O que é anabolismo e catabolismo?

Especialista da área:
atualizado em 27/10/2021

O metabolismo é o conjunto de todas as reações bioquímicas que ocorrem no organismo, sendo responsável por todas as transformações energéticas e materiais que ocorrem nas células vivas do nosso corpo. A regulação do metabolismo varia conforme as características de cada individuo como: peso, idade, sexo e as atividades físicas praticadas, tornando-o, mais rápido ou mais lento.

Com o tempo, o organismo passa a exigir menos energia para cumprir suas funções vitais, o que torna o metabolismo mais lento. A prática regular de uma atividade física é capaz de promover a aceleração do metabolismo.

  Continua Depois da Publicidade  

O metabolismo consiste em duas fases básicas e interdependentes, que são a liberação e captura de energia. A fase que consiste na desintegração de complexos orgânicos para liberar energia é conhecida como catabolismo. Já a fase que consiste em arranjar compostos orgânicos a partir de compostos mais simples, visando guardar energia, é conhecida como anabolismo.

diferenças entre catabolismo e anabolismo

Confira abaixo o que são e qual a importância dessas fases metabólicas para o nosso organismo.

O que é anabolismo?

O anabolismo também chamado de reação de síntese ou de reconstrução é o processo metabólico que consiste na formação de moléculas complexas a partir de moléculas simples, a partir do consumo de energia. 

O corpo humano, para se desenvolver e se manter, precisa recorrer a nutrientes do meio externo. Esses nutrientes são quebrados para prover energia que as células utilizam para continuar suas reações químicas no organismo.

O resultado da quebra desses nutrientes são pequenas moléculas que as células podem utilizar para construir blocos de moléculas maiores, formando assim um novo material.

  Continua Depois da Publicidade  

Para construir novas proteínas (moléculas grandes e complexas, polímeros), as células precisam de aminoácidos (moléculas simples, monômeros), os quais compõem as proteínas. As células obtêm esses aminoácidos absorvendo-os da corrente sanguínea e esse é considerado um processo anabólico, que é a construção de proteínas a partir de moléculas menores, os aminoácidos.

O anabolismo ocorre, principalmente, após a prática de exercícios físicos, uma vez que há uma reconstrução do tecido que foi danificado durante estas atividades. O ganho de massa muscular também é impulsionado por esse mecanismo. Desse modo, o organismo recebe boa quantidade de energia para realizar processos anabólicos, como o aumento dos músculos.  

Manter uma alimentação balanceada e a regularidade do sono, também são formas de ativar a fase anabólica.

Hormônios anabólicos clássicos

o que é anabolismo e catabolismo

O hormônio do crescimento (hGH), produzido na glândula pituitária, estimula a ativação do hormônio IGF-1 ou Somatomedina C pelo fígado, o que causa o crescimento. A insulina, outro hormônio anabólico, é produzida pelas células beta no pâncreas e regula o nível de açúcar no sangue.

A testosterona, hormônio masculino, causa o desenvolvimento de características sexuais masculinas, como a rigidez dos músculos e massa óssea. O estrogênio, hormônio feminino produzido nos ovários, desenvolve características femininas, como seios e outros aspectos do ciclo menstrual, por exemplo.

Benefícios do anabolismo

Para que o corpo entre no estado anabólico, além da prática de atividades físicas, é necessário o consumo de alimentos energéticos ou suplementos nutricionais que fornecem uma boa quantidade de energia para o tecido muscular.

  Continua Depois da Publicidade  

Se os seres humanos fossem capazes de manter uma taxa constante e saudável de anabolismo, todos teriam massa muscular em todas as regiões do corpo. Muitos atletas utilizam medicamentos que induzem ao efeito anabólico, promovendo uma maior absorção da energia e proteína dos alimentos para os tecidos musculares. E, como esse processo é proibido para estes profissionais, muitos deles foram pegos e penalizados no exame antidoping.

O que é catabolismo?

catabolismo

O corpo entra em processo catabólico durante funções normais do metabolismo, e esse processo consiste na quebra de alimentos e nutrientes para que tenham, mais tarde, a habilidade de construir músculos ou atuar no crescimento de outros tecidos.

Após os exercícios físicos, o organismo está sedento de nutrientes. Quando esses nutrientes não são fornecidos através da alimentação, o organismo procura esses nutrientes degradando os próprios tecidos. Por isso que muitas pessoas que fazem muita atividade física e não se alimentam bem acabam na verdade perdendo massa muscular, anulando o efeito do anabolismo pelo catabolismo.

Sabendo desse processo natural, as pessoas devem consumir alimentos altamente nutritivos em seu pós-treino. Anabolismo e catabolismo atuam juntos e de forma natural no corpo humano para manter duráveis e saudáveis os níveis de energia dos tecidos musculares.

O catabolismo abrange todas as reações em que compostos orgânicos complexos são convertidos em moléculas mais simples, e um exemplo de catabolismo é a digestão, onde os alimentos que foram consumidos são quebrados e transformados em substâncias mais simples que liberam energia através de um processo de oxidação.

O processo do catabolismo, por si só, faz com que a quebra dos compostos libere energia, a qual ajuda a manter uma atividade muscular adequada.

  Continua Depois da Publicidade  

Cuidados com o catabolismo

As reações catabólicas são consideradas destrutivas, justamente porque servem para quebrar as substâncias, liberando energia e outros nutrientes para o organismo. No entanto, caso você apresente uma taxa alta de catabolismo, este processo poderá afetar negativamente os depósitos de gordura e músculos, que passam a ser consumidos pelas reações catabólicas.

Durante o descanso, por exemplo, o corpo tende a recuperar-se e ficar em um estado anabólico. Se o corpo não descansa adequadamente por um determinado período, assim como, após uma longa série de exercícios pesados, o tecido muscular começa a se degradar.

Sem a ingestão de alimentos nutritivos, o processo natural de crescimento muscular não funcionará. Portanto, manter um estilo de vida saudável, com uma alimentação balanceada e uma prática regular de atividades físicas, é essencial para se evitar o catabolismo.

Altos níveis de estresse e desequilíbrios hormonais causam efeitos negativos na balança entre anabolismo e catabolismo.

Fontes e referências adicionais

Você acredita que o balanço entre anabolismo e catabolismo está bem regulado no seu organismo? O seu desenvolvimento muscular é adequado? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (22 votos, média 3,64)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é Personal Trainer - CREF 1859 G/SE. Formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário