Sintomas e tratamento da hemorroida

Especialista da área:
atualizado em 14/04/2021

Se você não tem certeza sobre como identificar e tratar hemorroidas, confira aqui quais são os sintomas e tratamento da hemorroida.

  Continua Depois da Publicidade  

Hemorroidas são veias que incham ao redor do ânus. Elas podem ser internas ou externas, mas de qualquer jeito causam desconforto e preocupação.

Embora existam vários remédios para hemorroida, é possível tratar a condição com soluções caseiras nos casos mais simples.

Apesar disso, é fácil reconhecer os principais sinais da hemorroida para iniciar o tratamento o quanto antes.

Sintomas

hemorroida

Um dos sintomas que mais incomoda é a dor na região do ânus, mas existem outros sinais característicos da hemorroidas, como por exemplo:

Pequena bolinha no ânus

Trata-se de um inchaço que se desenvolve próximo ao ânus. Além da protuberância, é possível sentir coceira e dor.

Dor no ânus

A dor é bastante comum para quem tem hemorroidas. Algumas pessoas só sentem o desconforto ao sentar, mas outras sentem dor o tempo todo.

Dor para evacuar

Ir ao banheiro pode ser uma tortura para quem está com hemorroidas porque o esforço para evacuar pode doer.

Além disso, os movimentos intestinais se tornam mais dolorosos por causa da inflamação local.

Liberação de muco

Às vezes, ocorre a saída de uma secreção através do ânus – principalmente em casos de hemorroida interna.

  Continua Depois da Publicidade  

Coceira

A hemorroida causa muita coceira e irritação ao redor do ânus. Aliás, é importante não ceder à vontade de coçar para não ferir ainda mais a região.

Sangramento

O sangue nas fezes é o sintoma mais notável e preocupante das hemorroidas. Mesmo não sendo muito grave, é preciso consultar um médico para ter certeza que o sangue é mesmo da hemorroida ou de outro problema de saúde.

Fatores de risco

Além desses sintomas, é importante lembrar que existem fatores de risco que elevam as chances de ter hemorroida, como:

  • Gravidez;
  • Idade avançada;
  • Histórico familiar de hemorroida;
  • Obesidade;
  • Prisão de ventre ou constipação crônica.

Tratamento da hemorroida

Na maioria das vezes, é relativamente fácil tratar a hemorroidas. Aliás, alguns tipos de hemorroida nem precisam de tratamento, pois melhoram sozinhas em alguns dias.

Mesmo assim, há várias opções para oferecer alívio mais rapidamente, como por exemplo:

1. Remédios

Você pode optar por usar cremes, pomadas ou supositórios para aliviar os sintomas da hemorroida. O ideal é buscar produtos que contêm ingredientes chave para a recuperação, como por exemplo:

  • Hamamélis;
  • Hidrocortisona;
  • Lidocaína.

Eles atuam diminuindo principalmente a dor e a coceira. No entanto, cuidado com cremes corticoides como a hidrocortisona que não devem ser usados por muitos dias sem orientação médica devido ao risco de efeitos indesejados.

Além disso, seu médico pode te prescrever remédios como analgésicos e anti-inflamatórios.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Remédios caseiros

Além de esperar o seu corpo de recuperar da inflamação no ânus, é possível usar alguns remédios caseiros para aliviar o desconforto.

Banho de assento

Algumas pessoas se sentem melhor após um banho de assento. Para isso, use água morna para banhar a região do ânus por 15 minutos ou mais. De fato, isso ajuda a relaxar o músculo e a diminuir o inchaço no local.

Compressa fria

Se o inchaço estiver te incomodando, você pode optar por uma compressa fria. Isso vai ajudar a diminuir o inchaço e também a dor.

Hidratação

Beber bastante água e líquidos em geral é importante, pois isso vai ajudara hidratar as fezes e facilitar as próximas evacuações. Sem dúvidas, manter-se hidratado vai acelerar a recuperação.

3. Procedimentos ou cirurgia

Existem vários procedimentos pouco invasivos que ajudam a remover hemorroidas que não melhoram. A saber, algumas opções são:

  • Ligadura elástica: procedimento em que o médico insere 2 pequenos elásticos ao redor da hemorroida interna para interromper a circulação de sangue no loca. Com isso, ela murcha e se solta em poucos dias;
  • Escleroterapia: trata-se de uma injeção com uma substância que atua diretamente na hemorroida;
  • Coagulação: esse é um procedimento feito com laser, luz infravermelha ou calor direcionado para as hemorroidas internas que leva à coagulação do sangue. Em alguns dias, a hemorroida endurece, murcha e se desprende da região.

Em casos mais graves, uma cirurgia pode ser a única solução para remover a hemorroida.

Mais dicas

Prefira usar um papel higiênico mais macio ou até mesmo uma toalhinha ou lencinho umedecido quando for ao banheiro. Quanto menos você irritar a região, mais rápida será a recuperação.

Use roupas confortáveis e com tecido respirável. Isso também vale para a roupa íntima. De fato, vestir-se de forma confortável vai ajudar a reduzir o desconforto e a evitar a umidade no local da inflamação.

Por fim, também é importante ter uma dieta mais saudável e rica em fibras – principalmente se a sua hemorroida é decorrente de um quadro de constipação.

Se mesmo incluindo mais fibras na alimentação e bebendo bastante água, você não notar melhora, procure um médico, pois ele pode te receitar suplementos de fibras ou remédios para ajudar na digestão.

Fontes e Referências Adicionais

Você já testou algum desses tratamentos para a hemorroida? Comente então abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco é Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral - CRM 597798 RJ/ CBCD. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr. Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico-cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. Além disso é diretor médico do Instituto de Transplantes. Suas áreas de atuação principais são: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia, e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário