Dor no tendão de aquiles: 5 causas e o que fazer

Especialista da área:
atualizado em 15/07/2022

O tendão de aquiles, ou do calcâneo, é considerado o tendão mais forte do corpo humano, sendo formado por um cordão fibroso de tecido conjuntivo que permite que os músculos da panturrilha se conectem com os músculos do calcanhar. 

A força e flexibilidade deste tendão auxiliam em diversos momentos do dia a dia, até mesmo para andar, pois flexionamos e contraímos o tendão de aquiles a cada passo dado.

  Continua Depois da Publicidade  

Dores neste tendão podem estar relacionadas a diferentes causas e, em geral, dores leves e por curtos períodos de tempo não costumam ser sinal de grandes problemas. Porém, caso sejam dores muito intensas ou que durem por vários dias, um médico ortopedista deve ser consultado. 

Principais causas

Para ajudar a identificar o causador das dores no tendão, relacionamos os principais motivos que levam ao aparecimento desse problema.

dor no tendão de aquiles
As causas da dor no tendão de aquiles vão desde sapatos apertados até uma ruptura no tendão

1. Sapatos apertados

Caso as dores sejam leves, tente reparar se estão relacionadas ao uso de algum calçado específico. É possível que sapatos apertados causem dores nas mais diversas partes do pé, incluindo os calcanhares e o tendão de aquiles.

Caso você acredite que seja seu caso, troque o sapato por outro mais confortável..

2. Tendinite

A tendinite no tendão de aquiles é uma condição relativamente comum, sendo causada pela inflamação do tendão devido principalmente a movimentos repetitivos e em excesso. Esta inflamação pode ocorrer tanto no comprimento do tendão, como no ponto em que ele se conecta ao osso do calcanhar, no seu ponto de inserção.

  Continua Depois da Publicidade  

Os sintomas mais comuns são dores, inchaço e rigidez na região do tendão. As dores podem aumentar após a realização de alguma atividade física.

A maior recomendação é a de procurar um médico, que realizará um exame raio-x para confirmar que se trata de uma tendinite no tendão de aquiles. O tratamento costuma envolver repouso, aplicação de compressas de gelo e sessões de fisioterapia.

3. Bursite

As bursas são bolsas cheias de líquido presentes em locais de articulação, ajudando na sua lubrificação e no amortecimento dos ossos, diminuindo o impacto nestas áreas. A região do tendão de aquiles possui duas bursas, uma localizada entre a parte de trás do calcanhar e sua junção com o tendão, e outra na parte da frente desta mesma região.

A bursite é a inflamação das bursas, ocorrendo principalmente devido ao seu uso excessivo e pressões repetidas no tendão, causando dores, inchaço e sensibilidade no tendão de aquiles e na parte de trás do calcanhar.

O tratamento consiste na utilização de compressas de gelo e/ou água quente, administração de anti-inflamatórios orais, mudança de calçados e hábitos. Em casos mais extremos, pode ser necessária a intervenção cirúrgica. Para iniciar o tratamento é necessário buscar por ajuda médica, para que exames diagnósticos sejam realizados e, caso se comprove o quadro de bursite, se inicie um tratamento específico para o seu problema.

4. Esporão no calcanhar

O esporão no calcanhar ocorre quando um ligamento se calcifica devido ao acúmulo de cálcio provocado por pressões excessivas no mesmo local, causando dores semelhantes a espetadas de uma agulha, quando se levanta, caminha e ao encostar o pé no chão.

  Continua Depois da Publicidade  

O tratamento pode ser simples, incluindo o uso de palmilhas, massagem nos pés e alongamentos, sendo portanto necessário que se consulte um médico ortopedista para verificar se esta é realmente a causa das dores e iniciar o tratamento mais adequado.

5. Ruptura do tendão

Um fator que pode causar dores agudas e intensas é a ruptura completa ou parcial do tendão de aquiles, causada pelo estiramento do tendão além da sua capacidade. Nestes casos, além da dor intensa haverá também certa perda da mobilidade do tendão, e um médico ortopedista deve ser procurado para realizar os exames e prosseguir com o tratamento necessário, que pode incluir intervenção cirúrgica, repouso e sessões de fisioterapia.

Como evitar lesões no tendão de aquiles

Alongamento
Ter cuidado ao praticar exercícios é importante para evitar lesões no tendão de aquiles

Há algumas maneiras de proteger seu tendão de aquiles, prevenindo o aparecimento de lesões e inflamações na região. Estas dicas podem ser especialmente interessantes para atletas que realizam atividades de alto impacto e para pessoas que têm dores ou problemas recorrentes na região.

As principais medidas que podem proteger seu tendão são:

  • Realizar aquecimentos antes da atividade física e se alongar logo após, minimizando as chances de ocorrerem microlesões no tendão.
  • Priorizar o descanso entre possíveis treinos.
  • Exercitar o músculo da panturrilha.
  • Caso pretenda aumentar o nível da atividade física, fazer a mudança de maneira gradual.
Fontes e referências adicionais

Você já teve dor no tendão de aquiles? Foi difícil tratar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

Deixe um comentário