14 Dicas de Dieta Para Criança

Especialista:
atualizado em 18/12/2019

O excesso de peso não é um problema restrito aos adultos, mas que também atinge as crianças em todo o mundo. De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) do Brasil, 7,3% das crianças brasileiras com menos de cinco anos sofre com o problema. E entre os que possuem de cinco a nove anos de idade, o percentual é ainda maior: são 33,5% com quilos acima do peso ideal.

Segundo dados de 2013 da Organização Mundial da Saúde (OMS), 42 milhões de crianças em todo o mundo estão obesas ou acima do peso. Em 1990 esse número era de 32 milhões. E a expectativa para o futuro não é das mais otimistas: conforme informações da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), o número de crianças com sobrepeso e obesas pode chegar aos 75 milhões em 2025, de acordo com relatório da OMS.

Preocupante, não? Mas mesmo assim, há como buscar soluções que revertam a situação e impeçam que o problema se torne algo mais grave na vida adulta. O jeito é começar o quanto antes a tornar a alimentação dos pequenos mais saudável. Fácil não é, por isso, relacionamos algumas dicas de dieta para criança que você confere abaixo:

1. Não usar a comida como uma forma de recompensa

“Se você limpar o seu quarto, eu te dou um chocolate”. “Se você terminar a sua lição, poderá comer o pacote de salgadinhos que está no armário”. “Coma a salada que eu te dou suas balinhas”. Táticas como essa até estimulam as crianças a cumprirem as suas obrigações, mas também criam uma relação forte com as guloseimas que tanto contribuem com o aumento de peso.

É que isso associa essas comidas a algo positivo, que é a recompensa, o que pode fazer com que elas se tornem ainda mais agradáveis e desejáveis para a criança, já que são apresentadas como um prêmio por seus pais. Pior ainda se os doces forem prometidos para depois que eles comerem os vegetais e outros alimentos saudáveis, que já não são tão apreciados por eles.

Isso porque eles pensarão nos vegetais como algo ruim que eles têm que comer para chegar no que é bom, no prêmio, que são as guloseimas.

2. Dar o exemplo

Uma importante dica de dieta para criança que recai na responsabilidade dos pais é o exemplo. Não adianta querer forçar os pequenos a comerem verduras, se você não come. Não adianta dizer que eles não podem ter um doce antes de almoço, se você devora uma barra de chocolate antes da refeição. Não adianta falar que eles não podem pular o café da manhã, se você não come depois que acorda.

Uma hora ou outra eles poderão virar e dizer: “Por que eu tenho que fazer isso se você não faz?”. E aí, mesmo que eles sejam forçados a fazer algo que não querem, a mensagem de que aquilo é importante para a saúde não será transmitida da melhor maneira possível.

Crianças também aprendem por exemplo e se elas virem que seus pais têm hábitos saudáveis, provavelmente se sentirão estimuladas a copiá-los.

3. Não deixar os doces à mostra na cozinha

Se a criança vir o chocolate, o salgadinho ou as balinhas à mostra, certamente irá preferir as guloseimas do que a fruta que você oferecer no meio da tarde. Por isso, na hora de organizar o armário da sua cozinha, deixe os alimentos mais saudáveis como bananas, maçãs, iogurtes e cereais em evidência e esconda os doces e besteirinhas que devem ser consumidos moderadamente na dieta para criança.

4. Não permitir que eles pulem as refeições 

Não deixe que seu filho fique sem tomar café da manhã, almoçar, lanchar ou jantar de maneira apropriada. Pular uma refeição pode fazer com que ele coma em excesso na próxima, exagerando nas calorias e colocando-se em risco de ganhar peso.

5. Checar o cardápio da escola

Algumas escolas investem em cardápios saudáveis para as refeições que os alunos fazem no local, no entanto, nem todas são assim. Para ter certeza de como o seu filho se alimenta enquanto estuda, cheque com a direção do colégio a respeito das opções que as crianças têm.

Se verificar que elas não são saudáveis, sugira uma melhoria no cardápio ou monte você mesmo os lanches de seus filhos, com frutas, lanches e suquinhos naturais, para impedir que ele não coma direito na escola.

6. Mudar a alimentação da criança

Em alguns casos, o excesso de peso de uma criança é reflexo do que ela foi acostumada a comer durante toda a sua vida. Para resolver o problema, uma saída é adotar uma dieta para criança que faça substituições, trocando as comidas mais engordativas por opções mais saudáveis.

Claro que não é fácil dizer aos pequenos que eles não podem mais comer o que tanto gostam e estão habituados. Portanto, o processo de troca deve ser gradual e não de uma vez só. Por exemplo, em vez de oferecer um suco artificial no café da manhã, você pode dar uma batida com frutas e mel.

No lugar da macarronada com queijo no almoço, você pode preparar arroz integral, com uma carne magra e chips de vegetais. E em vez de dar pedaços de chocolate como sobremesa, você pode oferecer uma salada de frutas à criança. Faça isso de modo que os antigos alimentos sejam substituídos por itens também saborosos, que agradarão o paladar da criança.

Enfim, são várias as atitudes que podem ser tomadas aos poucos para melhorar a alimentação dos pequenos. Para ter certeza de que está fazendo a dieta para criança da maneira correta, procure a ajuda de um nutricionista.

7. Envolver os pequenos no preparo do jantar

As crianças viram a cara quando você oferece a salada? Então, na próxima vez que for preparar uma refeição, chame-as para ajudar a temperar, picar ou lavar os vegetais, sempre tomando cuidado com o uso de facas, é claro.

Assim, ao ajudar a preparar um prato, eles certamente irão querer experimentar, nem que seja um pouco, do que ajudaram a fazer.

8. Preparar molhos para os vegetais

Caso a sua dificuldade na dieta para criança esteja em relação ao consumo de frutas, legumes e verduras, prepare molhos para acompanhar esses alimentos. Você pode fazer um molho com iogurte, maionese light, mel, mostarda e queijo magro. Com isso, essas comidas tão necessárias a uma dieta para criança perder peso serão consumidas com maior facilidade e prazer pelos seus filhos.

9. Acrescentar fibras às refeições deles

Mingau de aveia, purê de batata-doce, goiaba e maçã são algumas opções de alimentos fontes de fibras que devem ser adicionados às refeições dos pequenos. Esse nutriente é importante porque além de ajudar a regular o intestino, quando combinado com a ingestão de água, também promove a sensação de saciedade, o que colabora com o controle do apetite.

10. Servir porções pequenas

Entregar um saco cheio de salgadinhos ou um pacote de bolacha para uma criança é o mesmo que incentivá-la a comer tudo aquilo de uma só vez. Para evitar que isso aconteça, o ideal é oferecer essas comidas em potinhos pequenos, com porções moderadas, e assim impedir que a ingestão de calorias vá para as alturas.

11. Ser amigo das frutas e vegetais

Como se não bastasse serem nutritivos, frutas e vegetais têm poucas calorias. Logo, elas não podem faltar no cardápio da dieta para criança que precisa perder peso. Para atrair os pequenos a consumir esse alimentos, além de acrescentar molhos e chamá-los para ajudar na preparação, você pode criar desenhos com as suas formas no prato de seus filhos, o que tornará a refeição mais divertida.

12. Reconhecer o problema

Uma pesquisa realizada na Holanda com 800 pais e mães de 439 estudantes de quatro e cinco anos de idade mostrou que 77% dos pais e 75% das mães de alunos com sobrepeso não conseguiram identificar o excesso de peso de seus filhos e em torno de metade das crianças obesas foi apontada por seus pais como donas de um peso normal. As informações são da Folha.

Isso indica a dificuldade que alguns pais podem ter de reconhecer ou aceitar que seus filhos estão acima do peso. No entanto, é fundamental que seja feito um acompanhamento de perto dos responsáveis pelas crianças para que o combate ao excesso de peso seja efetivo. Isso porque uma vez que um problema é reconhecido, fica mais fácil tomar atitudes para solucioná-lo.

13. Fazer esforços em família

Ao finalmente entender que a criança sofre com o excesso de peso, é importante reunir toda a família e pensar em soluções em conjunto para reverter o quadro. Até porque não basta obrigar o pequeno a se livrar de suas guloseimas e comer vegetais, se os irmãos andarem pela casa exibindo doces e chocolates na frente dele.

É necessário que todos queiram ajudar e incentivá-lo a se alimentar de maneira melhor. E como já mostramos acima, o exemplo é uma ótima maneira de fazer uma dieta para criança mais fácil. Além disso, a mudança para uma dieta mais saudável de toda a família poderá melhorar a saúde de todos.

14. Pedir ajuda

Se os pais não conseguirem ajudar o filho sozinhos, não é vergonha nenhuma pedir a ajuda do pediatra e de um nutricionista. Muito pelo contrário, isso é sinal de cuidado com a criança. Conversar com esses profissionais ajudará a entender melhor o que acontece no organismo do seu filho e a descobrir as melhores formas de lutar contra o problema que ele enfrenta.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Como é a alimentação dos seus filhos? Você sente dificuldades de montar uma dieta para criança que seja saudável e contenha os alimentos mais nutritivos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (35 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

26 comentários em “14 Dicas de Dieta Para Criança”

  1. Meu filho tem 10 anos e está pesando 69 kg. Já marquei endocrinologia pra ele, ele está fazendo exames e vou matriculá-lo em uma academia. Estou só esperando o médico liberar ele para começar.
    Não sei mais o que fazer para ajudar ele a comer direito, pois moramos com outras pessoas e eles não mudam a alimentação para ajudá-lo

  2. ola meu filho tem 11 anos e esta pesando 62kg preciso muito de ajuda ele nao e de comer doces porem ele adora pao arroz e feijao e nao faz atividade fisica

  3. Sou Aline
    Tenho uma filha de 12 anos.
    Começamos uma Dieta ela estava com 71kg
    Eu quase fiquei louca , agora está com 68kg ?
    Gostaria muito de trocar ideias e sugestões de alimentação , faço lanches apetitosos e saudáveis então Seria muito interessante trocar experiências .
    Bjim?

  4. Boa noite!tenho uma filha de 12 anos , começou uma Dieta faz um mês, já perdeu 5kg , mas eu gostaria de trocar ideias de lanches saudáveis , faço muitos , mas sugestões sempre são bem vindas

  5. Minha filha tem oito anos pesa 41 kilos não sei o que fazer não deixo comer doce mas ela gosta de comer comida tanto na escola e chega em casa come de novo não acompanho sua alimentação durante o dia pq trabalho chego em casa ela janta pq sua irmã já não se alimenta direito aí ela acaba jantando não sei que fazer mais …. Para ela emagrecer,,?

  6. OLÁ, Sou a Karla, e tenho um sobrinho que tem 12 anos e pesa 61,500, e sente enxaqueca. gostaria de uma dieta para ele.desde já agradeço.

  7. Ola meu filho tem 6 anos e está com 35 kilos. Oq posso fazer 0ra ajudálo a rmagrecer?…será q o judô resolve?

    • Uma atividade física como o judô e a natação pode ajudar sim, Maria. Passe a tomar mais cuidado com a alimentação dele também, conforme as dicas acima.

  8. Minha filha tem 5 anos e 8 meses e está com 21 kls, já me sinto preocupada. Ela come 3 a 4 danones por dia e 2 yakults….issso engorda?…tb come de meio à 1 pão no café da manhã e meio no cafe da tarde, não toma refrigerante, faço pouca fritura e cortei sucos em caixinha, substitui o leite ninho pelo semi desnatado e dou porçoes pequenas de chocolate no final de semana, substitui o nescau pelo ovomaltine, ela almoça e janta direitinho. Onde estou errando? come em media 2 frutas por dia.

  9. Bom dia meu nome é Mariliza gostaria de saber Tenho uma filha de 6 anos ela está acima do peso Hoje ela está com 34 kg gostaria de saber que tipo de alimentação frutas sucos para mim dar para para ela e eu tenho medo dela através desse peso que ela está mas na frente aconteceu alguma coisa com ela por exemplo doença do coração ela é muito gordinha aí eu gostaria de saber que tipo de alimentação eu poderia tá dando para ela no caso poderia para ela ta emagrecendo um pouco perdendo peso e ter uma alimentação saudável Muito obrigado gostaria da resposta.

  10. Minha filha tem 9 anos e está pesando 38 kilos eu não sei mais oque fazer pra ela perde peso fico muito preocupada pois na família do pai quase todos são bem acima do peso

  11. Olá aconselho buscar ajuda de profissional Nutricionista em sua cidade, ou de forma particular ou através do sus através de encaminhamento médico nas Unidades Básicas de saúde, que com certeza lhe orientará corretamente em sua alimentação.

  12. minha filha tem 8 anos e está pesando 52 kg,preciso de ajuda pra ajuda-la a perder peso pra sua auto estima melhorar.

  13. Minha filha tem 7 anos e está obesa com 56 kilos,estou desesperada Eu ja perdi10 kilos de tanta preocupação preciso de ajuda seu manequim é 46 me ajudem