Bebendo água

10 Hábitos de Pessoas que Perdem Peso e Não Ganham de Volta

A maioria das pessoas que fazem dieta recupera 50% do peso perdido no primeiro ano depois de perdê-lo. Boa parte do restante irá recuperá-lo nos três anos seguintes.

A maioria das pessoas sabe que manter um peso saudável resume-se a três coisas: alimentação saudável, comer menos e exercitar-se. Mas, na verdade, fazer isso pode ser difícil para muitos.

Tomamos mais de 200 decisões alimentares por dia, e a maioria delas parece ser automática ou habitual, o que significa que inconscientemente comemos sem reflexão, deliberação ou qualquer senso de consciência sobre o que ou quanto de comida nós selecionamos e consumimos. Muitas vezes, os comportamentos habituais superam nossas melhores intenções.

Um novo estudo descobriu que a chave para manter um peso saudável é reforçar hábitos saudáveis.

O que o novo estudo encontrou

Imagine cada vez que uma pessoa vai para casa à noite, ela come um lanche. Quando ela come o lanche pela primeira vez, um elo mental é formado entre o contexto (chegar em casa) e sua resposta a esse contexto (comer um lanche). Cada vez que ela subsequentemente lancha em resposta a chegar em casa, esse elo se fortalece, a tal ponto que chegar em casa a leva a comer um lanche automaticamente. É assim que um hábito se forma.

Novas pesquisas descobriram que as intervenções para perda de peso que são baseadas na mudança de hábito (formando novos hábitos ou quebrando velhos hábitos) podem ser eficazes para ajudar as pessoas a perder peso e mantê-lo afastado.

Foram recrutados 75 voluntários de 18-75 anos com excesso de peso ou obesidade e divididos em três grupos. Um programa promoveu a quebra de velhos hábitos, um promoveu a formação de novos hábitos e um grupo foi um controle (sem intervenção).

O grupo que quebrava os hábitos recebeu uma mensagem de texto com uma tarefa diferente para realizar todos os dias. Essas tarefas eram focadas em quebrar rotinas habituais e incluíam coisas como “uma maneira diferente de trabalhar hoje”, “ouvir um novo gênero de música” ou “escrever um conto”.

Pediu-se ao grupo formador de novos hábitos que seguisse um programa que focalizasse a formação de hábitos centrados em mudanças saudáveis no estilo de vida. O grupo foi incentivado a incorporar dez dicas saudáveis em sua rotina diária.

Ao contrário dos programas usuais de perda de peso, essas intervenções não prescreveram planos de dieta específicos ou regimes de exercícios, elas simplesmente visavam mudar pequenos hábitos diários.

Após 12 semanas, os participantes formadores de hábito e quebradores de hábito perderam uma média de 3,1 kg. Mais importante, após 12 meses sem intervenção e sem contato, eles perderam outros 2,1kg em média.

Cerca de 67% dos participantes reduziram seu peso corporal total em mais de 5%, diminuindo seu risco geral de desenvolver diabetes tipo 2 e doenças cardíacas. Além de perder peso, a maioria dos participantes também aumentou sua ingestão de frutas e verduras e melhorou sua saúde mental.

Intervenções baseadas em hábitos têm o potencial de mudar a forma como pensamos sobre o controle de peso e, mais importante, como nos comportamos.

Dez hábitos saudáveis que você deve formar

Os hábitos do grupo formador de hábitos, desenvolvidos pela Weight Concern (uma instituição beneficente do Reino Unido), foram:

1. Mantenha-se em uma rotina de refeições: coma aproximadamente às mesmas horas todos os dias. As pessoas que têm sucesso na perda de peso a longo prazo tendem a ter um ritmo regular de refeição (evitar lanches e beliscar). Um regime de dieta consistente durante a semana e o ano também prevê a manutenção subsequente da perda de peso a longo prazo.

2. Escolha gorduras saudáveis: escolha comer gorduras saudáveis de nozes, abacate e peixes em vez de fast food. As gorduras trans estão ligadas a um risco aumentado de doença cardíaca.

3. Sair do peso: procure dar 10.000 passos por dia. Suba as escadas e desça um ponto antes do ônibus para garantir que sua frequência cardíaca aumente todos os dias.

4. Prepare lanches saudáveis quando sair: troque batatas fritas e biscoitos por frutas frescas.

5. Verifique sempre os rótulos: verifique o conteúdo de gordura, açúcar e sal nos rótulos dos alimentos.

6. Tenha cuidado com as suas porções: use pratos menores, beba um copo de água e espere cinco minutos e verifique sua fome antes.

7. Diminuir o tempo sentado: diminuir o tempo que você fica sentado e aumentar a atividade está ligado a benefícios substanciais para a saúde. O tempo gasto sentado está relacionado ao excesso de peso e obesidade, independente do nível de atividade física.

8. Pense nas suas bebidas: escolha água e limite o suco de frutas a um pequeno copo por dia.

9. Concentre-se em sua comida: diminua a velocidade e coma enquanto estiver sentado à mesa, não em movimento. Sinais internos que regulam a ingestão de alimentos (sinais de fome/saciedade) podem não ser tão eficazes quando estamos distraídos.

10. Tente comer cinco porções de vegetais por dia, frescas, congeladas ou enlatadas: frutas e vegetais têm alta qualidade nutricional e baixa densidade energética. Comer a quantidade recomendada produz benefícios para a saúde, incluindo redução no risco de câncer e doença coronariana.

Você acredita que conseguiria esses hábitos para emagrecer e não ganhar o peso de volta? Quais parecem ser mais fáceis? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*