Dieta da Presidente Dilma – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista:
atualizado em 12/02/2020

Após ter ganhado visivelmente muito peso durante seu primeiro mandato à frente da nação, a presidente Dilma Rousseff resolveu mudar os hábitos e começar a fazer dieta. Dona de uma rotina atribulada e fã de alimentos calóricos, a presidente começou a modificar sua alimentação no final do ano passado e já tem colhido ótimos resultados. Segundo a própria presidente, são 17 quilos a menos em pouco mais de seis meses.

Confira qual é a dieta da Presidente Dilma Rousseff, como ela funciona e dicas para que você também consiga fazer a famosa dieta em casa.

Dieta Ravenna

maximo ravenna criador da dieta

A dieta da Presidente Dilma nada mais é do que a dieta Ravenna, um plano alimentar extremamente rigoroso desenvolvido pelo médico argentino Máximo Ravenna (com a presidente na foto acima). O tratamento para perda de peso apoia-se em três pilares: corte na ingestão de calorias, redução no consumo de carboidratos e acompanhamento psicológico.

Interessados em seguir a dieta Ravenna com acompanhamento passam por avaliação especializada (médica, nutricional, psicológica e física) em uma das clínicas do Dr. Máximo e somente então recebem sugestão de um cardápio com poucas calorias e alimentos a serem evitados. O programa também prevê o acesso à terapia e à compra com desconto de alimentos formulados especificamente para os seguidores da dieta – ou seja, sem carboidratos e com poucas calorias.

O custo do programa é de R$800,00 para a avaliação inicial e outros R$2.000 mensais para acompanhamento profissional, palestras e acesso à academia. E se o preço parece salgado, como de fato é, a boa notícia é que você pode fazer a mesma dieta da Dilma Rousseff segue sem precisar gastar tudo isso.

Como Funciona a dieta da Presidente Dilma

20150316172718641088u

O método proposto pelo Dr. Ravenna baseia-se na alimentação paleolítica (também conhecida como dieta das cavernas), que proíbe o consumo de carboidratos refinados como açúcares e farinhas e estimula o consumo de proteínas e alimentos de baixo índice glicêmico. Trata-se, portanto, de uma versão hipocalórica da dieta das proteínas.

Os principais objetivos da dieta Ravenna são diminuir a compulsão alimentar, evitar picos de glicose e emagrecer pela baixa ingestão de calorias. Isso é feito através do consumo de somente 800 calorias ao dia, divididas em quatro refeições principais – café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.

Para diminuir a fome e a ansiedade antes da refeição, recomenda-se o consumo de um caldo quente antes dos alimentos sólidos servidos no almoço e no jantar. Logo após o caldo deve vir uma salada verde, e somente depois uma fonte de proteína e um acompanhamento – que poderá ser purê de abóbora, suflê de cenoura ou legumes no vapor. Por último, seguem-se a sobremesa – que poderá ser uma fruta ou gelatina diet – e um café.

Após ter atingido o peso ideal, os alimentos “proibidos” devem ser reintegrados de maneira gradual e sempre em pequenas porções.

Portanto, de maneira resumida, podemos dizer que a dieta da Presidente Dilma funciona com base em:

  • Consumo de 800 a no máximo 900 calorias por dia;
  • Eliminação dos carboidratos refinados da dieta;
  • Quatro refeições diárias;
  • Sessões de psicoterapia;
  • Atividade física.

Cardápio da dieta da Presidente Dilma

Dilma_Rest_Popular

Alimentos como arroz, pão, açúcar, macarrão e até mesmo a popular batata doce não fazem parte do cardápio da dieta da Presidente Dilma. Ao invés disso, constam do plano alimentar da presidente opções como queijo light, café com leite desnatado, risoto de quinoa, frutas de baixo índice glicêmico e carnes magras.

Confira algumas sugestões de cardápio da dieta:

– Café da manhã

  • 1 xícara de leite desnatado com café + 1 iogurte light + 1 fruta de baixo índice glicêmico (maçã verde, morango ou pera, por exemplo)

ou

  • 1 xícara de leite desnatado com café + 2 fatias de peito de peru light + 2 fatias finas de queijo branco

– Almoço

  • 1 prato de caldo de cebola (sem gordura e com pouco sal) + salada verde + 1 filé de frango pequeno + 1 pires de legumes grelhados + 1 porção de gelatina light;

ou

  • 1 prato de caldo de palmito + salada verde + 1 medalhão de filé + 1 pires de purê de abóbora + 4 morangos.

– Lanche da Tarde

  • 1 iogurte zero + 5 cerejas + 1 xícara de café preto;

ou

  • omelete com 2 ovos + 2 fatias de mussarela light + 1 xícara de café sem açúcar.

– Jantar

  • Caldo de legumes + salada verde + 1 pires de lasanha de berinjela (sem massa, somente ricota e berinjela) + gelatina light;

ou

  • 1 prato de caldo de abóbora + salada verde + 1 filé de peixe grelhado + 1 pires de cenoura refogada + 1 fatia de abacaxi.

Dieta Poderosa

img-573423-mariana-belem20131218151387389089

Mariana Belém antes e depois da dieta Ravenna

Além da Presidente Dilma, outras personalidades já obtiveram sucesso com essa dieta e conseguiram perder peso. A cantora Mariana Belém (filha da cantora Fafá de Belém) eliminou 15 kg em três meses; a empresária Luiza Helena Trajano, proprietária da rede de Lojas Magazine Luiza, perdeu 23 kg em um ano, e Eleonora Meniucci, ministra do governo Dilma, está 17 kg mais magra.

Dicas

  • Segundo a própria presidente, além de fechar a boca, a atividade física também foi fundamental para o sucesso de sua dieta. E a dica também vale para você, já que os exercícios vão aumentar a queima de gordura e manter o metabolismo em dia (lembrando que a primeira resposta do organismo a dietas radicais é diminuir o metabolismo para conservar energia). Tente encaixar sessões diárias de 30 a 40 minutos, pelo menos quatro vezes por semana;
  • Embora a baixa quantidade de calorias não combine com exercícios rigorosos, você pode encaixar na sua rotina atividades mais leves como caminhada, bicicleta e musculação com uma intensidade menor;
  • Além da pouca quantidade de calorias, outro fator apontado como essencial para o sucesso da dieta da presidente Dilma é o acompanhamento psicológico feito por profissionais especializados. O objetivo é cuidar paralelamente das questões emocionais que podem ter contribuído para o sobrepeso e melhorar a relação da pessoa com os alimentos;
  • Para driblar a fome entre as refeições, você pode tomar uma xícara de chá verde sem açúcar ou consumir talos de aipo;
  • A hidratação é fundamental durante a dieta da presidente Dilma, tanto para facilitar a eliminação de toxinas como para proteger a saúde dos rins, que podem ficar sobrecarregados com o excesso de proteínas.

Cuidados com a Dieta da Presidente Dilma 

famosas-efeito-sanfona-13-1228

Efeito sanfona

Por se tratar de uma dieta de baixas calorias e que restringe o consumo de carboidratos, a dieta Ravenna pode causar desde falta de energia até prisão de ventre e alterações no humor. Além disso, a dieta pode causar um efeito sanfona caso a transição para a alimentação “normal” não seja feita de maneira gradual e adequada.

A baixa quantidade de calorias também pode causar perda de massa muscular, já que o organismo pode passar a utilizar o tecido como combustível para suas atividades diárias. Outra observação é que no começo da dieta boa parte do peso eliminado é na verdade água, uma vez que o baixo consumo de carboidratos promove uma liberação do excesso do líquido estocado no organismo.

Alguns dos efeitos colaterais da dieta da Presidente Dilma incluem tonturas, mau hálito, dor de cabeça e falta de disposição. Além, é claro, do risco do efeito sanfona, que sempre está presente em dietas radicais e que excluem um grupo alimentar inteiro como é o caso da dieta.

Você tinha curiosidade para conhecer a dieta da presidente Dilma, depois da mesma aparecer visivelmente mais magra recentemente? Acredita que conseguiria segui-la? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, média: 4,78 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “Dieta da Presidente Dilma – Como Funciona, Cardápio e Dicas”

  1. Sim consegui seguir a dieta da presidente Dilma e emagreci em um mes e meio 7 quilos. Não é dificil e nem dava tanta fome comia de tres em tres horas , andava pela manhã ,meia hora e quando chegava da caminhada fazia mais meia hora de Lian Goong pela Internet. Estava indo tudo muito bem, quando aqui em casa tivemos ,o meu marido ,minha mãe e eu tivemos o que os medicos disseram ser virose que se instalou e permaneceu por 2 meses dando toda sorte de mal estares. Bom nem precisa dizer o que aconteceu, tive que me alimentar mais para ver se a virose ia embora e ai engordei outra vez. Sou cardiaca e me sentia muito bem tendo perdido peso. Agora uma vez que saramos vou fazer de novo.Ah! tenho que dizer que a dieta não teve nada com a virose.O medico falou que estava no ar e muitas pessoas pegaram naquela ocasião. Nota dez para o doutor Ravenna!!!!!