Fenilalanina Faz Mal? Para Que Serve?

Especialista:
atualizado em 31/10/2014

O nome fenilalanina pode parecer familiar se você já olhou o rótulo de algum produto que a contenha. Como há um aviso sobre sua presença em alimentos, algumas pessoas acham que a fenilalanina faz mal. Mas será que isso é verdade? O que realmente é a fenilalanina e para que serve?

O que é Fenilalanina? 

A fenilalanina é um aminoácido, um dos blocos que compõem proteínas. Ela possui três formas: a L-Fenilalanina, que é um aminoácido essencial e é a única forma de fenilalanina encontrada em proteínas; a D-Fenilalanina, uma forma da fenilalanina feita em laboratório, que não é um aminoácido essencial e cujo efeito no corpo ainda não foi definido; e a DL-Fenilalanina, uma mistura dos dois tipos anteriores. As principais fontes alimentares da fenilalanina são carnes, peixes, leite, queijo e ovos.

A fenilalanina é usada para depressão, transtorno de déficit de atenção, Mal de Parkinson, dor crônica, osteoartrite, artrite reumatoide, sintomas de abstinência de álcool e vitiligo.

No corpo, ela é usada para criar mensageiros químicos, mas não está claro como ela funciona.

Para que Serve a Fenilalanina?

A fenilalanina é usada para auxiliar no tratamento de algumas doenças e condições. Vamos ver algumas delas.

  • Vitiligo: Há evidências de que tomar L-fenilalanina de forma oral ou aplicá-la na pele e obter exposição solar UVA pode ser um tratamento eficaz de vitiligo em adultos e crianças.
  • Depressão: um estudo clínico dos anos 1980 indica que a fenilalanina pode ser eficaz contra a depressão, mas o estudo precisa ser refeito com métodos atuais para que sua eficácia seja comprovada.
  • Mal de Parkinson: alguns estudos sugerem que a D-fenilalanina pode ajudar a diminuir os sintomas do Mal de Parkinson, mas outras formas da fenilalanina, mesmo a DL-fenilalanina, não parecem ter o mesmo efeito.
  • Outros usos: a suplementação de fenilalanina também é usada para deficiência de fenilalanina, sintomas de abstinência de álcool e artrite, embora sua eficácia nesses casos ainda precise de mais evidências para ser confirmada.

Fenilalanina faz mal? Por que há o aviso nos rótulos?

Como foi dito anteriormente, a fenilalanina é um aminoácido essencial ao corpo, e portanto, ela não causa danos em condições normais. Entretanto, há pessoas que sofrem de uma condição genética chamada fenilcetonúria, que impede que o corpo metabolize a fenilalanina. Em pessoas com essa condição, a fenilalanina faz mal, pois pode causar retardo mental, danos cerebrais, convulsão, dificuldade de aprendizado, hiperatividade, tremores, problemas de pigmentação na pele e cabelo.

Se você não tem fenilcetonúria, entretanto, a fenilalanina provavelmente é um componente seguro. E você não precisa se preocupar se tem fenilcetonúria ou não, já que ela é uma das condições testadas ainda lá no teste do pezinho.

Embora a fenilcetonúria seja a condição mais grave envolvendo a fenilalanina, esse aminoácido também pode causar outros problemas, como reações alérgicas, causando inchaço nas mãos e pés, problemas para respirar e coceira.

Além disso, para mulheres grávidas e lactantes, a fenilalanina faz mal em excesso. A quantidade encontrada naturalmente em alimentos é provavelmente segura, mas não se deve tomar a fenilalanina em doses medicinais nessas condições. Pessoas com esquizofrenia também devem tomar cuidado com a quantidade de fenilalanina ingerida, já que ela pode piorar alguns sintomas.

Pessoas que tomam remédio para o Mal de Parkinson, para depressão e condições mentais devem tomar muito cuidado com a ingestão de fenilalanina, e, de preferência, perguntar ao médico se há algum risco na interação das substâncias.

Fenilalanina no aspartame

O adoçante artificial aspartame contém fenilalanina em grandes quantidades. Qualquer alimento que contenha aspartame, incluindo refrigerantes e outras bebidas diet, chicletes, pastilhas, iogurte, sorvete lanches e adoçantes artificiais, deve conter em seu rótulo a informação de que o produto contém fenilalanina. Outros produtos, como medicamentos não controlados e produtos de cuidado pessoal, também podem conter fenilalanina.

Fenilalanina emagrece?

A fenilalanina também um componente ativo presente na maioria dos suplementos para perda de peso. Mas a fenilalanina emagrece mesmo? Como?

A fenilalanina tem um grande papel na perda de peso. A L-fenilalanina promove a liberação de um hormônio que avisa ao cérebro que eu estômago está cheio, além de ela mesma enviar esse sinal. Ao mesmo tempo, também age como supressor de apetite. No geral, a fenilalanina age como um supressor de apetite e aumenta o metabolismo, assim como os supressores artificiais.

Assim, a fenilalanina emagrece ao fazer você comer menos, te ajudando a criar o déficit de calorias necessário para a perda de peso.

Como tomar

Os únicos estudos que estabelecem uma dose de fenilalanina são os que foram feitos no tratamento do vitiligo, em que foram usadas 50 a 100 miligramas de fenilalanina por peso em quilos do paciente. Para outros usos, uma dose não foi estabelecida.

É bom lembrar que, exceto no caso do Mal de Alzheimer, a forma da fenilalanina usada é a L-fenilalanina, e portanto a ingestão da substância em outras formas pode não gerar o mesmo efeito.

No seu caso, a fenilalanina faz mal? Qual seria a sua condição? Por que você pretende ou pretendia utilizar essa suplementação? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (20 votos, média: 4,25 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário