Tonificador muscular elétrico funciona? Emagrece?

Especialista da área:
atualizado em 08/08/2021

Um aparelho que promete tonificar os músculos do corpo de maneira mais rápida e fácil do que a prática regular de treinamentos físicos pode ser bastante atraente para quem não gosta ou acredita que não tem tempo para realizar atividades físicas.

  Continua Depois da Publicidade  

Entretanto, antes de investir neste tipo de produto é fundamental saber se ele realmente funciona, não é mesmo? Um desses aparelhos é o chamado tonificador muscular elétrico. Mas será que ele funciona mesmo para tonificar e ajudar a perder peso?

O que é o tonificador muscular elétrico?

Tonificador muscular elétrico

Trata-se de um daqueles aparelhos elétricos com finalidades estéticas que, há alguns anos, ganharam fama em diversos países do mundo, inclusive no Brasil.

A ideia por trás do uso do tonificador muscular elétrico é que seja possível trabalhar determinada região do corpo através de pulsos elétricos, onde ocorre a transmissão por eletrodos que ficam na superfície da pele.

Assim, o aparelho trabalha os músculos por meio da contração e do relaxamento involuntário deles. Os supostos benefícios do produto incluem a tonificação corporal, além do ganho de força e resistência.

O tonificador foi desenvolvido para trabalhar os mais diversos músculos do corpo humano, tal como bíceps, tríceps, pernas e abdômen. Este último grupo muscular, aliás, foi um dos grandes responsáveis pelo sucesso do aparelho.

Este aparelho funciona da seguinte maneira: o usuário aplica um gel na região corporal que deseja tonificar, coloca o aparelho, ligando-o em seguida. A partir deste momento, correntes elétricas são enviadas através da pele para provocar a contração dos músculos.

  Continua Depois da Publicidade  

E se você tem vontade de experimentar essa técnica, vale informar que o tonificador muscular é um aparelho regulamentado pela ANVISA, e o órgão inclusive já solicitou alguns testes que comprovaram a não alteração nos valores da pressão arterial e da frequência cardíaca com as estimulações elétricas do aparelho, descartando assim qualquer possibilidade de risco cardíaco a adultos saudáveis. 

E então, será que o tonificador muscular elétrico funciona realmente?

A Food and Drug Administration (FDA), órgão regulador da área de saúde dos Estados Unidos, não aprovou os tonificadores musculares elétricos para a perda de peso, para a diminuição da circunferência da cintura ou para a definição do abdômen.

Entretanto, estudos apontam que o uso regular de um tonificador muscular chamado Slendertone Bottom Toner pode melhorar a força e a resistência dos glúteos.

Conforme o Conselho Americano de Exercício, os cientistas responsáveis pelo experimento com o Slendertone recrutaram 72 mulheres com idade entre 20 a 60 anos, com índice de massa corporal entre 18 e 32 kg/m2, e que não haviam praticado qualquer exercício para a parte inferior do corpo nos 6 meses anteriores à pesquisa.

slendertone bottom toner tonificador muscular elétrico
Tonificador muscular elétrico Slendertone Bottom Toner

Durante o estudo, o equipamento foi comparado com exercícios tradicionais que trabalham tanto os glúteos como os quadris. Após 6 semanas, os exercícios tradicionais produziram um aumento de 9% na força e de 26% na resistência, enquanto o tonificador muscular trouxe uma melhoria de 15% na força e de 26% na resistência.

No entanto, o diretor executivo do Conselho Americano de Exercício não iguala os benefícios do tonificador muscular aos dos exercícios físicos regulares e alerta que durante a pesquisa, os participantes do primeiro grupo utilizaram o equipamento por 30 minutos, enquanto participantes do segundo grupo passaram apenas cinco minutos malhando. Ele destacou o seguinte:

  Continua Depois da Publicidade  

“Se os indivíduos no grupo do exercício, tivessem disponibilizado o mesmo tempo que os indivíduos do grupo do aparelho disponibilizaram utilizando o equipamento, eles provavelmente teriam excedido os benefícios.”

A instituição destacou ainda que, as pessoas citam a falta de tempo para não se exercitar, porém conseguem arrumar tempo para usar os tonificadores musculares elétricos ao longo de 30 minutos por dia. Se essas pessoas, no entanto, praticassem uma atividade física neste mesmo período de tempo, elas teriam muito mais benefícios do que o tonificador muscular elétrico pode oferecer, como melhorias na saúde em geral, diminuição do risco de doenças, redução do estresse, melhoria do humor e perda de peso.

Comparando-se os benefícios dos exercícios tradicionais com aqueles proporcionados pelos tonificadores elétricos musculares, a conclusão é que os exercícios tradicionais trazem melhores resultados não só esteticamente, mas também para a saúde como um todo.

Neste sentido, vale mencionar que a maioria dos fabricantes recomenda usar o tonificador muscular elétrico, por no mínimo, 30 minutos por dia, ao longo de pelo menos 5 dias durante a semana. Então, podemos concluir que seria muito mais saudável dedicar este tempo a um treinamento cardio e a atividades físicas que tonificam os músculos naturalmente e ainda garantem um bem-estar ao praticante.

Um outro estudo realizado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), apontou que como estes aparelhos agem somente em partes localizadas do corpo e de forma bem inferior aos exercícios convencionais, não provocam efeitos significativos e perceptíveis em relação à tonicidade dos músculos.

Isso ocorre porque quando executamos um exercício físico, direcionado a uma região do corpo, existe obviamente a intensificação do movimento de determinados grupos musculares, mas, no entanto, todo o corpo se movimenta. Quando utilizamos o tonificador, conseguimos apenas ativar aqueles músculos específicos e nada mais.

  Continua Depois da Publicidade  

No que se refere ao emagrecimento, este estudo também demonstrou que esta aparelho não tem nenhuma eficácia na redução de peso.

Portanto, se o seu objetivo é um corpo definido e tonificado como estes aparelhos prometem, será necessário muita disciplina, dedicação às atividades físicas e uma dieta balanceada.

No entanto, se você realmente acha que este produto poderá lhe ajudar de alguma forma, consulte um médico antes de adquirir o equipamento. 

Contraindicações, efeitos colaterais e cuidados com tonificador muscular elétrico

estimulador elétrico abdominal

É necessário conversar com o médico a respeito da segurança de aparelhos como, o tonificador muscular elétrico antes de comprar e começar a utilizar o equipamento. Uma vez que o profissional aprove o uso do equipamento, é importante comprar o produto que seja de uma marca registrada, confiável e de boa reputação.

Os tonificadores musculares não podem ser utilizados por mulheres que estejam grávidas, por portadores de algum estimulador cardíaco (marca-passo), por pessoas que sofram com alguma condição neuromuscular, por aqueles que tenham alguma patologia hemorrágica e por quem tenha algum dispositivo médico implantado. Além disso, o aparelho não deve ser usado na região do coração.

É possível que os tonificadores musculares elétricos provoquem efeitos colaterais como queimaduras, choques elétricos, contusões, dor e irritação na pele. Recomenda-se obedecer a todas as instruções do fabricante para prevenir lesões mais graves.

Ao experimentar qualquer uma dessas reações adversas ou ainda outros efeitos colaterais em decorrência do uso do equipamento, procure rapidamente auxílio médico, ainda que o problema não aparente ser sério.

Fontes e referências adicionais

Você já experimentou usar o tonificador muscular elétrico? Notou resultados significativos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (310 votos, média 3,82)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é Personal Trainer - CREF 1859 G/SE. Formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

11 comentários em “Tonificador muscular elétrico funciona? Emagrece?”

  1. Se eu já estiver me exercitando regularmente (há 4 meses, de 4 a 5 vezes por semana)e continuar me exercitando vou obter melhores resultados no abdômen?

    Responder
  2. Sim, já usei em uma clínica de estética, mas era para complementar a dieta e a atividade fisica, ele sozinho não faz mágica, mas percebi que fortalecia sim, deixando a pele lisinha e mais firme.

    Responder
  3. Acredito que nada funciona se a pessoa não fechar a boca o aparelho não é milagroso se a pessoa comer que nem um boi tudo é munido e regrado de uma alimentação saudável para obter resultado.

    Responder
  4. Já usei não vi resultado nenhum não tonifica nem reduz medida
    funciona muito para dores musculares aquelas tipo de ombro sentia alívio imediato já para dores tipo nervo ciático piora

    Responder
      • Estou usando a uma semana o aparelho ems da china. Inclusive vou fazer uma resenha dele no meu canal do YouTube,canal Cris Fernandes(fácil vc me achar lá sou negra e meu cabelo está preso vai lá). Faço Reeducação alimentar e exercícios cardio. Ele funciona sim.

        Responder
        • Queria saber se funciona pra recuperação de pessoas que passaram muito tempo sem fazer esforço em determinado musculo por algum motivo! Sei q pra deixar o corpo sarado é besteira!

          Responder