Obesidade Pode Ser “Contagiosa” Entre Adolescentes, Diz Estudo – Entenda!

Adolescentes que vivem em torno de muitos amigos obesas ou com sobrepeso passam a ver esses tipos de corpo como o ideal, sugere um novo estudo publicado em 16 de março no JAMA Network Open.

Isso pode levar, como resultado, à obesidade e sobrepeso também destes adolescente, dizem os pesquisadores. Veja também: sobrepeso e obesidade – Qual é a diferença?

“As taxas mais altas de obesidade podem normalizar o peso prejudicial na adolescência e dificultar a prevenção da obesidade”, disse a pesquisadora Ashlesha Datar, do Centro de Pesquisa Econômica e Social da Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles, nos EUA.

Para o estudo, a equipe de Datar coletou dados de 401 adolescentes que participaram de um estudo de famílias do Exército dos EUA entre dezembro de 2017 e julho de 2018. Os jovens e seus pais realizaram pesquisas sobre a altura, peso e outros fatores dos adolescentes.

Os adolescentes receberam uma série de imagens de corpos humanos de tamanhos variados e foram convidados a escolher qual era o mais próximo do corpo ideal.

“Adolescentes que estavam localizados em países com taxas mais altas de obesidade tinham maior probabilidade de escolher um número que refletisse um tamanho corporal maior, em comparação com adolescentes que estavam localizados em países com taxas mais baixas de obesidade”, disse Datar.

Datar ressalta que os adolescentes do estudo foram obrigados a se mudar de uma cidade para outra com taxas de obesidade mais altas ou mais baixas devido à tarefa militar de seus pais, criando um experimento natural para ver como a exposição a comunidades obesas influencia a percepção de corpo ideal e o risco de obesidade nos filhos desses militares.

Datar disse que ainda não há certeza do que pode ser feito para compensar o ambiente em volta dos adolescentes e levá-los a idealizar tipos de corpo mais saudáveis.

“Talvez educar os adolescentes sobre peso saudável e formas de lidar com a pressão social e as regras em torno do seu corpo possa ajudar”, sugeriu.

Para uma parcela de especialistas, isso, por outro lado, pode ajudar a desestigmatizar e aliviar a carga de bullying e abuso entre os adolescentes acerca da obesidade, e estes podem se sentir mais confortáveis ​​em seu próprio corpo e menos propensos aos efeitos adversos da obesidade na auto-estima.

No entanto, vale lembrar que a obesidade é um importante fator de risco para diabetes tipo 2, fígado gorduroso e muitas doenças crônicas, que podem começar na adolescência ou antes dela. Fique atento aos sintomas da diabetes tipo 2 em seus filhos adolescentes, assim como aos sintomas de gordura no fígado.

Fontes e Referências Adicionais:

  Continua Depois da Publicidade  

Você possui filhos adolescentes e percebe que o entorno de amizades deles é de adolescentes com sobrepeso ou obesos? Preocupou-se com isso agora? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário