Como Algumas Pessoas Estão Adotando Comportamentos Mais Saudáveis na Pandemia

Especialista:
atualizado em 04/06/2020

Devido ao tédio que se sente ao ficar em casa por mais tempo que o normal e toda a tensão que o momento envolve, a pandemia do novo coronavírus se tornou um período em que algumas pessoas aderem a comportamentos não muito saudáveis como comer mais guloseimas e fast-food, abusar do álcool, ceder à preguiça e abandonar a prática de atividades físicas ou passar madrugadas em claro jogando ou maratonando séries para relaxar e sentir-se melhor.

Mas isso não precisa e nem deve ser uma regra, até porque cuidar da saúde é essencial para manter uma imunidade fortalecida, algo crucial na luta contra a COVID-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Um exemplo de como dá para manter e inclusive criar comportamentos saudáveis durante a pandemia é o escritor e apresentador Rob Taub de 64 anos de idade. Ele convive com diabetes e pressão alta há aproximadamente 15 anos, viu o seu peso aumentar nos últimos anos e tem mantido-se isolado em casa desde que o novo coronavírus varreu a cidade de Nova Iorque, onde mora.

A decisão de ficar em casa foi prudente, já que além de doenças crônicas como diabetes e pressão alta colocarem alguém no grupo de risco da COVID-19, estar acima do peso aumenta o risco de complicações pelo novo coronavírus.

Durante esse período de isolamento, a saúde de Taub melhorou. Se antes aproximadamente 80% das suas refeições eram feitas fora de casa, durante a pandemia ele passou a cozinhar para si mesmo em casa, conseguiu diminuir a sua ingestão de sal e atingiu um nível de pressão arterial que permitiu cortar os seus medicamentos.

Mas Taub não está sozinho nessa. O cardiologista do centro médico americano Cleveland Clinic Luke Laffin contou algo que observou entre as pessoas que trata: pacientes que não se exercitavam regularmente e não faziam as melhores escolhas alimentares estão melhorando ligeiramente os seus hábitos, já que se encontram com mais tempo para fazer uma caminhada ou preparar suas refeições.

Chance de se focar na saúde

A falta de tempo devido à correria é um dos motivos pelo qual muitos não dão conta de cuidar da saúde. Portanto, a pausa em muitas das atividades normais que o novo coronavírus nos obrigou a dar pode trazer uma oportunidade de se focar na saúde, como apontou o endocrinologista da Escola de Medicina da Universidade do Colorado nos Estados Unidos e presidente de medicina e ciência da Associação Americana da Diabetes Robert Eckel.

Segundo Eckel, dependendo dos desejos e estilo de vida de uma pessoa e desde que ela não esteja passando por impactos econômicos muito severos devido à crise do novo coronavírus, ficar em casa pode se transformar em uma chance para adotar comportamentos saudáveis como dormir melhor ou ter uma rotina de exercícios físicos, por exemplo.

Isso ainda inclui manter uma alimentação saudável: o endocrinologista da Universidade do Colorado mencionou a dieta DASH e a dieta mediterrânea como planos alimentares acessíveis, que promovem a redução do peso, a diminuição da ingestão de sal, o aumento do consumo diário de nutrientes e a diminuição da pressão.

Segundo o presidente de medicina e ciência da Associação Americana da Diabetes, em termos de atividade física, os exercícios moderados são uma maneira de manter comportamentos saudáveis enquanto permanece isolado dentro de casa. É importante manter-se ativo em tempos de coronavírus.

Isso se traduz, por exemplo, em praticar entre 40 a 45 minutos de exercício moderado por dia, como uma caminhada vigorosa ou um treino de resistência com pesos leves. Conheça uma dica de treino iniciante para fazer em casa durante o surto de coronavírus e algumas dicas de treinos aeróbicos em casa para fazer durante a quarentena.

As sugestões de como se manter ativo em casa durante o surto de novo coronavírus também podem ajudar. Mas tenha o cuidado de praticar apenas os tipos de treino que você sabe que dá conta de fazer com segurança, para não correr o risco de se machucar.

Mais do que experimentar comportamentos saudáveis, dá para aproveitar o período do isolamento para transformá-los em hábitos permanentes. “Pessoas são criaturas de hábito, então com alguns meses com mais tempo para se exercitar e comer saudável, eu espero que (quando tudo passar) não consigam ficar sem a rotina diária de fazer essas escolhas”, afirmou o cardiologista Luke Laffin.

Possível, porém nem sempre é fácil

Se por um lado é possível manter ou criar hábitos saudáveis durante a pandemia, por outro, isso é desafiador, em virtude dos prejuízos psicológicos, emocionais e financeiros que a crise da COVID-19 trouxe. Falando nisso, vale a pena conferir essas dicas para preservar a saúde mental durante a quarentena.

O cardiologista Luke Laffin compartilhou outra observação que fez entre as pessoas que atende: os que já se exercitavam e seguiam dietas saudáveis antes da pandemia têm saído um pouco da rotina no isolamento em casa devido ao novo coronavírus. “É uma espada de dois gumes”, descreveu o médico.

Para quem está tendo dificuldades de se motivar durante a pandemia, a dica de Laffin é buscar uma rotina saudável que não seja intimidante. Ele sugere uma caminhada como forma de incluir alguma atividade no dia e fazer pausas rápidas no home office para praticar algum exercício leve.

Em termos de alimentação, quem estava acostumado a comer fora não precisa passar a fazer receitas complicadas, mas o cardiologista aconselha tentar preparar pratos compostos em 50% a 60% por frutas. Conheça algumas opções de receitas saudáveis e fáceis para o dia a dia.

Outra dica de ouro é tentar comprar maiores quantidades de produtos saudáveis quando for ao mercado, para que eles estejam sempre disponíveis em casa e possam ser incorporados em todas as refeições. Está passando por um aperto financeiro devido à crise da COVID-19? Então, aprenda como comer bem sem sair do orçamento durante a pandemia.

Você também percebeu que acabou adotando comportamentos mais saudáveis durante a pandemia? Ou com você a situação foi o contrário? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário