O que é tireoide e quais problemas ela pode ter

Especialista da área:
atualizado em 17/11/2020

A tireoide é uma glândula com um papel muito importante na produção de hormônios e controle do metabolismo. Ela é uma parte complexa do nosso organismo e muitas coisas podem prejudicar o seu funcionamento.

  Continua Depois da Publicidade  

Portanto neste artigo vamos explicar qual é a função da tireoide e quais os problemas que podem influenciar de forma negativa o seu funcionamento.

O que é tireoide

tireoide

A tireoide é uma glândula pequena em formato de borboleta que fica na base do pescoço. Nos homens, ela fica logo abaixo do pomo de Adão. Ela é uma das várias glândulas que fazem parte do sistema endócrino, que é o responsável por regular diversas funções do nosso organismo.

Ela é responsável por produzir dois hormônios chamados de tiroxina (T4) e triiodotironina (T3), e problemas nessa produção podem causar sintomas, como:

  • Mudanças de peso;
  • Sensação de calor ou frio intenso;
  • Problemas para dormir;
  • Fadiga;
  • Alterações no humor;
  • Problemas de visão;
  • Dificuldade de concentração e problemas de memória;
  • Inchaço no pescoço ou na região da garganta;
  • Cabelos e unhas fracos;
  • Alterações no ciclo menstrual ou na fertilidade;
  • Pele ressecada;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Dores musculares.

Quais problemas a tireoide pode ter?

Quando a tireoide é afetada de alguma maneira, ela passa a produzir hormônios em uma quantidade abaixo ou acima da que é necessária para que o organismo desempenhe bem as suas funções.

As mulheres são as mais afetadas por doenças na tireoide, e chance de uma mulher ter um problema na tireoide é de 5 a 8 vezes maior do que em um homem.

Portanto, os dois problemas principais que podem prejudicar a tireoide são:

1. Hipertireoidismo

O hipertireoidismo ocorre quando a glândula tireoide produz mais hormônios do que o corpo precisa. Dessa forma, surgem sintomas de produção excessiva de hormônios pela tireoide, que causam um aumento do metabolismo, e costumam incluir:

  • Nervosismo
  • Inquietação
  • Aceleração dos batimentos cardíacos
  • Tremores
  • Ansiedade
  • Irritabilidade
  • Dificuldade para dormir
  • Fraqueza muscular
  • Perda de peso
  • Unhas e cabelos quebradiços.

É possível inibir a produção exagerada de hormônios por meio de medicamentos, através da administração de iodo ou cirurgia para remoção de parte ou da totalidade da glândula tireoide, em casos mais graves.

2. Hipotireoidismo

Aqui a produção hormonal da glândula tireoide está abaixo do necessário para manter o corpo saudável, e é um quadro mais comum que o hipertireoidismo, podendo inclusive ser congênito.

  Continua Depois da Publicidade  

Os sintomas de hipotireoidismo ocorrem por conta do metabolismo mais lento, e tendem a ser mais leves do que os de hipertireoidismo. Assim, são comumente confundidos com outros problemas de saúde.

Os principais são:

  • Hipoatividade, ou seja, a pessoa fica menos ativa;
  • Constipação;
  • Aumento de peso;
  • Problemas de memória;
  • Sensibilidade ao frio;
  • Pele seca;
  • Depressão;
  • Ritmo cardíaco lento.

O tratamento consiste na reposição hormonal em doses ajustadas cuidadosamente por um médico.

Principais causas de hipertireoidismo e hipotireoidismo

A seguir você vai saber as causas mais comuns de alterações da tireoide:

1. Problemas autoimunes

As doenças autoimunes ocorrem quando o corpo produz anticorpos que atacam os próprios órgãos, e existem dois tipos que podem atingir a tireoide:

  • Doença de Graves: Nesse caso os anticorpos estimulam a produção excessiva de hormônios, causando um quadro de hipertireoidismo;
  • Doença de Hashimoto: Já aqui, anticorpos causam a destruição da tireoide, o que leva ao hipotireoidismo.

2. Tireoidite subaguda

A tireoidite é uma inflamação na tireoide que faz com que a glândula libere mais hormônios do que deveria. Isso resulta em um tipo de hipertireoidismo temporário, e que não tem sintomas muito agudos.

3. Bócio

O bócio é um crescimento anormal da glândula tireoide, e geralmente ocorre por causa da deficiência em iodo. Alguns fatores, dentre eles o histórico familiar, gravidez, exposição à radiação e uso de certos medicamentos, podem contribuir para o desenvolvimento de bócio.

Mas, ele raramente causa sintomas, embora em alguns casos alguns sinais podem aparecer, como:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Rouquidão;
  • Tosse;
  • Dificuldade para respirar ou para engolir;
  • Inchaço no pescoço.

Atualmente o bócio por falta de iodo é raro, uma vez que sal de cozinha é enriquecido com iodo, justamente como forma de evitar este problema.

4. Nódulos na tireoide

Grande parte dos nódulos que aparecem na tireoide são benignos e não causam complicações à pessoa. Mas há a possibilidade de surgirem nódulos cancerígenos em alguns casos. Por isso, a avaliação médica é sempre necessária.

Geralmente, os nódulos não causam sintomas, mas se crescerem muito, podem causar:

  • Dor;
  • Inchaço no pescoço;
  • Dificuldades para engolir ou respirar.

E ainda existem alguns tipos de nódulos que podem causar a produção excessiva de hormônios tireoidianos e levar a sintomas semelhantes ao hipertireoidismo.

Outras causas

Algumas vezes a causa de problemas na tireoide não tem relação direta com a glândula em si, mas com outras, como a hipófise.

A hipófise é uma pequena glândula localizada no cérebro, e que é a responsável por liberar um hormônio chamado TSH, ou hormônio tireo-estimulante. Esse hormônio, por sua vez, é o que estimula a tireoide a liberar mais hormônio T4.

Assim, nesses casos, o problema na tireoide seria causado pela hipófise, que pode levar tanto a quadros de hipertireoidismo quanto de hipotireoidismo.

É possível prevenir problemas na tireoide?

O único tipo de problema da tireoide que pode ser prevenido é o bócio causado pela falta de iodo. Nos outros casos, não é possível evitar que problemas na tireoide ocorram. Assim, garantir que a ingestão de iodo está adequada pode ser uma saída para evitar o hipotireoidismo.

Mas, o diagnóstico precoce é a melhor forma de prevenir complicações, e por isso, é sempre importante realizar check-ups periódicos, principalmente quando desconfiar que algo está errado com a sua tireoide.

Veja abaixo os vídeos da nossa nutricionista falando sobre o hipotireoidismo e o hipertireoidismo.

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sabia o que é tireoide e quais problemas ela pode ter? Conhece alguém ou já foi diagnosticado com algum deles? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média 4,67)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário