7 repelentes caseiros contra pernilongos e mosquitos

Especialista da área:
atualizado em 20/06/2022

Repelentes caseiros e naturais podem ser ótimas opções para quem mora em locais onde há muitos pernilongos e mosquitos, e sofre com picadas na pele, que coçam e doem.

Diferentemente dos repelentes que compramos em mercados e farmácias, as alternativas caseiras não liberam substâncias químicas tóxicas, que podem causar mal estar em você e em sua família. 

  Continua Depois da Publicidade  

Os repelentes caseiros também são versáteis, podendo ser utilizados diretamente na pele ou no ambiente. 

Os repelentes caseiros e naturais podem prevenir picadas da espécie Aedes aegypti, o famoso mosquito da dengue que, além da dengue, pode transmitir zika, chikungunya e febre amarela. 

As formulações caseiras, no entanto, possuem um período de eficácia menor do que as comerciais, por isso é necessário trocar ou reaplicar o repelente com mais frequência, sempre que perceber a diminuição do seu efeito. 

Veja algumas receitas de repelentes caseiros para espantar mosquitos e pernilongos. 

Repelentes caseiros para o ambiente

Repelente ambiente
Os repelentes caseiros para o ambiente podem ser borrifados para espantar os mosquitos

Os repelentes caseiros e naturais podem ser posicionados em janelas e portas, por onde há entrada de ar, ou borrifados diretamente no ambiente. 

  Continua Depois da Publicidade  

Os repelentes desenvolvidos para o ambiente contam com ingredientes comuns, do dia a dia, que  você provavelmente tem na despensa de sua cozinha.

Repelente caseiro com cravo-da-índia

Um repelente caseiro e natural muito usado para repelir pernilongos e moscas é aquele que combina cravo-da-índia com limão ou laranja.  

Os cravos-da-índia contêm o óleo essencial eugenol, um repelente natural de insetos, com ação antisséptica e bactericida. Historicamente, os cravos-da-índia eram usados na confecção de doces, com o objetivo de repelir as formigas, já que não existiam embalagens capazes de proteger o alimento dos insetos. 

As frutas cítricas, como a laranja e o limão, possuem compostos voláteis em suas cascas, que têm ação repelente, pois confundem os receptores olfatórios dos mosquitos, atrapalhando a sua chegada até a superfície da pele.

Ingredientes

  • 1 fruta cítrica, que pode ser a laranja ou o limão.
  • 10 g de cravo-da-índia

Como preparar e usar

  Continua Depois da Publicidade  

Corte a laranja ou o limão ao meio e espete os cravos-da-índia na fruta. Você pode dar uma leve espremida na fruta, para que seu aroma se disperse mais no ambiente.

O cravo-da-índia também pode ser usado para afastar formigas que costumeiramente ficam no açúcar, para isso coloque alguns cravos dentro do açucareiro. 

Repelente caseiro com vinagre

Um repelente caseiro natural, útil para espantar o mosquito da dengue e outras espécies, é o vinagre, substância composta de ácido acético. 

O vinagre não mata o mosquito da dengue, nem outros insetos, por isso é fundamental que você continue cuidando da casa, para que não haja criadouros do mosquito. 

Ingredientes

  • 1 xícara de água 
  • 1 xícara de vinagre 

Como preparar e usar

  Continua Depois da Publicidade  

Coloque a água e o vinagre num recipiente e misture-os bem. O ideal é que esse recipiente seja um borrifador, para que você consiga pulverizar o líquido no ambiente, principalmente próximo a portas e janelas. 

Repelentes caseiros para o corpo

Mosquito
Existem algumas substâncias caseiras que podem ajudar a repelir os mosquitos

Os repelentes caseiros podem ser usados na pele, mas tome cuidado para não passar o produto muito próximo aos olhos e mucosas, pois pode causar irritação. 

Você pode passar o repelente em todas as partes do corpo que ficam expostas, como braços, pescoço, rosto e pernas. Após o uso do repelente, lave as mãos, para evitar o contato acidental com os olhos. 

Você também pode borrifar o repelente sobre as suas roupas, pois tecidos mais finos possibilitam o acesso do pernilongo à sua pele. 

Se você estiver grávida, consulte seu médico ou médica antes de utilizar qualquer repelente, natural ou não. Veja algumas opções de repelentes para gestantes

Outro cuidado importante é com as reações alérgicas. Mesmo sendo produtos naturais, algumas pessoas podem ter alergia a algum ingrediente, por isso é fundamental fazer um teste num pequeno local da pele, antes de usar o produto em abundância. 

Repelente caseiro com alfazema

Um repelente caseiro para o corpo muito eficiente é aquele preparado com alfazema, uma planta que, além de repelir os pernilongos e mosquitos, acalma e hidrata a pele. 

A alfazema, mais conhecida como lavanda, é famosa pelo seu perfume agradável, muito usado para perfumar a casa. Mas, para os mosquitos, o aroma da planta é bastante desagradável e, por isso, são repelidos. 

Ingredientes

Como preparar e usar

Adicione o óleo essencial de alfazema ao creme hidratante de sua preferência. Escolha um recipiente de vidro previamente limpo, para fazer e armazenar a mistura.

Aplique o creme nas partes expostas de seu corpo. Você pode reaplicar o repelente após 3 horas, que é o tempo de ação aproximado do produto. 

Repelente caseiro com erva de gato

A erva de gato, também conhecida como catnip, contém nepetalactona, que tem ação repelente contra mosquitos e pernilongos. O cheiro dessa substância pode causar euforia e hiperatividade nos felinos.

A nepetalactona é bastante eficiente como repelente de insetos, até mais do que DEET (N,N-dietil-m-toluamida), o inseticida sintético mais utilizado nos repelentes comerciais. 

Ingredientes

Como preparar e usar

Misture os dois óleos em um recipiente com spray e borrife sobre a pele, espalhando com as mãos. Lave as mãos em seguida, para evitar um contato acidental com os olhos ou mucosas. A reaplicação pode ser feita após 7 horas, que é o tempo estimado de ação desse repelente.  

Repelente caseiro com cravo-da-índia

O cravo-da-índia também pode ser usado para produzir um repelente caseiro para a pele. O princípio é o mesmo do repelente caseiro para o ambiente, que aproveita as propriedades repelentes do eugenol. 

Para preparar este repelente, é usado um álcool de cereais, um produto utilizado para a produção de cosméticos, por ser pouco agressivo à pele humana. 

Ingredientes

  • 10 g de cravo-da-índia
  • 100 mL de óleo de amêndoas 
  • 500 mL de álcool de cereais

Como preparar e usar

Para preparar este repelente, você precisará de um frasco escuro e com tampa. Se não tiver, você pode encapar um recipiente com papel alumínio, para impedir que a luz entre em contato com as substâncias dentro dele. 

Coloque o álcool nesse recipiente escuro, adicione os cravos-da-índia e tampe. Deixe os elementos reagirem por 4 dias. Durante esses dias, agite o frasco em dois momentos, de manhã e à noite. Após o quarto dia, coe o álcool e misture com o óleo de amêndoas. 

O seu repelente está pronto para uso e, para facilitar a aplicação, pode ser colocado em um recipiente com spray. Não esqueça de lavar as mãos, após aplicar e espalhar o produto na pele. Faça a reaplicação a cada 3 horas. 

Repelente caseiro de citronela

Citronela
A citronela talvez seja o repelente natural mais conhecido

A citronela é um repelente natural, muito usado até mesmo em fórmulas comerciais. Essa planta contém substâncias como o citronelal, citronelol e geraniol, que afastam os pernilongos e mosquitos. Essas substâncias também repelem besouros, formigas e traças. Conheça os outros benefícios do óleo de citronela.  

Ingredientes 

  • 1 colher de sopa de óleo de semente de girassol ou óleo de coco
  • 5 gotas de óleo essencial de citronela

Como preparar e usar

Misture os óleos em um recipiente com spray, para facilitar a aplicação sobre a pele. Espalhe o repelente com as mãos e lave-as em seguida, para não irritar os olhos ou mucosas, em um contato acidental. Você pode reaplicar o repelente a cada 2 horas. 

Repelente caseiro de óleo de eucalipto

O repelente caseiro feito com óleo de eucalipto é um bom produto caseiro para repelir mosquitos e outros insetos, pois possui uma molécula chamada mentoglicol, um composto orgânico que também é encontrado na citronela e mantém os insetos afastados. 

Ingredientes

  • 4 colheres de sopa de óleo de amêndoas 
  • 15 gotas de óleo de eucalipto 
  • ¼ de xícara de água 

Como preparar e usar

Misture os ingredientes em um frasco com spray e borrife sobre a pele, espalhando o produto com as mãos. Reaplique o repelente a cada 5 horas e não esqueça de sempre lavar as mãos após o uso, pois o contato com os olhos e mucosas pode causar irritação. 

Fontes e referências adicionais

Você já testou algum desses repelentes caseiros? Qual ou quais receitas você achou mais interessante e deseja testar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário