9 benefícios do trigo sarraceno – Como preparar e dicas

Especialista da área:
atualizado em 20/06/2021

O trigo sarraceno é um alimento que vem ganhando a atenção de médicos e nutricionistas, devido a suas propriedades nutricionais e benefícios que pode trazer para a saúde e a boa forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Esse alimento é rico em proteínas e fibras alimentares, além de conter uma série de outros nutrientes. Além disso, diferente do trigo comum, o sarraceno não contém glúten, o que o torna mais atraente para pessoas que precisam evitar a substância.

Por isso, a seguir vamos conhecer melhor esse alimento ainda pouco consumido em nosso país, seus benefícios e formas de incluí-lo na dieta.

O que é o trigo sarraceno?

trigo sarraceno
Sementes de trigo sarraceno

Trigo sarraceno é uma semente completamente livre de glúten e que não tem nenhuma relação com o trigo comum.

A origem do seu uso é mais ligada à fabricação de ração animal do que ao do alimento para consumo humano, principalmente na Europa e nos Estados Unidos.

Mas a sua popularidade como alimento humano vem crescendo desde a década de 1970, quando os seus benefícios para a saúde se tornaram conhecidos.

9 Benefícios do trigo sarraceno para a saúde

Veja abaixo a composição de macronutrientes por porção de 100 g trigo sarraceno, in natura.

ComponenteValor por 100 g
Calorias335 kcal
Carboidratos70,6 g
Proteínas12,6 g
Fibra alimentar10 g
Gorduras3,1 g
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO)

Os demais nutrientes estão em uma tabela mais detalhada, ao final do artigo.

1. Ajuda a melhorar a digestão e proteger o trato digestivo

As fibras presentes no trigo sarraceno trazem saciedade e regulam o trânsito dos alimentos através do intestino, ajudando assim a evitar a constipação.

Além disso, alimentos feitos à base de trigo sarraceno fermentado tem ação probiótica, trazendo assim um benefício extra para o intestino, uma vez que ajuda a manter a saúde da flora intestinal.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue

Como uma boa fonte de fibras, o trigo sarraceno tem baixo índice glicêmico, o que significa que o açúcar no sangue aumenta lenta e gradualmente depois de ingerido.

Além disso, alguns componentes de trigo sarraceno parecem evitar ou retardar a digestão e a absorção do açúcar, contribuindo ainda mais para o controle dos seus níveis no sangue.

Isso faz do trigo sarraceno um bom alimento para pessoas que precisam controlar a glicemia, como no caso de diabéticos.

3. Ajuda a prevenir cálculos biliares

Comer alimentos ricos em fibras alimentares, como o trigo sarraceno, pode ajudar a evitar a formação de cálculos biliares, como mostra um estudo publicado no American Journal of Gastroenterology.

Isso acontece porque as fibras diminuem a absorção de gordura e colesterol, atuando assim na excreção de ácidos biliares e reduzindo a formação de cristais no interior da vesícula. Assim, uma dieta rica em fibras pode ajudar a prevenir o problema, principalmente quando associada a redução da quantidade de alimentos gordurosos.

4. Promove a saúde do coração

O trigo sarraceno contém muitos compostos saudáveis ​​para o coração, como rutina, magnésio, potássio e fibras alimentares. Por isso, o alimento pode ajudar a:

  • Reduzir a pressão arterial;
  • Prevenir a formação de placas gordurosas nas paredes das artérias;
  • Reduzir os níveis de colesterol LDL;
  • Combater a inflamação dos vasos sanguíneos.

Então, incluir o trigo sarraceno no cardápio pode ser uma ótima ideia para pessoas que têm um maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares, e também para aquelas que já têm o diagnóstico do problema.

mulher feliz fazendo o símbolo do coração

5. É rico em antioxidantes 

O trigo sarraceno contém compostos fenólicos com ação antioxidante que podem ajudar a combater os danos causados pelos radicais livres. Assim, o seu consumo pode contribuir para a prevenção de uma série de problemas de saúde, como:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Câncer: os antioxidantes protegem o DNA das células dos danos causados pelo estresse oxidativo, e por isso podem ajudar na prevenção de alguns tipos de câncer;
  • Envelhecimento precoce da pele: a pele é o órgão mais atingido pelos radicais livres, e o consumo regular de alimentos ricos em antioxidantes ajuda a combater esses danos, além de estimular a produção de colágeno.

6. Fornece proteínas altamente digeríveis

O trigo sarraceno é uma ótima fonte de proteína vegetal e contém doze aminoácidos, ajudando assim no crescimento e na síntese muscular.

Por isso, ele pode ser um aliado de pessoas que seguem uma dieta vegana ou vegetariana, uma vez que ele fornece aminoácidos essenciais que não produzimos em nosso próprio organismo e que são geralmente obtidos nas carnes e alimentos derivados de animais.

7. Não contém glúten

O trigo sarraceno é muito semelhante à cevada, em sabor, aparência, tamanho e textura, mas ele tem uma vantagem nutricional: não contém glúten. Por este motivo ele é seguro para qualquer pessoa com doença celíaca ou sensibilidade ao glúten.

E, embora não seja um grão, você pode usufruir dos seus benefícios usando-o como substituto em muitas receitas. 

8. Rico em vitaminas e minerais

Tanto as sementes quanto a farinha de trigo sarraceno são uma grande fonte de vitaminas e minerais, como manganês, magnésio, zinco, ferro e ácido fólico.

Por isso, o seu consumo pode ajudar a manter a saúde geral do corpo, contribuindo para a prevenção de uma série de problemas de saúde e deficiências nutricionais.

9. Ajuda a perder de peso

As sementes inteiras de trigo sarraceno podem ser muito úteis em dietas para perda de peso, uma vez que têm menos calorias quando comparadas com o trigo ou a cevada, são livres de gordura saturada e colesterol, e ainda são ricas em fibras e proteínas.

Esta combinação tem um papel importante na diminuição do apetite e no controle do açúcar no sangue, facilitando a digestão, a perda de peso e a construção de massa muscular magra. 

Como usar o trigo sarraceno?

mingau de trigo sarraceno
Mingau de trigo sarraceno

O trigo sarraceno não é tão popular quanto o trigo e a aveia, tanto pelo pouco conhecimento sobre o alimento, quanto por seu sabor levemente amargo. Mas por conta desse sabor amargo, ele tem sido utilizado para criar cervejas sem glúten.

Além disso, sua farinha pode ser usada no preparo de mingau, massa de pães e panquecas, misturada ou em substituição à farinha de trigo.

Como preparar o trigo sarraceno?

As sementes de trigo sarraceno podem ser lavadas e enxaguadas rapidamente, ou torradas antes de serem cozidas. No entanto, fazer uma pré-lavagem e deixar um pouco de molho pode ajudar a fazer os grãos mais digeríveis e diminuir a quantidade de ácido fítico, que pode bloquear a absorção de alguns nutrientes pelo organismo.

Para fazer a pré-lavagem, adicione o trigo sarraceno em uma tigela com três vezes a quantidade de água. Deixe de molho durante a noite, ou por pelo menos 6 horas. 

Você vai notar que, depois de deixado de molho, ele irá desenvolver certa viscosidade. Para removê-la, basta colocar as sementes em uma peneira e lavá-las em água corrente, mexendo ocasionalmente. Esta pré-imersão reduz drasticamente o tempo de cozimento do alimento.

Para cozinhar, adicione uma parte do trigo sarraceno para duas partes de água ou caldo da sua preferência, já previamente fervido e ainda quente. Assim que o líquido voltar a ferver, abaixe o fogo, tampe a panela e cozinhe por cerca de 30 minutos.

Dicas práticas de uso

  • Misture a farinha de trigo sarraceno com farinha de trigo integral para fazer deliciosos pães, bolos e panquecas;
  • Combine as sementes cozidas com frutas, nozes e iogurte, como um delicioso cereal para um lanche rápido;
  • Prepare um pote de mingau de trigo sarraceno para o café da manhã usando-o de forma semelhante à farinha de aveia;
  • Adicione trigo sarraceno cozido em sopas ou ensopados para dar-lhes um sabor mais marcante e uma textura mais encorpada;
  • Cozinhe o trigo sarraceno, resfrie e adicione frango picado, ervilhas, sementes de abóbora e cebolinha para uma salada nutritiva.

Vídeo

Por fim, aproveite para assistir a esse vídeo da nossa nutricionista mostrando benefícios e características desse super alimento para a saúde que é o trigo sarraceno:

Tabela nutricional

Porção de 100 g de trigo sarraceno, in natura.

ComponenteValor por 100 g
Calorias335 kcal
Carboidratos70,6 g
Proteínas12,6 g
Fibra alimentar10 g
Gorduras3,1 g
Gordura saturada0,7 g
Gordura monoinsaturada0,9 g
Gordura poli-insaturada0,9 g
Cálcio41 mg
Cobre0,5 mg
Ferro4,1 mg
Magnésio251 mg
Manganês2 mg
Fósforo337 mg
Potássio577,0 mg
Selênio< 0,1 mg
Zinco3,1 mg
Vitamina B10,4 mg
Vitamina B11< 0,1 mg
Vitamina B20,2 mg
Vitamina B36,2 mg
Vitamina B50,4 mg
Vitamina B60,6 mg
Vitamina E0,3 mg
Vitamina K< 0,1 mg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO)
Fontes e referências adicionais

O que achou dos benefícios do trigo sarraceno? Agora que sabe para que serve e conhece suas propriedades, irá incluí-lo no seu cardápio? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (58 votos, média 4,24)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

15 comentários em “9 benefícios do trigo sarraceno – Como preparar e dicas”

  1. Excelente matéria!! ??Gosto muito desse grão. Faço também como o arroz e misturo tomates, salsinha, cebolinha, alho todos picadinhos e acrescento cenoura ralada. Como salada também fica delicioso com tomates, azeitonas e cebolas…. é usar a imaginação e continuar a comer saudável.?

    Responder
  2. Não conhecia, vou comprar e passar a usar no lugar do trigo por causa das suas propriedades nutricionais e os seus benefícios para a saúde.

    Responder
  3. Uso a farinha para fazer pão sobretudo por não ter glúten. Tenho uma doença auto-imune, não é a doença celíaca, mas eu tenho alguma sensibilidade a esta proteína.

    Responder
  4. Vou fazer uma experiência com trigo Sarraceno uma vez que tenho diabetes; mais tarde comentarei a erca dos resultados.

    Responder
  5. Descobri a pouco tempo trigo sarraceno .quanto vi seus benefícios .corri comprar ,mas na minha região ainda não consegui. Consegui encomendar pela internet divulguei para pessoal e estou pretendendo fazer uma distribuição .pois a maiorias das pessoas ainda está comendo trigo transgênico alem do excesso de glúten.

    Responder
  6. Gostaria de saber se posso consumir o trigo sarraceno apenas torrado sem cozinhar em água. É crocante e saboroso para acompanhar cremes de frutas como a manga, a banana, o caqui e o abacate. Ou mesmo para polvilhar sobre qualquer tipo de salada, ou outros pratos salgados.

    Responder
  7. A aveia originalmente não contém glúten. O problema é que ela normalmente é armazenada junto com outros cereais que contém glúten (como trigo, cevada, etc) e neste caso a aveia é “contaminada” com o glúten desses outros cereais. Mas há disponível em alguns supermercados aveia sem glúten, embora com um preço bem alto.

    Responder
    • Já pesquisei por tempo ob trigo sarraceno, encontro dificuldade no preparo, fico inventando ,hj fiz bolo e pão, pois coloque de molho por 1h horas e cozinhei pensando em fazer um tabule,mas ficou pastoso, não quis perdeu e inventei uma receita de pão e outra de bolo com chocolate alcalino 100%. Mas agora com essas vou tentar outras. Obrigada.

      Responder
      • você precisa usar sarraceno em farinha. eu uso ela pra fazer bolos.fica fofinho como se fosse de farinha d trigo. mas não ponho farinha d trigo só a de sarraceno. a farinha não precisa por de molho…vc usa igual usa a farinha de trigo

        Responder
  8. Achei excelente essa postagem sobre o triglicérides minha esposa já comprou e vamos experimentá-lo somos a débitos de um tipo de alimentação que eu te amo de alimentação alternativa A exemplo do Trigo Serrano que era utilizado apenas para rações animais existem outros alimentos a exemplo da Palma do Cerrado a Taioba o colostro animal mais especificamente o colostro bovino dos quais fazemos uso sempre que possível conseguimos são alimentos altamente nutritivos e funcionais desprezados pela grande maioria da população brasileira.

    Responder
    • Ótima matéria! Nos ensina a nos nutrir enquanto nos alimentamos . Obrigada por compartilhar conosco estas preciosas informações!

      Responder
  9. Estou i niciando o uso, conheci na macrobiótica. Estou gostando muito porque nao fico estufada e combina com minha alimentação lowcarb para melhorar minha glicemia e colesterol, nao estou doente,mas caminhando para.

    Responder