Crianças que Comem Peixe Dormem Melhor e Possuem QI’s Mais Altos

Especialista:
atualizado em 29/01/2020

Crianças que comem peixe uma vez por semana dormem melhor e têm maiores pontuações de quociente de inteligência, sugere um novo estudo.

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia nos Estados Unidos disseram que os pais devem considerar simplesmente mudar as dietas dos jovens em vez de implorá-los a ir para a cama.

Estudos anteriores mostraram que os ácidos graxos ômega-3 encontrados em peixes podem melhorar a inteligência e o sono, e que o sono melhor melhora o QI. Mas é a primeira vez que todos os três estão ligados entre si em uma pesquisa.

Os cientistas acreditam que pode ser que o sono melhorado produzido por ômega-3 é o que está aumentando o QI em vez dos próprios ácidos graxos.

“Fazer isso poderia ser muito mais fácil do que implorar para as crianças irem para a cama”, disse o professor Adrian Raine. “Se o peixe melhora o sono, ótimo. Se também melhora o desempenho cognitivo, como já vimos aqui, ainda melhor. É um sucesso duplo”.

Para o estudo, os pesquisadores solicitaram a 541 crianças em escolas com idades entre 9 e 11 anos que preencheram pesquisas sobre a quantidade de peixe que comiam e, em seguida, mediram seus QI’s. Os pais foram perguntados sobre a qualidade do sono delas.

A equipe descobriu que as crianças que relataram comer peixe semanalmente obtiveram 4,8 pontos mais alto nos exames de QI do que aquelas que disseram que raramente ou nunca consumiam peixes. Aqueles cujas refeições às vezes incluíam peixe tiveram QI’s 3,3 pontos mais altos.

Além disso, o aumento do consumo de peixe foi associado a menos distúrbios do sono, segundo os pesquisadores, o que indica uma melhor qualidade geral do sono.

Os pesquisadores recomendam que as crianças comecem a consumir em peixes pelo menos aos 2 anos de idade, em seguida incluindo mais peixes na dieta ao longo do tempo.

A Dra. Jennifer Pinto-Martin acrescentou: “Isso aumenta a crescente evidência de que o consumo de peixes traz benefícios para saúde realmente positivos, e deve ser algo mais anunciado e promovido.

“As crianças devem ser apresentadas aos peixes no início da vida. Apresentar o sabor cedo torna tudo mais palatável.”

“Realmente há de haver um esforço, especialmente em culturas em que o peixe não é tão comumente servido ou cheirado. As crianças são sensíveis ao cheiro. Se elas não estiverem acostumadas com isso, eles podem evitá-lo.”

A pesquisa foi publicada na revista Scientific Reports.

Você costuma dar peixes para seus filhos comerem frequentemente? Já imaginava que isso realmente possa melhorar o sono e inteligência das crianças? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário