Buclina ou Cobavital – Qual tomar para engordar

Especialista da área:
atualizado em 02/08/2021

Contrariamente à maioria das pessoas que desejam reduzir o percentual de gordura corporal e emagrecer, há pessoas que buscam alternativas para ganhar peso. Elas têm dificuldade para engordar e, mesmo com a adoção de diversos métodos, não conseguem chegar ao peso desejado.

  Continua Depois da Publicidade  

É por isso que vamos abordar aqui o ganho de peso com a ajuda de estimulantes que podem aumentar o apetite e colaborar com aqueles que desejam engordar, como é o caso de Buclina ou Cobavital.

Apesar de ambos agirem a favor do ganho de peso, é interessante saber sobre as particularidades deles.

Buclina

caixa buclima dicloridrato de buclizina

Buclina é um medicamento composto principalmente por dicloridrato de buclizina. Este pode oferecer efeito contrário aos anorexígenos, assim estimulando o apetite. Buclina pode ser reconhecido como um anti-histamínico, grupo de medicamentos indicados por profissionais da saúde para aqueles pacientes que necessitam ou desejam engordar.

A Buclina pode ainda agir como hipoglicemiante, pois ele contribui para a redução do açúcar na corrente sanguínea, assim estimulando a sensação de fome. Diferenciando-se do Cobavital, Buclina não possui nenhuma substância anabolizante, o que pode justificar seu preço popular.

Cobavital

cobavital caixa

O Cobavital é um medicamento que se destaca devido a duas principais substâncias: A Ciproeptadina, que age para estimular o apetite, e a Cobamamida, que é considerada um tipo de anabolizante não esteroide.

O grande diferencial para a escolha entre Buclina ou Cobavital é que o último possui uma ação mais completa, pois conta com a Cobamamida, que pode favorecer o funcionamento metabólico proteico hepático, o que otimiza a síntese de moléculas no corpo de uma forma geral.

Um dos fatores que contribui para a maior adoção do consumo de Cobavital é que, por não conter anabolizantes esteroides, ele não oferece nenhum daqueles efeitos secundários indesejados, como virilização e aumento de pilificação (hirsutismo) no caso de mulheres, espermatogênese nos homens.

O Cobavital realmente possui valor superior a Buclina, mas é fundamental comparar seu preço a suplementos e outras opções de esteroides, pois dessa forma você reconhecerá que ele pode ser uma alternativa interessante e mais compatível com o seu orçamento.

Controle no ganho de peso

O uso de Buclina ou Cobavital pode oferecer resultados inesperados. Eles induzem o corpo a demandar mais alimentos, ou seja, seu apetite irá aumentar, logo, você aumentará a sua ingestão calórica. Entretanto, você poderá manter uma alimentação hipercalórica permanentemente, o que aumenta a possibilidade de ganho de peso acima do desejado.

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, reflita sobre a ingestão regular de Buclina ou Cobavital e avalie se realmente eles são uma alternativa saudável para você conquistar o peso que tanto deseja, pois futuramente você poderá desejar eliminar o peso em excesso que foi conquistado.

Resultados

O efeito do medicamento pode variar de acordo com a reação individual de cada organismo, mas em média há relatos de que a medicação combinada com uma boa alimentação e exercícios físicos podem acrescentar até 5 quilos por mês. É importante destacar a importância da adoção de hábitos de vida saudáveis.

Como tomar Buclina ou Cobavital

Os usuários normalmente são orientados a consumir os remédios utilizando as refeições como referência. É comum ingerir comprimidos em torno de 15 a 20 minutos antes das principais refeições do dia.

Musculação para o ganho de peso

musculação e ganho de peso

Os exercícios de levantamento de peso ainda são a melhor opção para você ganhar peso e manter o percentual de gordura baixo. É importantíssimo conquistar um peso saudável, ou seja, não vale a pena adquirir peso através de ganho de gordura, que pode inclusive prejudicar sua saúde futuramente.

Busque uma orientação profissional e faça um planejamento para conquistar as medidas que deseja, dessa forma, com dedicação e disciplina, você irá conquistar o peso desejado, e o melhor, sem expor sua saúde a consequências negativas.

Importância da reeducação alimentar

Α alimentação é fundamental não só na perda de peso, como também no seu ganho. Por isso, não basta apenas aumentar o consumo de carboidratos e gorduras, pois é fundamental que você saiba quais são os nutrientes contidos nos alimentos, para que assim possa definir parâmetros nutricionais para engordar de forma saudável.

Dentre as recomendações está aumentar o consumo de proteínas, pois elas podem favorecer a saúde e o desenvolvimento muscular, quando associadas a exercícios de sobrecarga (musculação) e uma dieta hipercalórica.

É importante observar que a adoção de uma alimentação rica em calorias é mais recomendada quando aliada à prática de atividades físicas, pois estas a converterão em energia e novo tecido muscular.

  Continua Depois da Publicidade  

Efeitos colaterais

Assim como os demais medicamentos, Buclina ou Cobavital podem oferecer efeitos colaterais indesejados. A sonolência pode ocorrer por conta da queda das taxas de açúcar na corrente sanguínea.

Podemos destacar como responsável por esse efeito o dicloridrato de buclizina. Sintomas de dilatação das pupilas, náuseas, alucinações, agitação, vômitos e boca seca também são comuns. Caso identifique um desses sintomas, é recomendado interromper o consumo.

Contraindicações 

Buclina e Cobavital são contraindicados para gestantes, mulheres em fase de amamentação, pessoas com problemas de retenção de líquidos, úlcera péptica e também com glaucoma. Pessoas diabéticas devem ter atenção redobrada, já que o medicamento pode reduzir os níveis de açúcar na corrente sanguínea, o que aumenta a possibilidade de ocorrência de hipoglicemia.

Eles não possuem mais contraindicações, pois são categorizados como anabolizantes sem adição de esteroides, o que muitos consumidores afirmam ser benéfico, se consumido de forma consciente.

Devemos destacar que a ingestão de Buclina ou Cobavital pode oferecer consequências à saúde, como em qualquer medicamento, mas muitas pessoas insistem no consumo desses estimulantes por estarem disponíveis nas farmácias e ser facilmente adquiridos.

Porém a recomendação é que antes se busque a orientação de um profissional de saúde, que irá prescrever o medicamento mais adequado aos seus objetivos.

Você é o tipo de pessoa que tem dificuldades para engordar? Já experimentou Buclina ou Cobavital? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (220 votos, média 4,05)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

4 comentários em “Buclina ou Cobavital – Qual tomar para engordar”

  1. sou muito magra ja tomei os dois pegei um pouco de peso eu tenho muita ansiedade tomo e logo quero engorda minha ansiedade e de mais

    Responder
    • Oi também quero tomar o cobavital mas tenho receio ! Preciso recuperar meu peso e tenho muita dificuldade de engordar .Alguém aí já tomou e pode compartilhar a experiência? Porfavor 😊 e quanto tempo tomou bju

      Responder
  2. Estou com 38 anos e 50 quilos,uma escolhiose na coluna,preciso ganhar massa muscular,já tomei cobavital por três vezes,e ligo perco td q ganhei,sou hipertensa,estou com receio de tomar remédio, o q fazer?

    Responder
  3. Olá !

    Tenho baixo peso e gostaria de tomar o buclina cobavital será que eu posso tomar alguns deles

    Responder