Home » Motivação » Histórias Motivacionais » Como Preparar Suas Próprias Refeições a Ajudou a Perder Quase 30 Kg

Como Preparar Suas Próprias Refeições a Ajudou a Perder Quase 30 Kg

Krista Mae Rahman foi dos 94 kg aos 64 kg, deixando de ser uma mulher viciada em fast food e pizza para uma mulher feliz e confiante traçando pequenas metas ao longo do tempo. Confira sua história contada em detalhes na carta escrita pela própria abaixo:

  Continua Depois da Publicidade  

Como eu engordei

Eu estive acima do peso durante toda a minha vida. Olhando pra trás, eu não consigo me lembrar de uma época em que me senti confortável com meu corpo. Lembro-me ainda de ter estrias na escola e cortar as mangas das camisas para ajudar meus braços a caberem confortavelmente.

Meus hábitos de exercício eram inexistentes. Eu não conseguia correr e nem fazer uma única flexão. Eu não fui criada em uma casa com “consciência nutricional”. Cresci em uma casa de baixa renda e minha mãe trabalhava duro apenas para colocar tudo o que pudesse na mesa de jantar. Eu era viciada em fast-food, pizza e tinha uma forte aversão a alimentos saudáveis.

A mudança

Quando eu conheci meu marido, então namorado, no final de 2013, ele tinha perdido recentemente 18 quilos e gostava de ir à academia. Ele nunca me pressionou para ir com ele ou perder peso, mas eu via como ele se sentia bem depois de ir lá. Um dia eu decidi que queria sentir isso também. Eu estava cansada de me sentir desconfortável.

Naquele dia, em janeiro de 2014, eu me matriculei na academia e comecei a ir com ele. Eu caminhava na esteira inclinada por uma hora todos os dias durante os primeiros dois meses. Naquela época, eu perdi quase 7 kg sem mudar minha dieta. As pessoas começaram a tomar conhecimento, e eu fiquei motivada para manter os meus hábitos saudáveis.

  Continua Depois da Publicidade  

A dieta

Assim que eu me senti mais confiante na academia (depois de cerca de três meses), eu quis começar a correr. Mas eu sabia que para fazer isso eu precisava perder mais peso, o que significava mudar minha dieta.

Eu não tinha idéia de como deviam ser porções adequadas ou que nutrientes eu deveria consumir a cada dia, então eu comecei a procurar informações online. Eu também baixei um aplicativo, que foi uma ótima ferramenta para mim, porque fez meus objetivos parecem realizáveis.

Eu estipulei que queria perder dois quilos por semana, e o app me disse que eu precisava manter a minha contagem de calorias diárias entre 1.300 e 1.400.

Eu mantive minhas refeições bastante baixas em carboidratos. No café da manhã, eu comia claras de ovos e um pão proteico com abacate. Em seguida, eu comia um iogurte grego como lanche no meio da manhã. O almoço era uma salada com morangos, queijo de cabra, e frango ou outra proteína. Meu próximo lanche era queijo de corda com nozes ou um shake de proteína. O jantar era uma proteína com vegetais como brócolos e abóbora.

Fazendo minhas refeições em casa, eu comecei a testar métodos de cozimento e experimentar novas combinações. Eu aprendi muito durante este tempo porque até este ponto a maioria das minhas refeições baseavam-se em massa. Foi aí também que eu comecei a preparar minhas refeições da semana no domingo com o meu marido. Toda semana, nós pesquisávamos, íamos ao supermercado e jantávamos juntos enquanto preparávamos as nossas refeições para a semana.

Eu passei a fazer sempre uma refeição livre no domingo à noite. Depois dessas refeições, eu normalmente me sentia desconfortavelmente cheia. E isso servia como um lembrete de por que eu não comia mais assim o tempo todo.

  Continua Depois da Publicidade  

Os treinos

Lembro-me do primeiro dia em que consegui correr um minuto inteiro sem parar. Foi cerca de três meses tentando. Eu pulei da esteira e chorei. Esse foi o momento em que decidi realmente ir atrás dos meus objetivos e transformar o meu corpo.

Depois disso, eu criei coragem de sair da esteira e tentar outras rotinas de treino, como levantar pesos. Hoje, eu ainda treino cinco a seis vezes por semana. Cinco dessas sessões são na academia, onde eu foco na musculação e incorporo sprints de um minuto na esteira entre os exercício. Para o sexto dia eu reservo algo ao ar livre, como uma caminhada.

Seguindo firme

Toda vez que eu estava perto de perder mais 5 kg, eu atingia um platô. E a cada vez dessa, eu tinha que me lembrar de ficar presa ao número na balança e levar a perda de peso um dia de cada vez.

  Continua Depois da Publicidade  

Acho que se eu trato cada dia como uma nova chance de tentar o meu melhor, é mais fácil para mim aceitar o processo. Meu ganho de peso não aconteceu da noite para o dia, a perda de peso não poderia ser diferente. Era importante para mim perder o peso e mantê-lo fora de maneira saudável.

Eu também descobri que documentar minha jornada no Instagram me manteve sincera. Se estou me sentindo desanimada, olho para trás para quem eu costumava ser e percebo que não sou a mesma garota. Isso me lembra o quão longe eu cheguei.

A recompensa

Perder peso mudou tudo para mim. Eu sou uma pessoa mais confiante, que se sai melhor no trabalho. Acho que sou mais sociável agora, também. Velhos amigos me mensagem para perguntar sobre a minha história, e eu começar a compartilhar o conhecimento que eu obtive com eles. Isso me inspirou a me tornar uma personal trainer. Termino meus exames no próximo mês!

Eu quero desempenhar o meu papel e retribuir minha felicidade à minha comunidade. É importante para mim ajudar as pessoas a se sentir tão bem como eu estou agora.

Minha dica principal

Estabeleça metas pequenas e alcançáveis, porque perder 5 quilos é muito menos intimidante do que perder 20. E quando você atinge esses objetivos, não hesite em recompensar a si mesmo, desde que não seja com comida.

Minha recompensa era sempre um equipamento de academia nova, porque isso me mantém motivada e confiante. Você apenas tem que encontrar o que é a melhor recompensa para você.

Também é útil deixar seus amigos saberem que você está tentando perder peso. Um sistema de apoio irá mantê-lo responsável e encorajar quando você mais precisa.

O que você achou da história de perda de peso de Krista Mae Rahman? Tem alguma história parecida, ou de algum conhecido para compartilhar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, média: 4,22 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*