Ginkgo biloba é bom para memória? Faz mal? Como usar?

Especialista da área:
atualizado em 03/08/2021

A Ginkgo Biloba é uma planta milenar, de origem chinesa, e seu extrato é utilizado pela medicina oriental há milhares de anos, e seus benefícios estão diretamente relacionados ao tratamento de problemas decorrentes do envelhecimento cerebral, incluindo a perda de memória.   

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, o suplemento é muito procurado para tratar e melhorar a função cognitiva e também sintomas relacionados à má circulação sanguínea. Ela costuma ser consumida na forma de suplementos em pó ou cápsulas.

Além disso, ela é utilizada também pela medicina popular, especialmente na China, para o tratamento de diversos outros problemas de saúde

Porém, nos últimos anos, até mesmo por conta do seu uso indiscriminado, seu efeito na melhora da memória passou a ser questionado pela ciência. 

Mas afinal, ginkgo biloba é bom para memória mesmo? Ou faz mal?

Ginkgo biloba é bom para memória?

ginkgo biloba

Várias pesquisas indicam que o ginkgo biloba pode ser bom para a memória. Além disso, ele também parece ser útil para melhorar outras funções cognitivas como a concentração e o foco, por exemplo.

De acordo com um estudo da revista científica Human Psychopharmacology, o suplemento de ginkgo biloba pode aumentar o desempenho mental e promover bem-estar. 

Estudos publicados em 2003 nos Arquivos de psiquiatria clínica (São Paulo) mostraram que o consumo de 180 mg/dia do extrato de ginkgo biloba em adultos foi responsável pela melhora na atenção, memória e no processamento cognitivo.

No entanto, alguns estudos feitos posteriormente também mostraram que a melhoria na memória e na atenção não é tão significativa. Por isso, é importante que mais pesquisas continuem sendo feitas para confirmar esse benefício.

O que se sabe é que o ginkgo biloba realmente melhora as funções cerebrais, mas não se sabe ao certo o impacto que o suplemento tem especificamente sobre a memória.

  Continua Depois da Publicidade  

Aproveite e aprenda algumas receitas de suco para memória que podem te ajudar a ter um cérebro mais saudável!

Ginkgo biloba faz mal?

Apesar da necessidade de mais pesquisas sobre o assunto, o ginkgo biloba não faz mal,  principalmente quando usado da forma correta.

Aliás, o ginkgo biloba pode trazer  diversos benefícios para a saúde, como por exemplo:

  • Redução da ansiedade;
  • Melhora da enxaqueca e da dor de cabeça;
  • Diminuição de sintomas de asma e de outras doenças respiratórias;
  • Melhora na circulação sanguínea;
  • Auxílio no tratamento da disfunção sexual;
  • Manutenção da saúde ocular.

Como usar o ginkgo biloba

ginkgo biloba

Não existe uma dosagem padrão ideal para os suplementos de ginkgo biloba. Mas, alguns ensaios clínicos indicam que a fim de melhorar a função cognitiva em adultos saudáveis, a dose deve ser de 120 a 600 mg de extrato de gingko biloba por dia.

A maioria dos suplementos informam no rótulo ou na bula qual é a dose recomendada. Ainda assim, é prudente consultar o seu médico antes de começar a usar o ginkgo biloba.

Embora não faça mal, o suplemento pode interagir com certos tipos de remédios e prejudicar o seu tratamento. Isso inclui remédios como:

  • Antidepressivos;
  • Anticoagulantes;
  • Analgésicos;
  • Remédios para o fígado;
  • Anti-inflamatórios como a aspirina;
  • Antiepiléticos;
  • Remédios para a diabetes;
  • Antiplaquetários.

Além da interação medicamentosa indesejada com alguns tipos de remédios, o ginkgo biloba pode causar alguns sintomas gastrointestinais leves. Também é possível que você sinta os seguintes efeitos colaterais:

  • Dor de cabeça;
  • Palpitação;
  • Tontura;
  • Náusea.

Apesar de ser um suplemento seguro e eficaz para as funções cognitivas, é sempre importante ter cautela. 

  Continua Depois da Publicidade  

Assim, caso você note alguma sensação desagradável depois de começar a usar o ginkgo biloba, procure seu médico para saber se você deve alterar a dose ou interromper o uso do suplemento.

Fontes e referências adicionais

Você já tomou ginkgo biloba? Pretende incluí-lo no seu dia a dia para melhorar a memória? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto ainda)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário