O que você deve saber antes de fazer maquiagem permanente!

Especialista:
atualizado em 09/09/2020

Para as mulheres que não têm tempo de passar maquiagem, a maquiagem permanente (tatuagem cosmética ou micropigmentação) soa como uma boa ideia.

No entanto, antes de decidir fazer a maquiagem permanente, há pontos que precisamos considerar. A dermatologista cosmética Shilpi Khetarpal conversou com o centro médico acadêmico americano Cleveland Clinic sobre alguns deles.

Como a maquiagem permanente é feita?

Segundo a Cleveland Clinic, a maquiagem permanente usa uma caneta que contém óxido de ferro e tatua a pele para criar a aparência de uma maquiagem.

Essa tatuagem pode imitar um delineador ou batom, engrossar as sobrancelhas e disfarçar cicatrizes ou um contorno desigual do couro cabeludo, apontou a instituição.

Para quem é indicada?

Conforme Khetarpal, para pessoas com limitações físicas e problemas de saúde que impedem o uso da maquiagem comum. Entretanto, a maquiagem permanente pode ser feita em qualquer pessoa.

A Cleveland Clinic apontou que a técnica pode ser útil para quem tem catarata, artrite, esclerose múltipla, doença de Parkinson ou sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).

O procedimento pode ajudar a dar um up na aparência, sem trazer os desafios físicos que passar a maquiagem em si mesmo apresenta. Além disso, é uma opção para as pessoas com alergia à maquiagem tradicional.

Ela ainda pode ser uma alternativa para os pacientes que precisam restaurar a pigmentação da pele, devido a questões de saúde, completou o centro médico acadêmico americano.

No entanto, antes de fazer a maquiagem definitiva é preciso descobrir qual o seu tipo de pele e consultar o dermatologista, para saber se não há algum perigo com o procedimento.

A maquiagem é realmente permanente?

Maquiagem permanente

Conforme a dermatologista, a coisa mais importante a saber é que a maquiagem permanente é difícil de remover.

É preciso pensar levar isso em conta antes de escolher a técnica, pois há o risco de não gostar do resultado final ou de enjoar da aparência.

“Remover o pigmento da tatuagem pode ser muito difícil, dependendo da cor. É um processo longo, doloroso e caro remover a tinta – às vezes a tinta não pode ser inteiramente removida”, explicou Khetarpal.

Para quem se preocupa com a duração da maquiagem permanente, saiba que, embora não saia por completo, ela costuma desbotar. Ou seja, a maquiagem permanente poderá precisar de retoques.

Como encontrar um bom profissional?

Antes de escolher um profissional para fazer o procedimento, peça as credenciais do profissional, procure saber há quanto tempo ele atua na área e veja imagens de trabalhos anteriores.

“Certifique-se de que eles usam esterilização de qualidade médica e tinta de alta qualidade. Procure por alguém de traga resultados naturais e pergunte sobre a política de acompanhamento”, aconselhou a dermatologista.

A Cleveland Clinic também recomenda conhecer as instalações do local onde o procedimento ocorrerá para checar a higiene, além de confirmar se é necessário passar por anestesia.

Só após checar se está tudo em ordem e seguro com o profissional e o espaço onde ele atende, observar muito bem o ambiente e tirar todas as suas dúvidas é que você deve refletir se sente confiança para seguir em frente com o procedimento.

Há riscos?

Segundo a Cleveland Clinic, o uso de agulhas envolve o risco de infecção, especialmente se elas não estiverem bem esterilizadas. Além disso, alguns podem ser alérgicos a uma cor ou tipo de tinta.

Khetarpal apontou que o corpo pode reagir à tinta e formar inflamação. “Se você é propenso a elas, o processo de tatuagem pode deixar cicatrizes queloide. Uma reação pode ser bem difícil tratar, mas isso pode ser evitado com um teste atrás da orelha para ver se ocorre uma reação”, completou.

Outras possíveis complicações são: sangramento, crostas, inchaço, perda de cílios, lesão severa na pálpebra e ectrópio (pálpebra afastada do globo ocular).

Além disso, os pigmentos podem interferir com a qualidade da ressonância magnética. Raramente, a ressonância magnética pode provocar inchaço ou ardor na área da tatuagem.

Outras considerações

Quem é mais jovem e considera a maquiagem permanente precisa lembrar que os olhos, sobrancelhas e lábios, podem mudar com o os anos, alertou a Cleveland Clinic.

“Tendências de beleza mudam com o tempo. Lábios cheios e sobrancelhas grossas estão inundando as redes sociais. Mas esse pode não ser o caso em 10 anos. Comece com uma abordagem minimalista para parecer natural”, orientou Khetarpal.

A dermatologista avisou ainda que é bem difícil imitar uma sobrancelha com a tinta da tatuagem.

Fontes e Referências Adicionais:

Você tem vontade de fazer uma maquiagem permanente? Já tinha ouvido falar deste procedimento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário