Tremer de Frio Emagrece Mais que Exercício Físico, Afirma Pesquisa

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Até onde você seria capaz de ir para se livrar dos indesejáveis quilinhos em excesso? Teria coragem de se expor ao frio e ficar tremendo por conta da temperatura durante 10 a 15 minutos? Parece ideia de maluco, mas de acordo com uma pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Sidney, na Austrália, a prática é tão (e até mais) eficaz quanto turnos de atividades físicas moderadas para transformar a chamada “gordura branca” – que trabalha no armazenamento de calorias – na “gordura marrom” – que atua no estímulo à eliminação dessas calorias.

Para chegar a essa conclusão, o coordenador do estudo, o endocrinologista do Instituto Garvan de Pesquisa Médica, Paul Lee, e sua equipe submeteram voluntários a temperaturas de 12º C a 18º C, até que os mesmos começassem a tremer de frio. Depois disso, amostras de sangue desses participantes foram coletadas e extraídas, com o intuito de medir os níveis dos hormônios e detectar os calafrios sentidos por eles, além de sentir a atividade muscular.

O que eles perceberam foi que essas pessoas começavam a tremer de frio quando a temperatura estava por volta de 14º C ou 16º C. Os cientistas também notaram o estímulo do hormônio irisina – que é produzido pelo músculo – e do hormônio FGF21 – produzido pela gordura marrom.

“Esses hormônios aumentaram a taxa de queima de energia das células de gordura branca humanas em laboratório, e as células de gordura tratadas começaram a emitir calor – uma característica funcional da gordura marrom”, explicou o endocrinologista Paul Lee.

Depois dessa primeira parte da pesquisa, os voluntários foram convidados a participar de um teste de exercícios físicos para comparar o que eles causam comparados aos efeitos ocasionados pelos tremores de frio. O que eles identificaram foi que uma hora de treinamentos físicos em uma bicicleta na intensidade moderada corresponde a 10 a 15 minutos de temores de frio, em relação à produção do hormônio irisina.

Isso significa que o resultado alcançado em uma hora de exercício pode ser obtido em apenas 10 a 15 minutos de tremores de frio – aproximadamente 1/6 do tempo. Esse fato também indica que sentir muito frio faz com que a gordura seja queimada em um período mais curto de tempo do que durante a prática de atividade física moderada.

A hipótese apresentada pelos responsáveis pelo estudo foi que o exercício poderia estar repetindo os calafrios que tinham acontecido no primeiro experimento, tendo em vista que ocorre a contração dos músculos nos dois procedimentos. Eles também acreditam que o estímulo do hormônio irisina no decorrer do exercício pode ter sido resultado de uma evolução do que foi observado durante a exposição ao frio extremo.

Essa descoberta é importante, tendo em vista que a gordura marrom – que nasce com o ser humano e, diferente do que acontece nos dias de hoje, já foi tida como extinta depois da primeira infância, por parte da ciência -, traz importantes benefícios para a nossa saúde: “Transformar gordura branca em gordura marrom pode proteger os animais contra a diabetes, a obesidade e gordura no fígado. Os níveis de glicose são mais baixos em humanos com mais gordura marrom”, relatou o pesquisador Paul Lee.

Entretanto, vale deixar uma importante ressalva aqui. Por mais que a pesquisa tenha realmente mostrado que tremer de frio pode ser uma forma mais rápida de perder calorias, isso não extingue o fato de que ficar exposto a temperaturas muito baixas sem a devida proteção pode causar problemas à saúde como tremedeira, hipotermia – queda da temperatura corporal para menos de 35º C –, congelamento de algumas partes do corpo e a gangrena – morte de um tecido corporal ocasionada pela falta de sangue em sua região.

Você acredita que pode realmente perder gordura somente tremendo de frio em algum lugar congelante? Submeteria-se a isso só para não ter que fazer exercícios para emagrecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 4,43 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “Tremer de Frio Emagrece Mais que Exercício Físico, Afirma Pesquisa”