal rosa do Himalaia na banheira proporciona um banho desintoxicante e suas propriedades e nutrientes servem para estimular a circulação e aliviar dores musculares. Naturalmente rico em mais de 80 minerais, tomar banho com Sal Rosa é uma experiência terapêutica para o corpo e a mente;
  • Para purificar o ar: As lâmpadas de cristal de rocha de Sal Rosa do Himalaia têm propriedades químicas e físicas únicas cujos benefícios podem melhorar significativamente a saúde quando usadas continuamente no quarto de dormir.

Propriedades do Sal Rosa do Himalaia 

Umas das maiores fontes de Sal Rosa do Himalaia é uma mina no Paquistão, uma área profunda e não poluída no sopé do Himalaia, de onde é extraída a maior parte do sal que conhecemos. Esta variedade contém 84 elementos naturais e minerais que são vitais para a nossa saúde, incluindo Magnésio, Potássio, Cálcio, Fósforo, Ferro, Zinco, Selênio, Iodo e Cobre.

O Sal do Himalaia serve para ajudar a desintoxicar o corpo através de osmose no banho. À medida que a pele absorve os minerais saudáveis e o sódio migra da água para a camada exterior da pele, a umidade das células é preservada e as toxinas do corpo são liberadas.

Recomenda-se que o banho seja morno, próximo da temperatura corporal normal, e que se use cerca de 1 quilo de sal para 30 litros de água.

O sódio, quando ingerido, ajuda a regular o volume de sangue e, assim, a pressão arterial. Ele também traz benefícios para o controle das contrações musculares, das transmissões nervosas e das funções do coração.

Quanto Sal Rosa do Himalaia você deve consumir? 

Um quarto de colher de chá de sal rosa do Himalaia contém cerca de meio grama de sódio. O sódio provoca retenção de água no organismo e o consumo em excesso pode causar diferentes problemas de saúde como pressão alta e doenças cardíacas.

A American Heart Association recomenda que a quantidade diária de sódio a ser consumida esteja entre 1,5 a 2,3 gramas para homens e mulheres entre as idades de 9 e 50 anos.

O Sal Rosa do Himalaia pode ser consumido um pouco mais livremente em relação ao sal de mesa, mas ainda é preciso limitar a sua ingestão.

Benefícios do Sal Rosa do Himalaia 

1. Melhorar a digestão

Nutrientes presentes no Sal Rosa do Himalaia podem realmente aumentar a capacidade do trato gastrointestinal de absorver outros nutrientes. Por esta razão, trocar o sal refinado por ele vai ajudá-lo a digerir melhor a comida. Melhor digestão significa aproveitar melhor os nutrientes dos alimentos e sentir menos fome.

2. Fortalece o corpo porque contém até 84 minerais saudáveis

Ao substituir o sal refinado pelo Sal Rosa do Himalaia você adiciona até 84 minerais essenciais diretamente na corrente sanguínea. Estes minerais ajudam a manter os ossos e tecidos conjuntivos mais fortes, dão suporte à regeneração muscular e à circulação sanguínea.

Pessoas que sofrem de friagem nos membros, artrite, ossos frágeis, ou até mesmo fadiga mental, podem se beneficiar com o uso regular de Sal Rosa do Himalaia.

3. Desintoxica o organismo

Quando adicionado a um banho de água na temperatura aproximada do corpo, o Sal Rosa do Himalaia oferece nutrientes necessários para a saúde do corpo e também funciona como um poderoso desintoxicante.

Ao ser dissolvido na água, ela torna-se uma solução iônica que ajuda a extrair as toxinas para fora dos tecidos da pele e do tecido adiposo.

A água, por si só, é de extrema importância para desintoxicar o corpo humano, mas o sal trabalha como um “veículo” que faz a remoção de toxinas das células.

4. Equilibra o pH reduzindo a acidez do organismo

O pH desequilibrado do organismo é o que leva a muitos tipos de problemas de saúde como deficiência imunológica, perda de densidade óssea, pedras nos rins e ganho de peso.

Os níveis de pH podem ser testados em exames de laboratório. Quando o pH etá muito baixo diz-se que o organismo está ácido demais. Neste caso, a correção pode ser feita tomando uma solução feita com Sal Rosa do Himalaia.

Devido à sua natureza alcalina, o Sal Rosa também pode ser utilizado como um antiácido natural. Basta misturar uma colher de chá em um copo de água em temperatura ambiente e tomar para neutralizar o excesso de acidez no estômago.

5. Reduz a pressão arterial

O Sal rosa do Himalaia é absorvido pela corrente sanguínea de forma muito mais eficiente que o sal regular, e pesquisas têm comprovado que ele pode ser usado em pequenas doses para ajudar a reduzir a pressão, enquanto estimula uma melhor circulação sanguínea.

O Sal Rosa do Himalaia tem a capacidade de baixar a pressão arterial porque enquanto o corpo processa os minerais com mais facilidade, o organismo não necessita de tanta água para limpar o excesso de sódio, portanto, não irá reter tanta água, e o corpo não terá que elevar a pressão sanguínea para realizar este trabalho.

6. Relaxa os músculos e combate o cansaço

Cansaço pode ser um sinal de perda de eletrólitos e sal no organismo. Devido a suas propriedades únicas e a capacidade de ser absorvido pela corrente sanguínea mais rapidamente do que os sais tradicionais, o Sal rosa do Himalaia permite uma restauração imediata dos níveis de sal no organismo.

Um banho quente infundido com Sal Rosa do Himalaia é uma boa forma de usar este sal para relaxar os músculos contraídos. O magnésio e outros minerais encontrados nele são absorvidos através da pele e ajudam a curar músculos e outros tecidos moles danificados. Os minerais deste sal também trabalham para fortalecer os ossos, a pele e os tecidos conjuntivos que podem causar cansaço e dores no corpo.

7. Purificar o ar

Você pode usar as propriedades do sal rosa do Himalaia para desintoxicar o corpo e também para limpar o ar que você respira. Você já deve ter visto um cristal rosa robusto iluminado por uma lâmpada, pois bem, trata-se de uma iluminação purificadora de ambiente feita de uma rocha de Sal Rosa do Himalaia.

Ela atua como um purificador natural do ar, puxando a umidade do ambiente que a cerca evaporando-a rapidamente por causa do calor da lâmpada. A água volta rapidamente para o ar, mas as toxinas presentes na umidade são deixadas na rocha, presas pelos íons de sal.

8. Trata doenças respiratórias

Quando dissolvido em água quente, o Sal Rosa do Himalaia pode tratar condições respiratórias como a sinusite e a asma.

Os cristais rosa emitem íons negativos que atacam diretamente os problemas respiratórios sem comprometer as funções do sistema.

Tente usar uma solução salina no umidificador e na inalação para uma limpeza ainda mais saudável. O Sal Rosa do Himalaia mata as bactérias que podem estar presas nas cavidades nasais e no ar poluído.

9. Melhora o sono 

Uma dica para relaxar os músculos e a mente e tornar os períodos de sono mais intensos e regulares é adicionar um pouco de Sal Rosa do Himalaia ao banho uma vez na semana.

O sal contém substâncias que irão repor e restaurar seus níveis de energia e melhorar a noite de sono. Ele promove um verdadeiro equilíbrio na acidez do organismo proporcionando a desintoxicação e preparando o corpo para o descanso.

10. Promove a saúde das artérias

Um dos grandes benefícios do Sal do Himalaia é que ele pode ajudar a eliminar danos nas artérias que podem levar ao desenvolvimento de varizes.

Ele limpa as artérias e melhora a circulação sanguínea eliminando placas que evitam a possibilidade de formação das varizes.

11. Regula a hidratação do organismo

O consumo de uma salmoura totalmente saturada com sal natural não refinado oferece ao corpo eletrólitos que regulam a sua hidratação.

As bebidas esportivas são hidratantes rápidos eficazes porque oferecem alguns eletrólitos como sódio (Na+), potássio (K+), cálcio (Ca2+), magnésio (Mg2+) e cloreto (Cl). Infelizmente, a maioria das bebidas esportivas comerciais também contêm açúcares e químicos conservantes que causam danos à nossa saúde.

O Sal Rosa do Himalaia contém todos os eletrólitos que são necessários para a regulação dos fluidos corporais, sem os prejuízos dos isotônicos comerciais.

12. Alivia dores de cabeça

O Sal Rosa do Himalaia pode reduzir a gravidade das dores de cabeça e enxaquecas porque fortalece o seu sistema imunológico, aumenta os níveis de energia, equilibra os níveis de serotonina na corrente sanguínea e restaura o equilíbrio alcalino do corpo.

Dica: Para o alívio imediato das dores, misture 2 colheres de chá de cristais de Sal Himalaia, um copo de água e um copo de suco de limão, juntamente com as raspas do limão. Tome a mistura aos poucos.

Você já conhecia o Sal Rosa do Himalaia? Já experimentou utilizá-lo na conzinha, ou em algum outro uso listado acima? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (121 votos, média: 3,88 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

51 comentários em “Sal Rosa do Himalaia – Benefícios, Como Usar, Propriedades e Dicas”

  1. Já uso este sal há mais de dois anos. Não há melhor para a nossa saúde e deve ser seguido das orientações de consumo. Pois, o que consta acima sobre este Produto milagroso é – verdade – acredite quem quiser, porque testemunha uma pessoa séria sobre S.Rosa dos Himalaias, e não quero consumir outro, que não seja este….tenho dito e assino: – Francisco da Conceição Vaz, em Aradas – Aveiro, aos 21.12.2019…..

  2. Olha troquei o sal comum pelo sal rosa e nao estou arrependida muitos beneficios prefiro pagar mas caro o sal do que comprar remedios

  3. É preciso tomar cuidado para não ser enganado.
    Há muitos aproveitadores de ocasião, tanto no que diz respeito a aplicação de altos preços em pequenas quantidades, quanto aos que põe à venda um sal falsificado.
    Atenção na hora da compra e sempre bom.
    Eu compro aqui no RJ por cerca de 10,00 o kg em lojas de produtos naturais.
    Já uso faz tempo em porções mínimas.

  4. Boa tarde! Já usei e ouvi muito sobre o sal rosa. Porém, a minha preocupação é: será mesmo q o sal q vem pra nós é puro do Himalaia? Pq já ouvi nutricionista dizendo do tanto de porcarias que se é acrescentado nele.

  5. Geeeente, com pouquíssimas ressalvas, nunca vi tanta asneira como aqui nesses comentários!!! Quanta gente ignorante e que só pensa em fazer piadas…

  6. Hoje ganhei 500g desse sal rosa do Himalayan irei usá-lo e depois venho falar para vocês, pois o ano passado tive problemas sérios com a pressão alta.
    Obrigada por essa matéria me ajudou bastante conhecer esse produto.

  7. Boa noite
    Minha esposa tinha pressão 16 por 9 depois do sal rosa não passa de 13 por 8
    Sal rosa excelente
    Caro é remédio não cura e faz mal.

  8. Eu mesmo estavs com pressão em até 15/8,5 comecei a usat o sal da himlaia hoje minha pressão está a 11/7 então eu acredito no sal.

  9. Discussão sem sentido e inútil. Cada um procure o conhecimento por si só e faça sua opção de usar ou não. Porque uns querem influenciar nas decisões de outros? Cada um faça sua escolha e de sua opinião apenas para ajudar e não para querer ter razão. Uma discussão dessas é contraproducente para todos.