Tendinite do tendão de Aquiles: sintomas e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 25/03/2021

Tendões inflamados podem causar muita dor e incômodo. Veja então o que é a tendinite do tendão de Aquiles, seus sintomas e como tratar. 

  Continua Depois da Publicidade  

A tendinite do tendão de Aquiles é uma inflamação que pode se originar de várias causas, como por exemplo:

  • Degeneração causada por artrite;
  • Lesões causadas por excesso de exercícios físicos;
  • Infecções;
  • Atividades de repetição que forçam o tendão de Aquiles.

O tendão de Aquiles fica na parte de trás do pé (ou calcanhar). A função dele é conectar os músculos da panturrilha aos ossos do calcanhar, permitindo que você faça movimentos como:

  • Correr;
  • Andar;
  • Pular;
  • Ficar na ponta dos pés.

Aliás, se você sente muita dor no local mas não sabe se tem tendinite, veja também o que pode ser a dor no calcanhar.

Dessa forma, uma inflamação no tendão de Aquiles pode prejudicar a comunicação entre ossos e músculos, causando dificuldade para andar e outros sintomas.

Sintomas da tendinite do tendão de Aquiles

Chamada também de tendinopatia ou tendinite do calcâneo, a tendinite do tendão de Aquiles pode causar sintomas como, por exemplo:

  • Dificuldade para caminhar, correr ou pular;
  • Dor, principalmente ao movimentar o local;
  • Rigidez matinal;
  • Sensibilidade.
  • Pele inchada;
  • Inchaço nos pés;
  • Sensação de que a pele está quente.

De fato, o principal sintoma da tendinite de Aquiles é o inchaço e a dor localizada na parte posterior do calcanhar – especialmente ao andar ou correr.

Como tratar a inflamação no calcanhar

tratamento da tendinite do tendão de aquiles

Às vezes, o tratamento caseiro pode ajudar a aliviar sintomas da tendinite de Aquiles. Mas é importante consultar um médico, pois uma tendinite não tratada da forma adequada pode levar ao rompimento do tendão.

Além disso, o tratamento da tendinite de Aquiles leva um certo tempo. Por isso, é importante ter paciência e dedicar de 1 a 3 meses ao tratamento.

Após a avaliação médica, o médico vai indicar o melhor tratamento. Suas opções incluem remédios e uma série de medidas de reabilitação e de prevenção de novas inflamações.

  Continua Depois da Publicidade  

Remédios

Existem opções de anti-inflamatórios como o ibuprofeno e a aspirina que ajudam no tratamento da tendinite de Aquiles. Mas os anti-inflamatórios mais fortes – como o cetoprofeno e o diclofenaco dietilamônio, por exemplo – são os mais indicados para esse tipo de lesão. 

A depender da intensidade da dor, o médico pode sugerir que você tome uma injeção de anti-inflamatórios ou corticoides para aliviar mais rapidamente a dor.

Remédio caseiro

Compressas de gelo ajudam a evitar que a inflamação se espalhe. Além disso, elas ajudam a prevenir ou melhorar o inchaço.

De fato, aplicar gelo na região depois de um exercício físico ou ao sentir dor pode aliviar os sintomas da tendinite.

Aliás, o método RICE (do inglês Rest: descanso, Ice: gelo, Compression: compressão e Elevation: elevação) é bastante eficaz no tratamento da tendinite do tendão de Aquiles assim que ocorre a lesão. 

Neste método, é recomendado que você repouse o tendão por um ou dois dias para evitar mais danos. Além disso, você deve aplicar gelo no local lesionado por 20 minutos várias vezes ao dia para controlar o inchaço.

Aplicar uma bandagem no calcanhar para comprimir o local também ajuda na recuperação e na prevenção do inchaço. Porém, é importante cuidar para não apertar demais, pois isso pode prejudicar o fluxo sanguíneo. Por fim, manter os pés elevados ajudam a evitar o inchaço.

Aliás, aproveite para conferir os melhores chás anti-inflamatórios que podem ajudar no tratamento da tendinite.

  Continua Depois da Publicidade  

Alongamento

Fazer alongamentos leves é importante para estimular a circulação sanguínea e acelerar a recuperação.

Mas faça isso com cuidado e evite pressionar demais o local inflamado. 

Se possível, faça fisioterapia, pois o acompanhamento de um fisioterapeuta pode ser importante para aprender os alongamentos e estimular o tendão de Aquiles sem prejudicar a recuperação.

Mais opções de tratamento para inflamação no calcanhar

lesão no tendão de aquiles

Quando a lesão é mais grave, você pode fazer tratamentos complementares como a terapia por ondas de choques ou até mesmo procedimentos cirúrgicos.

Terapia extracorpórea por ondas de choque

Algumas pessoas optam pela terapia de choque. Ela consiste em aplicar pequenos choques que estimulam o local a cicatrizar mais rapidamente e ter uma melhor circulação de sangue.

Cirurgias

Em alguns casos, pode ser preciso se submeter a uma cirurgia para reparar as estruturas afetadas pela tendinite.

Existem vários tipos de cirurgia disponíveis e cabe ao seu cirurgião decidir qual é o melhor procedimento para a sua lesão. Em geral, a cirurgia é indicada quando há um risco alto de rompimento do tendão ou quando ele já se rompeu.

Mesmo assim, a inflamação pode voltar no futuro. Por isso, as medidas preventivas pós-recuperação são tão importantes. 

Prevenção

A recuperação pode levar mais tempo se você não reduzir a pressão sobre o tendão de Aquiles. Portanto, é importante:

Fazer uma atividade física

Praticar uma atividade física com frequência é ótimo para aumentar a força e flexibilidade dos músculos. De fato, isso melhora a mobilidade física e previne novas inflamações.

No entanto, é preciso reduzir a intensidade dos exercícios físicos de modo a diminuir o impacto sobre o tendão. 

Ter uma alimentação saudável

Ter uma dieta anti-inflamatória também pode ajudar na prevenção de novas lesões. Além disso, optar por mais alimentos com propriedades anti-inflamatórias ajuda na recuperação da tendinite.

Evitar hábitos nocivos

Por fim, tudo que pressiona demais o tendão de Aquiles deve ser evitado, ao menos por um tempo para evitar uma nova inflamação no calcanhar. Dessa forma, evite:

  • Usar salto alto diariamente ou por muito tempo;
  • Usar sapatos desgastados ou mal ajustados;
  • Se exercitar sem fazer aquecimento.

Tomando esses cuidados e fazendo o acompanhamento médico, é provável que seu tendão se recupere bem. No entanto, é preciso ter cuidado constante pois a tendinite do tendão de Aquiles pode voltar a qualquer momento.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sofreu uma lesão no tendão de Aquiles? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário