Grávida pode comer gelatina?

Especialista da área:
atualizado em 24/01/2022

Existem vários alimentos que a grávida não pode comer, mas será que a gelatina é um deles?

É muito comum voltar do obstetra com várias restrições alimentares quando se está grávida. Algumas delas servem para garantir o desenvolvimento saudável do feto, enquanto outras têm como objetivo prevenir o ganho excessivo de peso da gestante.

  Continua Depois da Publicidade  

No caso da gelatina, o único cuidado a ser tomado tem a ver com o teor de açúcar que não pode ser muito elevado na dieta da grávida. 

Esse cuidado pode parecer excessivo, mas o consumo de açúcar e de muitas calorias na gravidez pode aumentar o risco de complicações como por exemplo a diabetes gestacional e a hipertensão. 

Saiba então como consumir a gelatina com segurança durante a sua gestação e conheça alguns benefícios que a gelatina pode trazer para você neste período. 

Grávida pode comer gelatina?

Grávida pode sim consumir gelatina. De fato, o alimento é nutritivo e pode beneficiar a saúde durante o período gestacional.

A gelatina é obtida do processamento dos tecidos conjuntivos de bovinos e suínos. Por isso, ela é rica em proteínas, vitaminas, minerais e carboidratos.

  Continua Depois da Publicidade  

Ainda assim, é importante tomar alguns cuidados, principalmente no que diz respeito aos açúcares adicionados para evitar altos níveis de açúcar no sangue. 

Dessa forma, é preciso evitar as versões ultra processadas que contêm aditivos alimentares e açúcares que podem prejudicar a saúde e aumentar a ingestão calórica. Além disso, a gelatina deve ser consumida com moderação. 

Como consumir gelatina na gravidez

Gelatina
Existe um tipo de gelatina mais saudável para consumir na gravidez

Para deixar a gelatina mais saudável, você pode usar uma gelatina simples sem sabor e incolor e misturá-la com um suco de frutas natural sem açúcar.

Desta forma, você terá uma sobremesa caseira sem açúcar e sem aditivos artificiais. Veja a seguir uma sugestão de preparo.

Receita de gelatina caseira sem açúcar 

Ingredientes 

  • 1 sachê de gelatina sem sabor
  • 250 mL de água quente
  • 250 mL de suco de fruta no sabor de sua preferência

Modo de preparo 

  Continua Depois da Publicidade  

Primeiramente, prepare o suco de frutas e reserve. Então, aqueça a água e dissolva a gelatina. Em seguida, adicione o suco previamente reservado e misture bem.

Por último, despeje o líquido no recipiente de sua escolha e leve para gelar por pelo menos 2 horas antes de servir.

Uma boa dica é usar uma fruta que seja bem doce como por exemplo a melancia, o melão ou a uva.

Benefícios da gelatina para a mulher grávida 

Além de fornecer nutrientes essenciais para uma gravidez saudável, incluindo aminoácidos, vitaminas e minerais, a gelatina também pode trazer os seguintes benefícios. 

Ajuda a evitar o ganho de peso

Por conter poucas calorias, a gelatina pode ajudar a prevenir o ganho de peso em excesso na gestação. Além disso, ela ajuda a saciar a fome na hora que dá vontade de comer algo doce.

Deixa a pele e o cabelo mais bonitos

Por ser rica em aminoácidos e em colágeno, a gelatina pode deixar a pele e os cabelos mais saudáveis. 

  Continua Depois da Publicidade  

De fato, esses nutrientes estimulam a regeneração celular, reduzindo o risco de estrias e manchas na pele ao longo da gestação. Além disso, a gelatina ajuda a hidratar e a fortalecer os cabelos. 

Diminui as náuseas

A gelatina pode aliviar o mal estar e as náuseas que ocorrem principalmente no início da gravidez. Por ser um alimento leve e de fácil digestão, a gelatina ajuda a reduzir sintomas como náusea e vômito.

Além disso, ela tem um efeito anti-inflamatório que ajuda a reduzir a irritação no estômago. 

Náusea na gravidez
Um dos benefícios de comer gelatina na gravidez é a diminuição das náuseas

Facilita a digestão

A gelatina pode ajudar a neutralizar o excesso de ácidos estomacais, diminuindo assim a azia e o refluxo que são desconfortos bem comuns na gravidez. 

Devido à fácil digestão, é possível que a gelatina ajude a reduzir a prisão de ventre. Aliás, um sistema digestivo mais eficiente pode melhorar a absorção de alguns nutrientes, prevenindo deficiências nutricionais.

Ajuda a hidratar o corpo

Por conter bastante água, a gelatina previne a desidratação. Além disso, ela fornece minerais importantes para a hidratação e diversas funções, como o cálcio, o fósforo e o magnésio.

Além de fazer bem, a gelatina ainda é uma opção de sobremesa saudável e refrescante. 

Fontes e referências adicionais

Você está grávida? Se sim, já teve desejo de comer gelatina e não sabia se o seu consumo era recomendado na gravidez? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário