Fisiculturista Joe Weider – Dieta, Treino, Medidas, Fotos e Vídeos

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

O fisiculturismo atualmente conta com uma maior popularidade e visibilidade se comparado ao passado, mas o que inúmeros admiradores do esporte não sabem é quem foi o responsável pelo início dessa metodologia de vida regrada e com fundamentos embasados em treinamentos e dietas nutricionalmente equilibradas. Quem admira e reconhece a trajetória de artista e esportista Arnold Schwarzenegger não sabe, mas ele contou com o apoio de um mentor que foi fundamental.

O fisiculturista Joe Weider ficou reconhecido como o homem que mudou a forma de entendimento do mundo fitness. A experiência desse profissional auxiliou no progresso e melhoria das metodologias adotadas para a obtenção de força e aptidão física para diversos homens e mulheres que buscam uma vida física saudável.

O ídolo

Ele é reconhecido como o homem que transformou a forma como o mundo interpreta a combinação entre nutrição balanceada, exercícios físicos e vida saudável. O fisiculturista Joe Weider foi responsável pela criação do império de uma das principais revistas voltadas para o mundo fitness. A revista foi fundamental para disseminação de seus princípios sobre treinamentos, boa alimentação e bodybuilding não só para o publico masculino, como também para o feminino.

O fisiculturista Joe Weider nasceu em 1920, em um bairro violento de Montreal, no Canadá, em meio aos difíceis tempos da Grande Depressão. Aos 12 anos, Joe deixou a escola pública para trabalhar puxando carga e oferecendo frutas e mantimentos para um mercado por 10 horas por dia, o qual foi o meio de sobrevivência dele e de sua família. Intimidado pelos demais adolescentes da área onde morava, Joe se dedicou a mudar sua vida, para então andar de cabeça erguida, não só em Montreal. Então ele tentou treinar com a equipe wresting, porém, o treinador se recusou, pois acreditava que Joe iria apenas se ferir.

Ao vagar pelo bairro, o futuro fisiculturista comprou duas revistas usadas por apenas alguns centavos. Essas revistas foram de grande importância, pois foram a mola propulsora que Joe Weider precisava para iniciar seus treinos e dar início à construção de sua própria revista.

Ele improvisou alguns aparelhos para levantamento de peso em seu próprio quintal, então iniciando suas descobertas sobre levantamentos e impulsionando a transformação de seu físico magro para obter músculos. Nesse momento, ele tinha 15 anos, e os intimidadores adolescentes de seu bairro já não o incomodavam mais.

Joe Weider foi então convidado por um olheiro para participar do Verdun Barbell, em Montreal. Dois anos após essa participação, o esportista competiu em seu primeiro concurso amador, o chamado Montreal District Senior Meet, onde conseguiu levantar o equivalente a 70 libras a mais que os demais concorrentes da mesma categoria. Com sua força, o fisiculturista Joe Weider superou até mesmo alguns esportistas de categorias de pesos mais pesados, o que lhe rendeu uma posição no ranking nacional.

Destacando-se com sucesso nas competições, a transformação de Joe foi se tornando uma inspiração para os amantes do mundo fitness, o que se tornou um grande feito, já que no final dos anos 1930 não havia divulgação e espaço para os levantadores de peso na sociedade. Já em 1939, ele estava trabalhando em tempo integral, e permaneceu nesse emprego por 5 anos. Ele fez diversos intercâmbios de empregos, exercendo funções em vagões, ônibus, lavou pratos em um restaurante local, onde foi promovido a sanduicheiro, e em seguida, se consolidou como cozinheiro.

No entanto, seu sonho era publicar em uma revista de grande reconhecimento, para que então pudesse compartilhar ensinamentos sobre rotinas de treino com seus leitores. Sua persistência era tamanha, que com apenas U$ 7 em seu bolso, ele decidiu começar a trabalhar no que viria a ser a sua primeira edição de um informativo sobre o mundo fitness, que viria a ser publicado em agosto de 1940.

Inacreditavelmente, em apenas 18 meses, Joe Weider fez 10000 dólares de lucro com a venda de sua revista, uma grande realização, já que o momento era de grandes problemas econômicos para todo o país. Vale lembrar também que o momento não era propício à venda de equipamentos, mas Weider deu inicio a Weider Barbell Co, em 1942, oferecendo em sua revista conjuntos de pesos e equipamentos, assim como alguns suplementos vitamínicos e minerais rudimentares.

Para a construção de sua revista, o fisiculturista Joe Weider iria dedicar incontáveis horas em diversos ginásios a fim de estudar e catalogar os movimentos e técnicas mais eficazes para fisiculturistas e levantadores de pesos. Os princípios de Weider compilam a edição mais valiosa para a ciência e fisiculturismo como esporte. Em 1950 ele reuniu o que observou de melhor durante 12 anos de análise, e batizou esses fundamentos como The Weider Training Principles, que contava com 30 teorias e técnicas que seriam capazes de mudar para sempre o meio pelo qual alguém poderia construir um corpo musculoso e forte.

A partir da disseminação desses princípios, a IFBB cresceu de uma forma significativa, a qual conta com uma sede em Woodland Hills, na Califórnia. A Weider Health and Fitness é uma empresa líder na indústria de nutrição esportiva.

Com o apoio de seu irmão Ben, Joe Weider alugou o Teatro Nacional de Montreal, em 1946, para sediar o primeiro concurso Mr. Canadá. Em 1965 ele criou o concurso Mr. Olympia, o qual se tornou o concurso première no mundo dos bodybuilders. Entre os famosos campeões do Mr. Olympia, podemos destacar Arnold Schwarzenegger, campeão do concurso por 7 vezes. Reconhecendo a dedicação feminina à musculação, Joe então adicionou o Ms. Olympia em 1978, acrescentando também o concurso Fitness Olympia em 1995.

Atualmente há 170 países filiados à IFBB, sendo destaque entre as sete mais reconhecidas federações desportivas internacionais de todo o mundo.

Durante diversos anos, o fisiculturista Joe Weider inspecionou o império editorial de uma das revistas mais conceituadas do mundo do fisiculturismo, a Muscle & Fitness, Muscle & Fitness Hers, Flex para fisiculturistas avançados, Shape, M & F Hers, Men’s Fitness para homens ativos, e muitas outras.

Joe Weider faleceu em Los Angeles, em 23 de março de 2013, devido à insuficiência cardíaca.

“Comecei a treinar porque era fraco. Os pesos me fizeram forte, me deram segurança e me fizeram sentir mais especial.” – Joe Weider

Dieta de Joe Weider

Joe Weider acreditava que todas as refeições são importantíssimas. Ele afirmava que comer pelo menos 5 vezes por dia era mais benéfico para a construção de músculos. As pequenas refeições podem garantir uma melhor absorção de nutrientes durante todo o dia, o que contribui para que haja menos picos de insulina, o que ocorre quando o corpo se depara com a digestão de açúcares.

Uma diminuição de picos de insulina resulta em uma menor probabilidade de acúmulo de gordura e energia mais estável ao longo de todo o dia. É imprescindível reconhecer que todas as refeições são importantes.

– O que é permitido comer

  • É fundamental comer uma porção de proteína em todas as refeições. Tente comer carne, peixe, ovos e produtos lácteos. Deve-se saber que seu corpo está apto a digerir e assimilar apenas 30 gramas de proteínas por refeição, ou seja, não é necessário comer porções excessivas;
  • Alimente-se com frutas e vegetais frescos, preferencialmente crus, assim manterá seu corpo equilibradamente nutrido;
  • Consuma um pouco de gordura vegetal, use como fonte algumas sementes e nozes. Dessa forma você poderá obter benefícios para sua pele e sistema nervoso;
  • Coma alimentos que contenham múltiplos minerais e vitaminas;
  • Mantenha uma alimentação amplamente variada;
  • Faça pelo menos 3 refeições diárias. Atente, pequenas refeições podem ser facilmente digeridas e utilizadas de forma mais eficiente pelos eu organismo;
  • Beba muita água, durante todos os períodos do dia.

– O que não é permitido

  • Consumir alimentos altamente processados, fritos ou com composição rica em açúcar e farinha branca;
  • Comer gorduras excessivamente;
  • Beber bebidas gaseificadas, adoçadas e alcóolicas;
  • Usar muito sal ou temperos.

É interessante voltar e olhar para os velhos livros e revistas para ver como o pensamento sobre dieta e treino mudou e evoluiu ao longo dos anos. O mais interessante é que, além de alguns pontos (como o leite e o corte da gordura da carne), basicamente reflete os fundamentos de uma dieta paleo.

Treino de Joe Weider

– Estrutura programática

  • Ciclo: Treine para obter metas específicas, como aprimorar força, definir ou obter hipertrofia muscular. Ao seguir essas orientações, reduz-se a possibilidade de ocorrência de lesões e ainda torna seus treinos mais diversos e motivadores. Programe-se para alternar períodos de baixa intensidade com períodos de alta intensidade, pois assim seus músculos poderão se recuperar de forma eficiente, assim contribuindo para o efeito anabólico.
  • Treino eclético: Abuse da variedade de séries, repetições e metodologias em seu treino. É importante atentar para quais membros serão trabalhados no treino, pois assim você poderá não só fazer movimentos uni-articulares, como multi-articulares.
  • Treino instintivo: Desenvolve seu instinto, para que este possa ser usado a seu favor. Analise os resultados de treinos anteriores e some sua experiência em treinos, assim você poderá adaptar um programa de treino eficiente. Reconhecer seus limites e desafiar a si mesmo pode resultar em uma combinação de sucesso. Desenvolva seu instinto e reconheça os métodos que melhor funcionam com seu corpo, assim você poderá desfrutar de melhores resultados; por exemplo, se sentir desconforto em algum membro, deixe-o repousar e treine membros que estejam aptos aos exercícios.
  • Confusão muscular: Altere periodicamente as variáveis de seu treino. Não repita o número de séries e repetições, o segredo é inovar. Os exercícios, a ordem e tempo de descanso devem ser organizados a fim de evitar fadiga e impulsionar o crescimento.

– Potenciadores de intensidade

  • Tensão contínua: Não deixe que o músculo a ser exercitado descanse tanto no início quanto no final do movimento. Controle a impulsão e evite forçar as articulações, mantenha uma tensão constante ao longo de todo o movimento, não empurrando o peso de forma imprudente.
  • Treino de fluxo: Treine um grupo muscular com múltiplos exercícios (de 3 a 4), em seguida treine outro. A ideia é que o fluxo seja o seu corpo enviando uma quantidade máxima de sangue e nutrientes para a área exercitada, assim contribuindo para o crescimento muscular.
  • Treino holístico: Abuse de diversas técnicas de treino, como altas e baixas velocidades, repetições e descanso, dessa forma você poderá estimular as fibras musculares de forma eficaz. Por exemplo, não se prenda às tradicionais séries que contam com repetições de 6 a 10, tente reduzir a carga e fazer 20 repetições, assim poderá aprimorar a construção de fibras musculares e terá mais resistência física.

– Treino de isolamento

É uma técnica que objetiva desenvolver os músculos de forma individual, assim não envolvendo os músculos e grupos musculares adjacentes

  • Iso-tensão: Ao realizar as suas séries e treinos, contraia os músculos e mantenha-os assim por pelo menos 10 segundos. Os fisiculturistas utilizam essa técnica para aprimorar a capacidade de levantamento através do aumento do controle muscular.
  • Prioridade muscular: O grupo muscular que você julgar mais fraco deve ser exercitado no início de seu treino, pois é quando seu nível energético está e alta, assim resistindo a mais intensidade e carga.
  • Contração de pico: Contraia o seu músculo isometricamente no final do movimento, para que assim você doe mais esforço para realizar o levantamento da carga. Sustente a carga na posição completamente contraída por pelo menos 2 segundos, faça isso a cada repetição.
  • Sobrecarga progressiva: Para manter o crescimento muscular, é necessário se dedicar progressivamente. Busque aumentar a carga a cada série, faça mais repetições, reduza o tempo de descanso entre as séries, dessa forma poderá reconhecer ganhos na resistência física.
  • Treino em pirâmide: Inicie a série com cargas leves e mude gradativamente a carga ao realizar as séries sucessivas. Ao começar com pesos leves, faça uma quantidade maior de repetições, de 12 a 15, assim você poderá aquecer os seus músculos. Então, aumente o peso de forma gradual, a cada série, reduzindo o número de repetições, de 6 a 8 apenas. É possível realizar o processo inverso, iniciar com pesos mais altos e com menores repetições, mas esta pode ser identificada como pirâmide invertida.

– Técnicas de treino avançadas

  • Superséries: Faça séries com dois ou mais exercícios para grupos musculares diferentes, com tempo de descanso limitado entre eles. Alterne as séries entre os grupos musculares opostos, como bíceps e tríceps, peito e costas, isquiotibiais e quadríceps, dessa forma você poderá aumentar a intensidade de seus treinos de forma significativa. Quando você está em um treino de um determinado grupo muscular, o outro estará se recuperando. Ao exercitar-se conjugando exercícios, você estará favorecendo o fornecimento de sangue na região trabalhada.
  • Tri-séries: Faça 3 exercícios consecutivos para um determinado grupo muscular, sem repouso.
  • Séries longas ou compostas: São séries com quatro ou mais exercícios que atingem um grupo muscular e que devem ser realizadas de forma consecutiva, sem repouso entre as séries.
  • Queimar ou Burns: Dê continuidade à série além do ponto em que você julga conseguir levantar a carga ao longo da amplitude completa ou parcial com uma série de repetições parciais mais rápidas, fazendo seus músculos levantarem a carga, mesmo que por alguns centímetro, até a falha concêntrica.
  • Batota: Impulsione rapidamente a carga a fim de ultrapassar o ponto tido como estagnação à medida que você reconheça a fadiga ao fim de sua série, ou seja, desafie-se, mas com prudência. Você pode se surpreender com os benefícios ao realizar repetições até a falha. Um pequeno empurrão ou um aumento na velocidade da repetição pode ajuda-lá a realizar pelo menos de 1 a 2 repetições adicionais, porém, essa técnica é recomendada apenas para atletas de nível avançado.
  • Séries descendentes ou drop-sets: Após completar as repetições de uma série pesada, reduza rapidamente a quantidade de peso, ou opte por halteres mais leves. Realize repetições até alcançar a falha muscular utilizando esses pesos mais leves, e depois reduza ainda mais os pesos e complete com mais repetições.
  • Retições forçadas: Com o auxílio de um companheiro de treino, levante a barra ou halteres apenas com a força suficiente para sair do ponto de estagnação, dessa forma você poderá treinar além do ponto da falha muscular momentânea e contará com um suporte para não haver acidentes.
  • Repetições parciais: Tente fazer repetições com amplitude de movimento parcial, tanto no início, no meio ou no término do movimento.
  • Pré-exaustão: Prepare e pré-exauste um músculo com um exercício de isolamento, ou seja, mono-articular, antes de iniciar o exercício com movimento composto, logo, poli-articular. Vamos exemplificar: Se você estiver treinando quadríceps, pode começar com a cadeira extensora de pernas, e em seguida realizar uma série de agachamentos que não só trabalham o quadríceps, como também a região glútea e isquiotibiais.
  • Descanso-pausa ou Rest-pause: Utilize descansos com curtos períodos de tempo entre as séries de um exercício, pois, dessa forma, poderá realizar mais repetições em uma série e elevará a frequência de batimentos cardíacos. Você pode realizar de 2 a 3 repetições com uma determinada carga, em seguida, descanse por até 20 segundos, realizando de novo de 2 a 3 repetições. Descanse novamente com o mesmo intervalo de tempo, e retorne a fim de realizar o máximo de repetições que conseguir. Faça esse procedimento mais uma vez.

Medidas de Joe Weider

Segundo Sigmund Klein, na revista Muscle Builder, as medidas do fisiculturista Joe Weider em 1955 eram as seguintes:

  • Peito: 129.54 cm
  • Pescoço: 44,5 cm
  • Cintura: 87,6 cm
  • Panturrilha: 42,7 cm
  • Altura: 1,78 m.

Fotos

Joe

capture1_joe

Arnold-and-Joe

weider2

4590882-3x2-940x627

Joe-Weider

Vídeos

Você acredita que o fisiculturista Joe Weider pode ser considerado o maior ícone deste esporte na história? Comente abaixo sua opinião!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 3,50 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

1 comentário em “Fisiculturista Joe Weider – Dieta, Treino, Medidas, Fotos e Vídeos”

  1. Eu acredito, até por uma questão de justiça, que o Joe Weider deve ser reconhecido como o maior fisiculturista de todos os tempos. Ele, particularmente, foi minha inspiração.