Dieta Sirtfood – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista:
atualizado em 06/04/2020

Saiba como funciona a dieta Sirtfood e veja uma ideia de cardápio, além de várias outras dicas para seguir ou não esse programa alimentar.

A dieta Sirtfood é a mais nova e recente estratégia para saúde, nutrição e perda de peso que ficou muito conhecida após a cantora Adele dizer que emagreceu graças a essa dieta.

Embora o nome possa soar como algo muito estranho, na realidade sirtfood é proveniente da palavra em inglês sirtuins, que em português significa sirtuínas.

As sirtuínas são um tipo de proteína que estudos realizados em moscas e camundongos mostraram aumentar a massa muscular, regular o metabolismo e queimar gordura. Essa dieta baseia-se nada mais em consumir alimentos ricos em sirtuínas.

O livro Sirtfood Diet foi publicado pela primeira vez no Reino Unido em 2016 e como já citamos, a dieta começou a ganhar força quando Adele apareceu mais magra e atribuiu sua perda de peso graças a essa dieta.

Segundo o livro, esse plano alimentar pode te ajudar a queimar gordura e aumentar sua energia, proporcionando a perda de peso a longo prazo e uma vida mais longa, saudável e livre de doenças. Mas será que tudo isso é verdade?

O que é a dieta Sirtfood

A dieta Sirtfood foi desenvolvida por dois nutricionistas de celebridades, Aidan Goggins e Glen Matten, que trabalhavam em uma academia no Reino Unido.

Eles anunciam essa dieta como um novo e revolucionário plano de dieta e saúde que funciona ativando seu “gene magro”.

Ela foi criada tendo como base pesquisas realizadas com sirtuínas, um grupo de sete proteínas encontradas no corpo que demonstraram regular uma variedade de funções, incluindo inflamação, metabolismo e expectativa de vida.

Certos compostos naturais das plantas podem ser capazes de aumentar os níveis dessas proteínas no organismo, e os alimentos que as contêm foram apelidados de “sirtfoods”.

A lista dos “top 20 sirtfoods” (alimentos ricos nessas proteínas) fornecida pela Dieta Sirtfood inclui:

  1. Vinho tinto;
  2. Café;
  3. Couve;
  4. Soja;
  5. Morangos;
  6. Cebolas;
  7. Trigo sarraceno;
  8. Chocolate amargo (85% cacau);
  9. Salsinha;
  10. Amoras;
  11. Azeite virgem extra;
  12. Chá verde Matcha;
  13. Açafrão;
  14. Nozes;
  15. Rúcula;
  16. Pimenta olho-de-pássaro;
  17. Levístico;
  18. Tâmaras Medjool;
  19. Chicória vermelha;
  20. Alcaparras.

A dieta combina sirtfoods e restrição calórica, o que pode fazer com que o corpo produza níveis mais altos de sirtuínas.

Seus criadores afirmam que seguir a dieta Sirtfood levará a uma rápida perda de peso, mantendo a massa muscular, além de proteger contra doenças crônicas.

Depois de concluir a dieta, os criadores incentivam as pessoas a continuarem incluindo sirtfoods e o suco verde exclusivo da dieta em sua alimentação regular.

Como funciona a dieta Sirtfood

A dieta possui duas fases fáceis de se seguir:

Fase 1

Duração: 7 dias.

Durante os primeiros três dias, você deve tomar três sucos verdes ao dia e uma refeição completa rica em sirtfoods, consumindo um total de 1.000 calorias.

Nos dias quatro a sete, você deve aumentar sua ingestão de calorias para 1.500,tomando dois sucos verdes por dia e fazendo duas refeições diárias.

Fase 2

Duração: 14 dias.

Esta fase é destinada a ajudar as pessoas a perderem peso constantemente.

Você pode comer três refeições equilibradas e ricas em sirtfood todos os dias, além de um suco verde.

As duas fases podem ser repetidas sempre que você desejar aumentar a perda de gordura.

Após a fase 2

A ideia das refeições “sirtifying” é destinada às pessoas que concluíram a fase um e dois, mas ainda querem continuar no caminho da Sirtfood.

Ela envolve pegar o seu prato favorito e dar-lhe um toque Sirtfood.

A Dieta Sirtfood não foi projetada para ser apenas uma “dieta”, mas sim para se tornar um estilo de vida.

Depois de concluir as três primeiras semanas, a pessoa é incentivada a continuar comendo uma dieta rica em Sirtfoods e a continuar bebendo seu suco verde diário.

Atualmente existem muitos livros de receitas da Dieta Sirtfood disponíveis com receitas para muitas refeições, além de receitas alternativas ao suco verde e mais dicas e sugestões para seguir essa dieta.

Existem ainda algumas receitas para sobremesas Sirtfood.

A Dieta Sirtfood é eficaz?

Os autores da dieta Sirtfood fazem afirmações ousadas, incluindo que essa dieta pode acelerar a perda de peso, ativar seu “gene magro” e prevenir doenças.

O problema é que não há muitas provas para apoiá-los, ao menos por enquanto.

Até o momento, não há evidências convincentes de que a Dieta Sirtfood tenha um efeito maior na perda de peso do que qualquer outra dieta restrita em calorias.

Embora muitos desses alimentos tenham propriedades saudáveis, não há estudos a longo prazo realizados em humanos para determinar se a ingestão de uma dieta rica em sirtfoods traz benefícios tangíveis à saúde.

O livro Dieta Sirtfood relata os resultados de um estudo piloto realizado pelos autores que envolveu 39 participantes. Porém, vale ressaltar que os resultados deste estudo parecem não ter sido publicados em nenhum outro lugar.

Durante uma semana, os participantes seguiram a dieta e se exercitaram diariamente. No final da semana, os participantes perderam em média 3,2 kg e mantiveram ou até ganharam massa muscular.

No entanto, esses resultados não são surpreendentes. Restringir a ingestão de calorias para 1.000 calorias e se exercitar ao mesmo tempo quase sempre causa perda de peso, segundo especialistas.

Perder peso rapidamente não é considerado duradouro

Independentemente disso, esse tipo de perda rápida de peso não é considerado genuíno nem duradouro e este estudo não acompanhou os participantes após a primeira semana para verificar se eles recuperavam algum peso, o que normalmente é o caso.

Quando seu corpo está sem energia, ele gasta suas reservas de energia de emergência, ou glicogênio, além de queimar gordura e músculo.

Cada molécula de glicogênio requer que 3 ou 4 moléculas de água sejam armazenadas. Quando seu corpo consome glicogênio, ele também se livra dessa água, o que é conhecido como “peso da água”.

Na primeira semana de extrema restrição calórica, apenas cerca de um terço da perda de peso é proveniente de gordura, enquanto os outros dois terços são provenientes de água, músculo e glicogênio.

Assim que sua ingestão de calorias aumenta, seu corpo reabastece as reservas de glicogênio e o peso volta.

Infelizmente, esse tipo de restrição calórica também pode fazer com que seu corpo diminua sua taxa metabólica, fazendo com que você precise de menos calorias por dia para obter energia.

É provável que no início essa dieta possa te ajudar a perder alguns quilos, mas que provavelmente voltarão assim que a dieta terminar.

Prevenção de doenças

Quanto à prevenção de doenças, três semanas provavelmente não são o tempo suficiente para ter um impacto mensurável a longo prazo.

Por outro lado, adicionar sirtfoods a longo prazo à sua dieta regular pode muito bem ser uma boa ideia, mas para isso você também pode pular a dieta e começar a incluí-los agora mesmo em suas refeições.

Como fazer o suco verde da dieta Sirtfoods

Ingredientes:

  • 30 gramas de rúcula;
  • 75 gramas de couve;
  • 5 gramas de salsa;
  • 1 cm de gengibre;
  • 2 palitos de aipo;
  • Meio limão;
  • Metade de uma maçã verde;
  • Meia colher de chá de chá verde matcha.

Bata todos os ingredientes exceto o chá verde em pó e o limão. Esprema o suco de limão à mão e em seguida misture o suco de limão e o chá verde em pó no suco.

Cardápio da dieta Sirtfoods

Veja agora um exemplo de cardápio da dieta Sirtfoods.

Café da manhã

  • Omelete de couve;
  • Muesli, iogurte e mirtilos;
  • Vitamina de frutas feita com aveia e leite de soja.

Almoço e jantar

  • Salada de rúcula com tomate, atum e pepino temperada com azeite de oliva;
  • Hambúrgueres de tofu com pão integral e salada;
  • Peixe grelhado com salada de trigo sarraceno;
  • Tofu picante recheado de legumes e pimentões;
  • Frango e macarrão soba salteados;
  • Salada de couve com edamame e cebola roxa temperados com azeite;
  • Caril de frango picante servido com arroz integral.

Lanches

  • Café;
  • Frutas frescas, principalmente morangos, maçãs e laranjas;
  • Nozes;
  • Aipo e hummus;
  • Chocolate escuro.

Efeitos colaterais e segurança

Embora a primeira fase da dieta Sirtfood seja muito baixa em calorias e nutricionalmente incompleta, considerando a sua curta duração não há preocupações reais de segurança para um adulto médio e saudável.

No entanto, para uma pessoa com diabetes, a restrição calórica e a ingestão principalmente do suco verde nos primeiros dias podem causar mudanças perigosas nos níveis de açúcar no sangue.

Porém, até mesmo uma pessoa saudável pode experimentar alguns efeitos colaterais – principalmente a fome.

Comer apenas de 1.000 a 1.500 calorias por dia deixará quase qualquer pessoa com fome, principalmente se grande parte dos alimentos que está consumindo é líquido – suco – já que ele é pobre em fibras, nutriente que ajuda a manter a sensação de saciedade.

Durante a fase 1, você pode experimentar outros efeitos colaterais devido à restrição calórica como tontura, fadiga e irritabilidade.

Para um adulto saudável, é improvável que haja sérias consequências para a saúde se a dieta Sirtfood for seguida por apenas três semanas.

Nunca se esqueça de que a melhor maneira de emagrecer é seguindo uma dieta balanceada, principalmente com acompanhamento de um nutricionista, e praticando exercício físico com o acompanhamento de um profissional de Educação Física.

Referências Adicionais:

Você já conhecia a dieta Sirtfood? Ficou com curiosidade de experimentar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário