Por que o açúcar em excesso pode ser ainda mais prejudicial na pandemia

Especialista:
atualizado em 28/12/2020

Não há como negar que a pandemia tem feito com que nossos níveis de estresse aumentem. Em tempos como esse, é comum recorrermos aos doces como uma forma de diminuir a ansiedade. 

Da mesma forma, no final de ano, o consumo de açúcar e alimentos cheios de glicose pode ser ainda maior.

  Continua Depois da Publicidade  

No entanto, os cientistas alertam que este consumo de açúcar em excesso pode trazer ainda mais problemas devido à COVID-19.

Saiba como o excesso de açúcar pode agravar o quadro de COVID-19, entenda como evitar este problema e o que fazer quando ele aparece. Descubra, ainda, quais são os sinais de excesso de açúcar.

Açúcar, um conforto durante a pandemia

açucar

Primeiramente, os especialistas avaliam que é importante analisar por que consumimos mais alimentos com alto teor de açúcar durante períodos de estresse como a pandemia.

Teralyn Sell, psicoterapeuta e especialista em saúde cerebral, afirma que o açúcar pode levar o cérebro ao estresse.

De acordo com Sell, quando buscamos o açúcar, é para ganhar energia, mas ele aumentará o nível de açúcar no sangue e fará com que ele também caia drasticamente depois de um tempo.

Como resultado, você ficará cansado ou exausto, defende a especialista.

Nesse ponto, sua adrenalina começa a bombear para aumentar a sua energia. É quando o seu córtex pré-frontal, a parte racional, vai desligar.

Portanto, como explica a psicoterapeuta, é neste momento que você fica com fome.

  Continua Depois da Publicidade  

Do mesmo modo, o açúcar também pode afetar as emoções. Por exemplo, pode aliviar a solidão durante o distanciamento social, acrescenta ela.

Sendo assim, não é surpresa que ele seja a comida preferida de muita gente neste período.

Excesso de açúcar é ainda mais perigoso durante a pandemia

Durante a pandemia, o doce provavelmente foi um aliado para lidar com o estresse e com a pressão de uma época tão desafiadora. No entanto, os cientistas agora afirmam que o excesso de açúcar pode ser prejudicial, mais do que o normal, durante a pandemia.

Isso porque o alto nível de açúcar no sangue pode estar relacionado a outras condições como diabetes e obesidade. Estas doenças, como sabemos, são fatores de risco e podem agravar os sintomas do novo coronavírus.

Da mesma forma, os especialistas também advertem que o excesso de açúcar pode afetar seu sistema imunológico e assim suas defesas contra o vírus enfraquecem.

Adauto Versiani, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, alerta que o consumo de açúcar pode ser prejudicial a longo prazo, além, é claro, de interferir com a recuperação da COVID-19.

Excesso de peso pode agravar quadro de COVID-19

Segundo Versiani, à primeira instância, o consumo de doces pode causar ao indivíduo sensação de prazer e de alívio, combatendo o estresse. No entanto, a médio e longo prazo, os danos podem ser graves.

Primeiramente, de acordo com o endocrinologista, pode haver um quadro em que o excesso de calorias é capaz de causar obesidade e, também, de interferir no sistema imunológico

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, conforme Versiani, o excesso de peso promove a liberação de citocinas, capazes de causar um quadro de inflamação crônica.

Como a segunda fase da infecção causada pelo novo coronavírus é caracterizada por um aumento de forma massiva de citocinas, isto pode potencializar o vírus.

Alguns sintomas do excesso de açúcar no sangue

Quando você está com excesso de açúcar no sangue, deve prestar atenção em alguns sintomas. De acordo com os especialistas, quando o excesso de açúcar no sangue é persistente ou muito elevado, pode provocar:

  • Sede;
  • Aumento da vontade de urinar;
  • Muita fome;
  • Perda de peso inexplicada;
  • Cansaço;
  • Dor de cabeça;
  • Enjoo;
  • Sonolência;

Caso suspeite que está com excesso de açúcar no sangue, é importante consultar um especialista. Preste atenção nestes sintomas e mantenha-se saudável. Diminuir o consumo da açúcar pode ser uma ótima ideia durante esta pandemia.

Conheça formas de baixar o açúcar no sangue

Antes de mais nada, é importante cuidar da sua alimentação. Além disso, é importante priorizar alimentos integrais. Da mesma maneira, evite comer muitos carboidratos.

Outra dica importante para quem quer evitar o excesso de açúcar no sangue é realizar pequenas refeições ao longo dia. Comer de 3 em 3 horas, como recomendam os nutricionistas, evita picos de açúcar no sangue.

Da mesma forma, é importante não substituir refeições por doces ou frutas. Estes alimentos viram glicose e podem aumentar os níveis de açúcar no seu sangue.

Procure fazer exercícios regularmente. De acordo com os especialistas, a prática de exercícios ajuda a evitar picos de glicemia e o acúmulo de açúcar na circulação. A dica é focar nos exercícios aeróbicos que você pode fazer na segurança da sua casa.

E você? Tem cuidado do consumo de açúcar nesta pandemia? Conte para a gente nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário