Mulher Consegue Largar o Vício em McDonald’s e Perde Mais de 100kg

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Uma mulher que gastou mais de 60.000 libras (cerca de 250 mil reais) em oito anos alimentando seu insaciável vício por McDonald’s conseguiu abandonar o fast food para perder mais de 100 kg e se transformar em outra pessoa.

Elle Goodall, de 28 anos, de Queensland, na Austrália, era tão viciada em sua rede de fast food favorita que pedia pelo menos três grandes refeições em cada ida, fazendo com que seu peso chegasse aos 182 kg.

Seu vício era tão forte, que Goodall ficava irritada se não o saciasse, e por vezes, chegou a briga com seu marido Aaron Wilkins, de 28 anos, se ele trouxesse o seu pedido errado.

Foi somente quando seu médico a diagnosticou com diabetes tipo 2, com apenas 26 anos, que Goodall decidiu fazer a cirurgia de banda gástrica em uma última tentativa de recuperar o controle sobre seu peso e a própria saúde.

elle2

Nove meses depois de passar pela cirurgia, ela então trocou definitivamente alimentos fritos por uma dieta crua e competiu em três competições de triatlo, perdendo mais de 76 kg. Incrivelmente, ela agora pesa cerca de 69 kg.

Ela contou que a cirurgia foi o ponto de partida para a mudança mas que não teria dado tão certo se realmente não mudasse seu estilo de vida e abandonasse o fast food.

Goodall afirma: “Meu vício de McDonald’s estava completamente fora de controle. Se eu não estava comendo os alimentos fritos, eu estava pensando em comê-los. Eu facilmente comia três ofertas do Big Mac mais uma porção extra de batatas fritas de uma vez. Eu não conseguia me manter saciada o suficiente sem isso.”

“Eu sabia que era uma mulher gorda, mas eu tinha me convencido de que não estava tão mal e evitava a balança. Foi quando eu peguei uma gripe e tive de me consultar com o meu médico, que me convenceu a fazer uma série de exames de saúde.

“Eu não consegui acreditar quando a balança mostrou 181kg e meus resultados de sangue revelaram que tinha diabetes tipo 2. Soube então algo tinha que mudar.”

Foi depois de conhecer seu marido Aaron, em 2007, que Goodall começou a pegar o hábito de passar no drive thru, causando um vício que virou uma bola de neve fora de controle.

Quando ela não estava comendo o seu fast food favorito, ela muitas vezes complementava sua dieta com frangos fritos do KFC também.

Os dois casaram-se dois anos depois, e Goodall desfilou pelo corredor em um vestido de noiva tamanho 24 do Reino Unido. “Lembro-me de me sentir como uma princesa no dia do meu casamento, mas quando olhei as fotos, fiquei horrorizada. Eu estava tão gorda e sabia disso, mas em vez de tomar as medidas certas, debrucei-me na comida. Eu entrei no meu carro e fui direto para o McDonald’s mais próximo para me sentir bem”, lembrou Goodall. “Depois disso, eu parei de me pesar e vivia me negando a isso.”

Ao longo dos seis anos seguintes, o apetite de Goodall para frituras cresceu mais, e no auge do seu vício, ela costumava tomar café da manhã, almoço e jantar comendo hambúrguer.

Ela disse: “Eu nunca tive desejo por doce. Era sempre alimentos salgados. Quando eu não estava comendo, estava sempre pensando sobre quando e onde eu ia fazer minha próxima refeição… Parece loucura, mas mesmo quando eu estava comprando roupas supersize, eu não via muito problema.”

“Algumas noites, Aaron saía para comprar o nosso jantar e ficava louco se ele não trouxesse o meu pedido inteiro ou errado. Eu me tornei um monstro, sempre com fome para a minha próxima refeição.”

Depois de sua operação de banda gástrica que durou cerca de cinco horas, Goodall disse que sua vida mudou dramaticamente.

“Na primeira semana, eu perdi 10 kg e me senti tão inspirada pela primeira vez em anos… Aaron comprou uma esteira e eu comecei a me exercitar em casa. Foi a primeira vez em anos que eu me exercitava e eu não consegui correr por 30 segundos, mas mesmo assim eu estava muito determinada”, lembra Goodall.

elle3

Nove meses depois da cirurgia, ela mudou completamente seu estilo de vida, trocando o vício de McDonald’s por uma rigorosa dieta de alimentos crus para ajudar seu programa de treino diário para perder peso.

“Eu peso hoje 69 kg e estou cabendo em um tamanho 40. Para ser honesta, eu não consigo acreditar, mas a verdade é que eu perdi mais peso do que todo o meu corpo pesa hoje e estou muito orgulhosa de que tenho conseguido. Eu estarei competindo na minha quarta competição de triatlo em outubro e eu não posso esperar!”.

elle4

O antes e depois da dieta de Elle Goodall

Antes:

  • Pulava o café da manhã.
  • Almoço: KFC com 6 pedaços de frango, batatas fritas e refrigerante;
  • Jantar: 3 ofertas de Big Mac + uma porção extra de batatas fritas grandes + Sundae;
  • Lanches: Batatas fritas do McDonald’s e nuggets grandes + chocolates quentes durante o dia.

Hoje:

  • Café da manhã: Suco verde e um milho verde;
  • Almoço: 1 ovo cozido e vegetais crus;
  • Lanche: Seaweed (salada de algas);
  • Jantar: Salmão defumado e salada.

Elle-Goodall-1

Você acredita que chegaria ao ponto que essa mulher chegou com o vício em fast food? Conhece alguém com história parecida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário