Ginkgo Biloba Engorda ou Emagrece?

Cercada de simbolismo e portadora de inúmeros benefícios, muito se pergunta se a planta Ginkgo Biloba engorda ou emagrece. Existe uma preocupação ainda sobre os efeitos colaterais provocados pela erva, que geralmente é consumida como chá ou tomada em comprimidos. Neste artigo, vamos apresentar os benefícios, para que serve e as indicações desta planta milenar, originária da Ásia, e hoje cultivada e consumida em todo mundo. Muito querida pelos orientais, a Ginkgo Biloba impressionou ao sobreviver à radiação provocada pela bomba de Hiroshima II Guerra Mundial.

Ginkgo Biloba: planta milenar preferida dos idosos

Símbolo da paz e da longevidade, a Gingko Biloba provavelmente não é um item que precisa ser cortado caso você queira começar ou se encaixar em alguma dieta. A planta é muito querida pelos asiáticos, e está entre os suplementos mais vendidos em todo o mundo.

Inúmeras pesquisas testam os benefícios que a planta parece possuir. Enquanto alguns apelidam a Gingko Biloba de elixir da juventude, outros preferem a cautela e, por enquanto, não afirmam categoricamente que a planta possa representar a cura ou tratamento efetivo para algumas doenças, como o Mal de Alzheimer, por exemplo. O fato é que a Gingko Biloba é uma das plantas favoritas da terceira idade, justamente por integrar a faixa etária que mais sofre com problemas combatidos pela planta, como veremos a seguir.

Benefícios da Gingko Biloba – Como age e para que serve

  • Proteção do metabolismo e do funcionamento saudável do corpo e dos órgãos. Por ser um poderoso antioxidante, retarda o envelhecimento das células, protegendo o organismo em sua totalidade.
  • É a planta medicinal mais utilizada para combater doenças degenerativas do cérebro, como a demência, e para retardar a progressão da doença de Parkinson.
  • Pesquisas mostram que a erva tem a capacidade de facilitar a circulação sanguínea, dilatando os vasos e deixando o sangue mais viscoso, mais fino. O sumo extraído das folhas ajuda a refrescar a memória, aliviar dores nos braços e câimbras nas pernas;
  • A Gingko Biloba também é recomendada pela medicina ortomolecular. Por sua ação antioxidante, a planta contribui para estimular os neurotransmissores e regular os hormônios. Isso também ajuda a ativar a memória e o raciocínio;
  • A planta também contribui para dar um basta ao zumbido no ouvido. A irrigação e oxigenação do labirinto (estrutura no aparelho auricular) acabam com as tonturas;
  • A Gingko também contribui para aumentar a capacidade de concentração e diminuição da irritabilidade, além de melhorar a qualidade do sono.

A Gingko Biloba Engorda ou Emagrece? 

Estudos apontam que não é correto afirmar que Ginkgo Biloba engorda. O que acontece com relação ao ganho de peso é que algumas pessoas, por sentirem melhoras em algumas condições de saúde, passam a comer mais. Por isso criou-se essa impressão de que a Ginkgo Biloba engorda.

Na verdade, muitas pessoas tomam a Ginkgo Biloba para emagrecer. Embora não haja estudos conclusivos que mostrem a relação direta entre a erva e emagrecimento, muitos especialistas afirmam que a Ginkgo Biloba emagrece.

Para começar, a planta contém os chamados flavonoides, antioxidantes potentes que indiretamente produzem benefícios que facilitam a perda de peso. Além disso, existe uma teoria que a planta provoca a dilatação dos vasos sanguíneos, e dessa forma tem um aspecto positivo no metabolismo.

Segundo o Dr. Tim Scheett, PhD, praticantes de musculação podem ser beneficiar de Gingko Biloba já que ela aumenta o fluxo sanguíneo para os músculos. Sendo assim, aumenta a oxigenação muscular, e quantidade de nutrientes e os hormônios nos músculos. Mais músculos ajuda o organismo a queimar mais calorias.

O que os especialistas dizem sobre a Gingko Biloba?

Embora seja uma planta com mais de 2 mil anos, a Gingko Biloba ainda possui muitos segredos a serem desvendados pela Medicina. Poucos estudos têm sido realizados para demonstrar, de forma efetiva, os efeitos da planta no tratamento do câncer, por exemplo, enquanto muitas pesquisas provam sua eficácia no abrandamento da doença de Alzheimer. Na medicina fitoterápica, a Gingko Biloba ainda é priorizada por sua capacidade de ativar a concentração, a memória ou a aprendizagem.

Quais as contra indicações e efeitos colaterais da Gingko Biloba?

Poucos são os casos de efeitos colaterais registrados a partir do consumo de Gingko Biloba. Um fato importante é que, por ser um dilatador dos vasos sanguíneos, a probabilidade de causar enxaqueca ou alergias devido à sensibilidade da pele aumenta. Em geral, na bula dos comprimidos também é comum encontrar advertências relacionadas a possíveis distúrbios gastrointestinais e queda de pressão.

Se for adquirida em farmácia, no formato de cápsulas, a Ginkgo só pode ser consumida após consulta e autorização médica. Em doses muito fortes, é comum provocar diarreia.

No caso de gestantes, a Gingko Biloba deve ser evitada, assim como para quem sofre de epilepsia.

Como Tomar a Ginkgo Biloba?

O processo de emagrecimento necessita da adoção de um plano alimentar rico em nutrientes, alimentos funcionais e naturais que induzam à perda de gorduras mais eficiente. Os especialistas recomendam que o chá de Gingko Biloba deva ser tomado duas vezes ao dia, em xícaras de chá. No caso de comprimidos, o recomendável é que seja ingerida uma cápsula por dia.

Afinal, Gingko Biloba engorda ou emagrece?

Perder peso não significa simplesmente fazer o uso de ervas fitoterápicas. É necessário mudar de hábitos, rever a dieta alimentar diária. Assumir novos compromissos e adaptar sua rotina para manter o corpo em forma e saudável são tarefas difíceis, porém fundamentais para ter qualidade de vida. Nesses casos, o consumo em doses aceitáveis faz com que a Gingko Biloba ajude no emagrecimento, segundo uma corrente de especialistas.

Você já conhecia a Ginkgo Biloba? Quais dos seus benefícios pareceu mais interessante para você? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (90 votos, média: 3,94 de 5)
Loading...

18 comentários em “Ginkgo Biloba Engorda ou Emagrece?”

  1. Boa noite
    Alguém tem a experiência p o tratamento do Alzheimer?
    Tenho uma irmã de 67 já diagnosticada há 04 anos.
    Comprei as folhas secas, e gostaria de obter informações.

  2. Nao melhorou nem meu sono (5:34 da manhã agora ) acabei de ir ao banheiro com diarréia pela 5 vez hj ou mais. Diarréia fortíssima e meu zumbido continua igual.
    Não provei nenhum benefício. 80mg ao dia.

  3. Iniciei o tratamento para zumbido sem causa detectada, após vários exames em otorrino nada foi descoberto a causa dos zumbidos fortíssimos e me incomodam muito. Alguém já fez algum tratamento e teve melhora ? Ora zumbido ??
    Senti dores de cabeça no primeiro dia!!

    • oi, em resposta aos seus zumbidos sem ‘causa’ já procurou um psicólogo? zumbidos podem ser consequências de distúrbios psicológicos, ‘sombras da mente’.. procura saber pode ajudar.

      • Olyvia Oliveira, zumbido é tortura, nos leva a loucura! Sofri muito, quase enlouqueci, retirei todos os remédios que minha médica mandou, para depressão, sono, colesterol, tomei Pristiq por 3 anos, etc. Leia as bulas e foge daqueles que sugere zumbido, é ruim para outras coisas, o que tem adiantado é o Stugeron 75mg manhã e noite na crise e depois 1 X ao dia, e o Ginkgo Biloba de 80 mg/caps. 1 X ao dia. Leia a Bula e verá que tem vários benefícios, os malefícios existem, use sua capacidade de se observar e veja como reage seu organismo. Jamais deixarei de consultar meu cardiologista e a diabete há que se ter maturidade e equilíbrio para saber a gravidade da doença, mas é fácil de controlar se for tipo 2, é só seguir as recomendações de médicos com credibilidade, só médico, Jamais curiosos! Também cruze as informações entre médicos, tem muita coisa boa que nos ajuda, com o tempo a gente vai sabendo descartar as porcarias que nos apresentam. A Internet tem me ajudado muito, tenho 75 anos e vivo sob meu controle, sou diabética e tenho problemas cardíacos quanto aos malefícios eu vou observando como está agindo no meu organismo, depois que me sinto bem, deixo de usar. Quando Deus quiser me levar, saberei, e nenhum médico vai me curar, nem me dizer que não me cuidei. Cuide-se, temos muito a comemorar, há muito a fazer e curtir. Cuide-se, a vida é um presente, mas tem custo, vamos pagando.
        Ah… não corro para chegar aos 100 anos.

    • Olá!Procura no Google vídeos do Dr.Lair Ribeiro, tem um vídeo que ele fala que zumbido no ouvido é falta da vitamina B12

    • COMECEI A TOMAR GINKGO BILOBA,MAIS EU SÓ PENSO EM DORMIR,DEPOIS ACORDO E COMEÇO A
      COMER JA GANHEI ALGUNS KILOS,MAS POR OUTRO LADO,COMECEI A TER MAIS ANIMO , E FORÇA DE
      VONTADE DE FAZER AS COISAS,QUE EU ERA DESINTERESSADO….ACHO QUE SÓ TENHO QUE CONTROLAR..A ALIMENTAÇÃO E PRONTO..E SOBRE TESÃO É VERDADE SIM…FIQUEI MAIS ATIVO
      SEXUALMENTE………………………

      • A tesao vem da centraliza que é nosso sistema nervoso cérebro saúde mental…x se na toma isso vem a ajudar o teu bem estar geral… tudo bem a melhorar visão audição e restante… neh… cumprimentos

  4. Conheço o Ginkgo Biloba desde 1995, lendo uma reportagem de um jornal local, o que me chamou a atenção pela sua resistência em ser a primeira ou única a sobreviver às bombas atômicas do Japão, conforme a reportagem à época. Desde então comecei a pesquisar. Em viagem que estive no Japão, sempre perguntava sobre a planta, pois queria conhecê-la, porém as pessoa às quais questionei, desconheciam-na.
    Hoje, tenho um pequeno é belo arbusto da mesma em um vaso decorando minha varanda, porém sempre estou atenta para novas pesquisas sobre suas ricas propriedades terapêuticas.

  5. comecei a tomar o chá, estou gostando bastante e por incrível que possa aparecer estou me sentindo menos enxada, ou seja meu estômago mais baixo,
    O meu ginco, veio da china, pelo pedido do site alibaba

Deixe um comentário