Coronavac é eficaz contra três variantes do coronavírus, diz Butantan

Especialista da área:
atualizado em 11/03/2021

Em coletiva de imprensa na quarta (10/03), o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que a vacina Coronavac é eficaz contra as três novas variantes do novo coronavírus que circulam no Brasil. Ou seja, a britânica B.1.1.7, a sul-africana B.1.351 e a brasileira B.1.1.28.

  Continua Depois da Publicidade  

O Instituto Butantan desenvolve a Coronavac em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Conforme Doria, demonstrou-se a eficácia da vacina contra essas novas variantes em um estudo preliminar do Butantan em conjunto com pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP).

De acordo com o governo de São Paulo, os dados utilizados no estudo incluíram amostras de 35 voluntários vacinados na fase 3 de testes da Coronavac. No entanto, o estudo terá um número maior de amostras que já se encontram em análise.

Assim, ainda se divulgará os resultados completos e o governo paulista não apresentou a pesquisa em detalhes.

Mas, sabe-se que para testar a Coronovac contra as novas variantes, os responsáveis pelo estudo usam os soros das pessoas vacinadas, que eles colhem por meio de exames de sangue. O governo de São Paulo explicou que essas amostras vão para um cultivo de células.

Então, mais tarde, os pesquisadores as infectam com as novas variantes do novo coronavírus. Assim, eles observam se os anticorpos que a vacina produz dão conta de combater o vírus dentro do cultivo.

As variantes

Vírus da COVID

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, esclareceu que a variante P.1, a mais perigosa e que originou-se em Manaus (AM), deriva da B.1.1.28. Acredita-se que a P.1 possa ser a principal forma do novo coronavírus em diversas cidades brasileiras, completou Dimas.

Conforme o diretor do Butantan, desde junho está sendo feito um acompanhamento na cidade de Serrana (SP). Em dezembro de 2020, surgiu a variante P.2 que também deriva da B.1.128 e em janeiro ela já era predominante. Já de janeiro e fevereiro, quem passou a prevalecer foi a P.1.

Saiba mais sobre a variante britânica do novo coronavírus que preocupa os cientistas. E caso tenha escolhido trocar as máscaras de pano por modelos mais seguros para se proteger contra as novas variantes do vírus, tome cuidado para não cair em falsificações da N95.

Anda mais preocupado com a COVID-19 devido às novas variantes? Então, confira as dicas na nossa nutricionista para evitar a mania que te coloca em risco de contágio:

  Continua Depois da Publicidade  

Você já se vacinou contra a COVID-19? Pretende se vacinar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário