Dieta de Daniel – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista:
atualizado em 14/04/2020

Na Bíblia Sagrada, Daniel foi um profeta que deixou sua terra natal logo jovem e foi enviado para a Babilônia, com a tarefa de servir no palácio do rei Nabucodonosor.

Por lá, ele exerceu seu dom recebido de Deus, que era de interpretar sonhos, tornou-se um dos ministros do rei e foi jogado e sobreviveu a uma cova com leões, depois de desobedecer a uma ordem que impedia que fizesse orações a Deus.

Como funciona a dieta de Daniel?

Porém, outro ponto que se destaca na trajetória do profeta é o fato dele ter se recusado a se alimentar com a comida e a bebida que o rei oferecia e ter pedido para se alimentar somente de água e legumes, logo que foi enviado para a Babilônia.

Em um segundo momento, ele realizou outro período de jejum, em que ficou sem comer carne, beber vinho ou consumir qualquer outro alimento gostoso durante três semanas, depois de ter recebido uma mensagem e uma visão de Deus.

E foi inspirado nessa história contada nas páginas das Escrituras Sagradas que foi elaborado um programa alimentar que é descrito como uma dieta vegana com mais restrições.

O método pode determinar que a alimentação seja feita à base de frutas, vegetais, grãos integrais e água e exclui itens como café, carne, peixe, pão, comidas processadas, açúcar ou álcool. A dieta de Daniel também pode cortar os alimentos à base de farinha branca e a chamada junk food, comidas pouco nutritivas e muito calóricas.

É importante saber que existem versões improvisadas, diversas e até mais brandas da dieta de Daniel, tendo em vista que o que a Bíblia apresenta é mais um panorama de como foram os jejuns realizados pelo profeta, mas não traz exatamente instruções detalhadas.

Cardápio da dieta de Daniel 

Confira a seguir um exemplo de cardápio que podem ser utilizados no programa alimentar. A versão escolhida propõe o corte de carnes e açúcares.

Porém, antes de aderir ao cardápio, não deixe de consultar o médico e/ou nutricionista de sua confiança. A melhor versão da dieta de Daniel varia de pessoa para pessoa, de acordo com o seu organismo e suas necessidades. 

Café da manhã

  • Opção 1: Chá sem açúcar, bolo de frutas sem açúcar e fruta.
  • Opção 2: Suco de frutas natural, tapioca com queijo e fruta. 
  • Opção 3: Café com leite sem açúcar, fruta e pão com margarina.

Lanche da manhã 

  • Opção 1: Suco de frutas natural.
  • Opção 2: Mamão ou banana com aveia.
  • Opção 3: Mix de oleaginosas e frutas secas com 1 castanha-do-pará, 2 nozes, 3 castanhas de caju, 6 amêndoas, 4 ameixas ou 4 damascos ou 1 colher de sopa de uva-passa.

Almoço/Jantar

  • Opção 1: Arroz, panqueca com recheio de legumes, salada de alface e rúcula e salada de chuchu.
  • Opção 2: Arroz, feijão, omelete de forno, abobrinha refogada e salada de alface e tomate;
  • Opção 3: Arroz, feijão, batata rústica, berinjela refogada e salada de alface americana, alface roxa, rúcula, milho e tomate.

Lanche da tarde

  • Opção 1: Vitamina de frutas.
  • Opção 2: Crepioca de queijo e café com leite sem açúcar.
  • Opção 3: Chá sem açúcar e torrada com requeijão.

Outras receitas que também podem aparecer nesse cardápio são: couve-flor gratinada, salada de tabule, risoto de funghi, palmito ou berinjela e macarrão com molho 4 queijos ou molho pesto ou molho funghi ou molho branco ou alho e óleo.

Cuidados

Antes de tudo, é importante saber que o que a Bíblia relata é que a dieta de Daniel foi realizada pelo profeta por questões religiosas e espirituais. Ou seja, seu objetivo não era o de emagrecer, como é o caso de muitas pessoas que entram em algum tipo de programa alimentar ou deixam de consumir determinado tipo de alimento ou grupo alimentar.

Isso significa que a dieta de Daniel não emagrece? Não necessariamente.

O jornal The Atlantic contou a história de uma mulher chamada Sarah Neumann, dos Estados Unidos. Segundo a publicação, ela seguiu a dieta de Daniel como um exercício religioso. Por conta disso, ela não saía para comer com amigos em restaurantes. O resultado foi que ela perdeu peso e sentiu-se mais saudável depois da experiência.

Em conversa com a ABC News, a nutricionista Jessica Bennett afirmou que experimentar alguma versão da dieta de Daniel tem potencial para contribuir com o início de hábitos mais saudáveis e da perda de peso para algumas pessoas.

Bennett ainda afirmou que o programa pode auxiliar as pessoas a ficarem mais conscientes em relação ao que elas estão comendo e o que tem colocado em seu corpo, apesar de ressaltar que as versões muito restritas da dieta podem deixar alguns indivíduos frustrados, tendo em vista que exigem mudanças drásticas e rápidas na alimentação.

Por outro lado, a nutricionista Zoe Zarcombe defende que a dieta de Daniel até pode funcionar se for realizada em poucos dias, porém, ao ser realizada em longo prazo, ela está associada à deficiência de vitaminas e minerais de origem animal.

Seguir a dieta de Daniel por muito tempo pode gerar a falta da vitamina A, da vitamina B12, da vitamina D e da vitamina E, causando fraqueza muscular, dores nos ossos e enfraquecimento do sistema imunológico.

Portanto, quer você faça a dieta como uma forma de emagrecer, quer você siga esse tipo de alimentação como parte de um exercício religioso ou de fé, vale a pena contar com o acompanhamento de um nutricionista e um médico.

Isso é importante para que você saiba se realmente pode seguir o programa alimentar, por quanto tempo pode executá-lo e qual a melhor maneira de fazer a dieta sem causar prejuízos à própria saúde.

Você já tinha ouvido falar nessa dieta de Daniel? Teria coragem de experimentá-la durante um tempo para emagrecer? O que achou de como funciona seu cardápio? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,40 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

9 comentários em “Dieta de Daniel – Como Funciona, Cardápio e Dicas”

  1. A dieta de DANIEL NÃO PODE COMER ARROZ , FEIJÃO, CAFÉ. sOMENTE FRUTAS, LEGUMES E VERDURAS. áGUA, SUCO.AI TEM PANQUECA, BOLO DE FRUTAS, MACARRÃO. Esse cardápio está muito franquinho, sem nenhuma sugestão boa. Tem vários outros cardápios ou sugestões do que comer.

  2. A dieta é ótima, afinal é uma dieta baseda em vegetais, extremamente saudável, o que precisa melhorar são as sugestões de cardápio. De qualquer maneira, o texto é muito interessante e produtivo. Lembrando que Daniel pediu um teste de apenas 10 dias ao chefe dos eunucos e após esse período, ele e seus amigos estavam mais saudáveis, robustos e com melhor aparência do que os que comiam a dieta babilônica (do rei).

  3. Como profissional da área de saúde e estudante da cosmovisão bíblica em relação as dietas de Deus. Observo que nesta dieta, precisa-se melhorar muito em vários detalhes e especialmente no quesito derivados do leite, sendo que a proposta dos jovens, Daniel e seus amigos eram manter-se espiritualizados não somente em uma dieta que os deixassem longe das iguarias do Rei, que eram sacrificadas a ídolos. Mas também uma dieta, leve e nutritiva que os dessem mais disposição cognitiva e fisiológica.

    Mas quero parabenizar a proposta muito inteligente de se basear em um contexto bíblico.

  4. Meu Deus , quanta coisa errada : excesso de carboidratos , margarina , enlatados … Imagine se nao fosse uma dieta . O que seria ???