Home » Exercícios » 7 Exercícios e Alongamentos para Crescer

7 Exercícios e Alongamentos para Crescer

Alongamento

Para muitas pessoas, ser baixinho ou simplesmente não se considerar muito alto pode ser algo frustrante e isso geralmente faz com que essas pessoas queiram ser mais altas. Porém, ao contrário do que muitos acreditam, não é necessário estar em fase de crescimento para que possa ganhar alguns centímetros. Veja como ficar mais alto com exercícios e alongamentos para crescer.

  Continua Depois da Publicidade  

A resposta do hormônio do crescimento induzida pelo exercício físico

De acordo com uma pesquisa realizada por Richard J. Godfrey, Zahra Madwick e Gregory P. Whyte publicada na revista acadêmica Sports Medicine, o hormônio do crescimento humano (GH) é secretado de forma pulsátil, geralmente seguindo um ritmo circadiano, e por isso, estímulos fisiológicos podem iniciar a secreção deste hormônio. Os estímulos não farmacológicos mais poderosos são o sono e o exercício físico.

A resposta do hormônio do crescimento induzida pelo exercício é bastante reconhecida, e embora os mecanismos exatos permaneçam elusivos, várias pesquisas foram realizadas tanto com absorção neural, estimulação direta por catecolaminas, lactato e/ou óxido nítrico e alterações no equilíbrio do ácido-base. Destes, os melhores demonstraram ser a estimulação aferente, óxido nítrico e lactato.

O treinamento físico de resistência resulta em uma resposta significativa do hormônio de crescimento pelo exercício. Evidências sugerem que a carga (peso) e a frequência são fatores determinantes na regulação da secreção do hormônio de crescimento, e apesar dessa resposta significativa, muito estímulo para a síntese de proteínas tem sido atribuído ao fato de crescimento semelhante à insulina tipo 1, com modestas contribuições da interação do receptor deste hormônio na membrana celular.

A resposta do hormônio do crescimento induzida pelo exercício em relação ao exercício de resistência está associada à intensidade, duração, frequência e modo de exercício. Diversos estudos sugeriram que existe um “limiar” de intensidade para essa resposta. Uma intensidade de exercício acima do limiar de lactato e por um mínimo de 10 minutos parece induzir o maior estímulo para a secreção do hormônio de crescimento. O treinamento físico acima do limiar de lactato pode amplificar a liberação pulsátil do hormônio em repouso, aumentando a sua secreção em 24 horas.

  Continua Depois da Publicidade  

O impacto da prática crônica de exercício neste hormônio permanece desconhecida. Evidências recentes sugerem que o treinamento de resistência resulta na diminuição do hormônio de crescimento quando a pessoa está em repouso e uma atenuante resposta do mesmo induzida pelo exercício, o que pode estar ligado a uma maior sensibilidade tecidual deste hormônio.

Enquanto os potenciais efeitos ergogênicos da administração exógena do hormônio de crescimento são atraentes para alguns atletas, o seu abuso tem sido associado a várias patologias. A identificação de um programa de treinamento que otimize a resposta do hormônio de crescimento induzida pelo exercício físico pode apresentar uma alternativa viável.

Descompressão da coluna

Além de tudo que foi dito anteriormente sobre a relação dos exercícios de resistências com o hormônio de crescimento, há também os exercícios para crescer que trabalham com a descompressão da coluna.

Eles têm como princípio fundamental a descompressão da coluna, o que significa que a sua coluna precisa estar anteriormente em uma posição neutra para que possa crescer.

Devido à má postura da maioria das pessoas, a postura conhecida popularmente como “ponto de interrogação”, seja quando estão sentadas na frente do computador, almoçando, etc, a postura descomprime e se acostuma, tornando as pessoas mais baixas, por isso, os exercícios que esticam a coluna e os músculos ao redor são perfeitos, pois produzem resultados mais rápidos.

Além de serem uma alternativa para quem procura como ficar mais alto, eles proporcionam benefícios associados à incorporação dos exercícios e alongamentos em seu estilo de vida e proporcionam maior flexibilidade da coluna e acúmulo de força para manter uma postura ideal.

  Continua Depois da Publicidade  

Algumas precauções

Você nunca deve sentir dor durante a prática destes exercícios físicos; se isso acontecer, pare imediatamente e lembre-se de consultar o seu médico antes de iniciar.

Dicas de exercícios e alongamentos para crescer devido a descompressão da coluna

Se você já passou da fase de crescimento ou ainda está passando por ela e quer saber como ficar mais alto, veja agora essas 7 dicas de exercícios e alongamentos para crescer que são eficientes, não requerem muito esforço físico e podem ser realizados em sua casa ou onde quiser.

1. Pose da cobra

  Continua Depois da Publicidade  

Deite-se com o rosto para baixo em um colchonete ou esteira. Coloque as palmas das mãos perto da nervura central, coloque as pernas juntas com a parte superior dos pés no chão e levante a parte superior do corpo. Certifique-se de utilizar os músculos das costas ao contrário de suas mãos. Enquanto você faz isso, mantenha a posição por cerca de dez segundos antes de respirar.

Você pode repetir essa posição por cerca de duas ou três vezes. A pose da cobra é um dos exercícios favoritos entre as culturas orientais pois alonga as costas, trabalha os músculos abdominais e melhora a função do corpo. Para obter seus benefícios, você deverá praticá-la regularmente.

2. Alongamento da cadeira de balanço

Para realizar este exercício para crescer, você se deita com o rosto para baixo, segura suas mãos juntas para trás e levanta as pernas e a parte superior do corpo sem dobrar os joelhos. Em seguida, balance o corpo para frente e para trás como uma cadeira de balanço.

3. Posição do gato e da vaca

O alongamento realizado através da posição do gato e da vaca ajuda a mover a coluna para a sua posição natural. Para realizar este exercício simples, você abaixa a lombar e em seguida pressiona para cima mantendo os joelhos no chão. Assim, você irá arquear as suas costas e manter a posição por alguns segundos antes de passar para a postura da vaca, onde irá levantar a cabeça parra cima, pressionando as omoplatas e alongando a coluna. Essa postura alivia a tensão e relaxa os músculos de maneira adequada.

4. Alongamento abdominal

Para a maioria das pessoas que passam longos períodos sentadas, este exercício irá ajudar não apenas a ficar mais alto, como a alongar os músculos abdominais. O exercício irá afrouxar e minimizar a tensão que esses músculos exercem sobre a coluna, e você poderá facilmente manter uma postura ereta.

Desça com o seu joelho esquerdo e coloque o pé direito à sua frente. Dobre o joelho e, mantendo as costas retas, incline-a um pouco para trás. Você pode colocar as mãos nos quadris e deslocar suavemente o tronco para a esquerda e depois para a direita. Repita o alongamento para o outro lado.

5. O balanço

O balanço requer uma barra para você “se pendurar” ou um pull-up fixado cerca de 30 centímetros mais alto que você. Pule e agarre a barra e balance o seu corpo para frente e para trás até que seus braços fiquem cansados. Esse exercício proporciona um ótimo treino no geral.

6. Braços ao alto e corpo alongado

Neste exercício você apenas precisa ficar em pé com as costas voltadas para uma parede a cerca de 60 centímetros de distância. Levante os braços em direção ao teto e dobre suavemente o corpo em direção às costas até tocar a parede com as pontas dos dedos. Conforme for praticamente, vá se afastando cada vez mais da parede até que consiga fica cerca de 1 metro, 1,20 cm de distância.

7. Super-homem de joelhos

Levante uma perna e estenda-a para trás, e partir daí, levante para frente a mão oposta. Mantenha a posição por cerca de dez segundos antes de fazer o mesmo com a outra perna e mão. Certifique-se de que você está na posição com a barriga para baixo durante todo o exercício para evitar forçar o pescoço.

8. Pulando com uma perna só

Esse é um dos alongamentos para crescer mais simples e que pode ser feito em qualquer lugar. Apenas pule com uma perna só oito vezes apontando as suas mãos para cima. Em seguida, faça a mesma coisa com a outra perna. É um ótimo exercício para equilíbrio, faz bem para o desenvolvimento do cérebro, fortalece as pernas e gera hormônios de crescimento.

Além desses exercícios funcionarem como alongamentos para crescer, eles também fazem com que você se sinta mais confiante, ajudam a aumentar o fluxo sanguíneo para as áreas que se descomprimem quando você se senta em seu escritório, e você irá recuperar a sua energia rapidamente e se sentir mais produtivo.

Outros benefícios incluem fazer com que aparente ser mais jovem, pois melhoram as funções corporais tornando-as mais fortes e eficientes. Devido ao corpo remover resíduos e toxinas de forma mais eficiente, você também ficará doente com menos frequência.

Lembre-se, os exercícios acima não produzirão resultados imediatos e, portanto, a paciência e resiliência são fundamentais. Faça-os da maneira mais confortável e agradável possível para que possa seguir por mais tempo. A ideia é incorporá-los ao seu estilo de vida para que obtenha todos os seus benefícios.

Lembre-se sempre de consultar o seu médico e siga essa lista de exercícios e alongamentos para crescer que você verá os resultados.

Referências adicionais: https://link.springer.com/article/10.2165/00007256-200333080-00005

O que você achou desses exercícios e alongamentos para crescer que separamos acima? Pretende experimentar para ajudar no crescimento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*