Mais da metade dos chineses está acima do peso. Brasil também não vai bem

Especialista da área:
atualizado em 05/02/2021

Um estudo da Comissão Nacional de Saúde da China identificou que 50,7% dos chineses adultos estão acima do peso, índice que inclui as pessoas obesas. Se levarmos em contra que a população total da China é de 1,4 bilhão de habitantes, o número assusta.

  Continua Depois da Publicidade  

Os valores representam um crescimento expressivo nas taxas de excesso de peso no país nos últimos 18 anos.

No ano de 2002, 29,9% dos chineses estava acima do peso, incluindo os obesos. Já em 2012, o índice aumentou para 42%, conforme dados anteriores das autoridades chinesas.

Aliás, apenas as taxas de obesidade no país também assustam: elas mais que dobraram nos últimos 18 anos. Enquanto eram de 7,1% em 2002, em 2020 o índice saltou para 16,4%.

Mudanças na dieta dos chineses podem explicar os dados

Hambúrguer

Acredita-se que as grandes mudanças que o crescimento econômico do país provocou aos hábitos alimentares dos chineses sejam parcialmente responsáveis pelo aumento da população que está acima do peso.

Estima-se que durante as décadas de 50 e 60, 45 milhões de chineses tenham morrido de fome devido à falta de alimentos no país.

Além disso, até 1993, a população do país precisava usar vouchers (cupons) de alimentos que o governo distribuía para obter itens básicos como arroz, óleo, ovos e carne.

Entretanto, essa restrição ficou no passado. Atualmente, os chineses têm a opção de comer, em grande parte, como quiserem. Isso porque o crescimento econômico do país trouxe tanto alimentos mais nutritivos quanto comidas ricas em calorias às refeições.

No mundo e no Brasil

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade também está crescendo em todo o mundo e triplicou desde o ano de 1975.

No ano de 2016, registrou-se que 39% dos adultos no mundo (mais de 1,9 bilhão de pessoas) estavam acima do peso. Esses números incluíram mais de 650 milhões de pessoas que eram obesas. Mas o Brasil não fica atrás e nossos números também são alarmantes.

  Continua Depois da Publicidade  

Conforme a nutricionista Sophie Deram, em seu blog no UOL, 96 milhões de pessoas no Brasil ou 60,3% da população adulta tem Índice de Massa Corporal maior do que 25. Portanto, essa taxa da população se enquadra na categoria de pessoas com excesso de peso.

Os dados são da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2019, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceira com o Ministério da Saúde.

Desde 2002, a obesidade mais que dobrou no país. Outra pesquisa de 2002/2003 do IBGE tinha apontado que 9,6% dos homens e 14,5% das mulheres eram obesos. No entanto, esses valores aumentaram para 22,8% e 30,2% respectivamente.

Um problema de saúde pública

Para qualquer país, um aumento nas taxas de sobrepeso e obesidade representa um problema de saúde pública. Isso porque o excesso de peso tem relação com uma série de problemas de saúde.

Conforme o Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais dos Estados Unidos, o excesso de peso pode aumentar o risco de desenvolver diversas condições graves. Por exemplo:

  • Diabetes do tipo 2;
  • Pressão alta;
  • Doença no coração;
  • AVC;
  • Alguns tipos de câncer;
  • Apneia do sono;
  • Osteoartrite;
  • Doença hepática gordurosa;
  • Doença renal;
  • Problemas na gestação: níveis altos de glicose no sangue na gravidez, hipertensão e aumento do risco de precisar ter uma cesariana.

Como se não bastasse, cientistas alertaram que estar acima do peso aumenta o risco de complicações graves pelo novo coronavírus. Além disso, segundo a OMS, pelo menos quatro milhões de pessoas morrem todos os anos como consequência do sobrepeso ou obesidade.

Para saber se está no peso ideal, confira as dicas da nossa nutricionista no vídeo a seguir:

Fontes e Referências Adicionais

  Continua Depois da Publicidade  

Você está acima do peso? Tem buscado emagrecer? Então, conte para nós nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário