Chá anti-inflamatório – 10 melhores, como fazer e dicas

Especialista da área:
atualizado em 25/01/2021

O uso de chás anti-inflamatórios vem ganhando cada vez mais espaço na medicina, uma vez que eles ajudam a conter a inflamação, sem apresentar grandes efeitos colaterais.

  Continua Depois da Publicidade  

Isso ganha ainda mais importância quando percebemos que uma das maiores causas da inflamação é a obesidade, que cresce em número a cada ano.

Então, vamos conhecer os 10 melhores chás anti-inflamatórios e aprender a prepará-los, além de entender melhor o que é a inflamação.

O que é inflamação?

Inflamação aguda decorrente de um machucado
Inflamação aguda decorrente de um machucado

Embora pareça ruim, a inflamação é um processo necessário para a manutenção da saúde, uma vez que ela faz parte do combate a infecções.

Mas existem dois tipos diferentes de inflamação: 

  • A inflamação aguda, que começa rapidamente após o corpo perceber que há um invasor, seja ele vírus, bactéria, protozoário, fungo, ou mesmo algum corpo estranho, como um espinho. Normalmente esse tipo de inflamação dura poucos dias;
  • A inflamação crônica, considerada uma “falha” do sistema imune, que pode durar meses ou anos e provocar problemas como diabetes, doenças cardiovasculares, doença do fígado gorduroso e até câncer.

Quais os principais sintomas?

Os sintomas da inflamação podem variar de acordo com o seu tipo, o que significa que uma reação aguda é diferente da crônica.

1. Inflamação aguda

Existem quatro sinais principais que caracterizam a inflamação aguda, mas que nem sempre estão presentes, e são mais visíveis quando a inflamação é em algum local visível:

  • Dor no local, principalmente ao toque;
  • Vermelhidão na área afetada;
  • Inchaço, também chamado de edema;
  • Calor, ou temperatura acima da vista em outras partes do corpo.

2. Inflamação crônica

Uma inflamação considerada crônica pode ser silenciosa e não apresentar sintomas por longos períodos, mas quando eles começam a se manifestar, alguns desconfortos podem ser experimentados, e os principais incluem:

  • Aftas na boca;
  • Fadiga;
  • Dor no peito;
  • Dor abdominal;
  • Febre;
  • Erupções cutâneas;
  • Dores nas articulações.

10 melhores chás anti-inflamatórios

chá

Dizemos que um chá é anti-inflamatório quando ele possui em sua composição substâncias que ajudem a regular o sistema imunológico.

A maioria dessas substâncias também tem ação antioxidante, e os mais comuns são os polifenóis, como veremos a seguir.

  Continua Depois da Publicidade  

1. Chá reto, verde e branco

Esses chás estão entre os mais consumidos no mundo, e podem ser servidos puros ou misturados com outros ingredientes, como o leite.

Todos eles vem da planta chamada Camellia Sinensis, embora as folhas passem por processamentos diferentes:

  • Preto: Este chá anti-inflamatório é feito com folhas mais envelhecidas, o que significa que já estão mais oxidadas;
  • Verde: Este, por sua vez, é feito a partir de folhas frescas, menos oxidadas que no chá preto;
  • Branco: No caso do chá branco, a coleta das folhas é feita mais cedo do que nos outros tipos, para evitar a oxidação das mesmas.

Mas todas elas são ricas em polifenóis com forte efeito antioxidante e anti-inflamatório.

Como preparar?

O preparo dos três chás é o mesmo:

  • Ferva uma xícara de água, desligue o fogo e adicione 2 a 3 colheres de chá das folhas secas, ou um sachê.
  • Então, deixe em infusão por cerca de 5 minutos, e, caso queira, adoce com açúcar ou mel.

2. Chá de gengibre

O gengibre é utilizado para fazer um chá anti-inflamatório muito popular para aliviar os sintomas de desconforto gastrointestinal, porque ele ajuda a relaxar e acalmar esse órgão.

Mas, além disso, ele tem efeitos anti-inflamatórios capazes de reduzir a inflamação crônica.

Como preparar?

  Continua Depois da Publicidade  

  • Para preparar, você precisará de 6 fatias finas de gengibre cru e 1 ½ xícara de água;
  • Então, junte os dois ingredientes em uma chaleira e ferva por 10 minutos;
  • Por fim, retire os pedaços de gengibre e acrescente um pouco de limão e mel.

3. Chá de cúrcuma

A cúrcuma, ou açafrão-da-terra, é muito usada como um tempero. Mas ela também pode ser usada na preparação de chás, embora o seu sabor não agrade a todos.

Mas, apesar do sabor característico, seus efeitos anti-inflamatórios são surpreendentes, e se devem à presença de curcumina, que é responsável pela cor da cúrcuma.

Como preparar?

  • Ferva entre 3 e 4 xícaras de água e, quando levantar fervura, adicione 2 colheres de chá de cúrcuma;
  • Mexa bem e deixe a mistura ferver por aproximadamente 10 minutos.
  • Então, coe e adicione mel, suco de limão ou laranja espremidos na hora.

Veja também: Cúrcuma ou gengibre – comparação de benefícios e dicas

4. Chá de cereja azeda

Chá de cereja azeda

O chá de cereja azeda, que é feito a partir do suco da fruta, é frequentemente recomendado para reduzir os sintomas de inflamação e de doenças como a artrite.

Acredita-se que os compostos ácidos de cereja exercem uma atividade anti-inflamatória comparável com a do ibuprofeno e naproxeno, porém sem os efeitos colaterais significativos.

Como preparar?

  • Ferva aproximadamente ¾ de xícara de água;
  • Então, adicione metade do suco de um limão, ¼ de xícara de suco orgânico de cereja azeda e 1 colher de chá de mel;
  • Mexa bem para misturar todos os ingredientes e beba quente ou frio.

5. Chá de abacaxi

O abacaxi é uma fruta tropical muito saborosa e saudável. Além de ser rica em nutrientes e antioxidantes, ela contém compostos úteis e uma enzima chamada bromelina que ajuda combater a inflamação.

Como preparar?

Esse chá anti-inflamatório é preparado com a casca de 1 abacaxi.

  • Coloque as cascas cortadas em pedaços menores em uma panela e cubra com água;
  • Logo após a fervura, acrescente 2 paus de canela, uma fatia de gengibre e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos;
  • Então, desligue o fogo, tampe e deixe descansar por aproximadamente 20 minutos;
  • Por fim, coe e beba quente, ou leve à geladeira e sirva frio.

6. Chá de dente de leão

O dente de leão é considerado uma “erva daninha”, mas ele é comumente usado na medicina popular para tratar diversos problemas de saúde, entre eles a inflamação.

Como preparar?

  • Ferva uma xícara de chá de água e acrescente um punhado de folhas de dente de leão secas;
  • Adoce a gosto e sirva quente ou frio.

7. Chá vermelho

O chá vermelho é um chá anti-inflamatório feito com as folhas de um arbusto chamado Aspalathus linearis, cultivado na costa ocidental da África do Sul, e diferente do que muitas pessoas pensam, ele não pertence à família do chá verde.

Suas folhas são fermentadas, o que ajuda a aumentar a quantidade de antioxidantes presentes no chá, como os flavonoides.

Como preparar?

  • Ferva uma xícara de chá de água e, após levantar fervura, desligue e acrescente um punhado de folhas secas de chá vermelho;
  • Então, deixe em infusão por cerca de 5 minutos, coe e beba.

8. Chá de camomila

Ele é muito conhecido e tradicionalmente usado para o tratamento de insônia, além de ajudar a relaxar.

Mas a camomila também tem um forte efeito anti-inflamatório, e pode inclusive ser usado na forma de compressas para aliviar irritações na pele, nos olhos e mesmo na gengiva.

Como preparar?

  • Ferva uma xícara de água, e adicione uma colher de sopa das flores da camomila, ou um sachê do chá;
  • Deixe em infusão por cerca de 5 minutos e beba.

9. Chá de hibisco

O chá de hibisco normalmente é usado para auxiliar no emagrecimento. Mas saiba que ele tem propriedades anti-inflamatórias excelentes.

Como preparar?

O preparo deste chá é bem simples:

  • Ferva uma xícara de água;
  • Quando a água levantar fervura, desligue o fogo e adicione uma colher de sopa das flores de hibisco secas;
  • Então, deixe descansar por cerca de 5 minutos, coe e beba.

10. Erva-doce

Por fim temos a erva-doce, que normalmente é usada para aliviar os sintomas de problemas gástricos.

Esse efeito se deve as suas propriedades anti-inflamatórias, que ajudam a tratar os desconfortos causados, por exemplo, pela gastrite.

Como preparar?

O preparo é bem semelhante ao de outros chás já citados.

  • Ferva uma xícara de água, desligue o fogo e acrescente uma colher de sopa de erva doce;
  • Então, deixe descansar por cerca de cinco minutos e beba ainda quente.

Veja também no vídeo abaixo 10 super alimentos anti-inflamatórios e como usá-los. Se preferir continue lendo para saber mais dicas, cuidados e a lista de alimentos que causam ou que reduzem a inflamação.

Dicas e cuidados

Além dos chás anti-inflamatórios, você também pode mudar a sua alimentação para reduzir a inflamação.

Mas, se seu objetivo é melhorar a sua saúde, saiba que os chás serão apenas uma etapa do processo, e se forem combinados com uma dieta adequada, você poderá potencializar o seus resultados.

Alimentos que aumentam a inflamação:

Alimentos anti-inflamatórios que devem fazer parte da dieta:

A inflamação é muito prejudicial, e pode desencadear uma série de doenças crônicas. Se seu objetivo é tratar a condição de forma mais natural, inclua um um mais chás anti-inflamatórios na sua dieta.

Além de demonstrar resultados eficazes, eles também são versáteis e fáceis de encontrar e preparar.

Gostou das dicas?

Fontes e referências adicionais

Você já tomou algum tipo de chá anti-inflamatório para tratar alguma condição de saúde? Qual foi? Como foram os resultados? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média 3,18)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário