Home » Suplementos » Anabolizantes » HGH Injetável – Como Funciona e Efeitos Colaterais

HGH Injetável – Como Funciona e Efeitos Colaterais

Injeção de hormônio

O Hormônio do Crescimento Humano (HGH “Human Growth Hormone”) é um elemento central no sistema endócrino do corpo humano. Secretado pela glândula hipófise, localizada na base do cérebro, o HGH regula uma série de funções corporais e a sua regularidade é de alta importância para um desenvolvimento físico adequado.

  Continua Depois da Publicidade  

Em virtude de suas funções importantes, muitas pessoas procurar aumentar os seus níveis através de aplicações do HGH injetável. Essa prática, que é eficaz para pessoas que possuem problemas na síntese natural do HGH, não tem, porém, eficácia garantida em pessoas saudáveis. Além disso, o uso indevido do HGH provoca sérios riscos à saúde, além de ser ilegal.

Funções do HGH

A função primária do HGH é estimular o crescimento do corpo durante a infância e a adolescência. Dessa forma, o hormônio atinge seu pico durante a puberdade. Depois disso, os níveis de HGH se mostram decrescentes, de modo mais intenso após dos 30 anos de idade.

O controle das funções metabólicas também é um papel importante desempenhado pelo HGH. A presença desse hormônio induz a retenção de cálcio e a mineralização dos ossos, bem como o crescimento de vários órgãos e da massa muscular em geral, estimulando a síntese de proteínas.

Além de estimular o sistema imunológico, o HGH ainda promove o transporte da gordura armazenada para a corrente sanguínea a fim de queimá-la para a obtenção de energia. Dessa forma, o HGH contribui para a redução nos níveis de gordura corporal, preservando a massa magra.

  Continua Depois da Publicidade  

Usos do HGH Injetável

O HGH injetável é utilizado para vários fins, todos relacionados a efeitos desejáveis provocados pelos níveis corretos desse hormônio.

Em primeiro lugar e de modo mais significativo, o HGH injetável é utilizado no tratamento de distúrbios no desenvolvimento de crianças e adolescentes. Muitos indivíduos possuem, nessa idade, níveis insuficientes desse hormônio, de modo que a reposição se faz necessária para garantir um correto desenvolvimento do corpo.

Outros usos voltam-se também para adultos, como tratamento para uma série de fenômenos que podem provocar níveis patologicamente baixos de HGH, como por exemplo tumores na glândula hipófise ou graves doenças como a AIDS.

Além desses casos comuns, o HGH também é utilizado por um grande número de pessoas que acreditam nos benefícios de níveis especialmente elevados desse hormônio. Muitas pessoas idosas ou de meia-idade, por exemplo, acreditam que esse hormônio desempenha um papel rejuvenescedor. Outros acreditam que as influências metabólicas do HGH injetável podem auxiliar na perda de peso.

Mas, acima de tudo, o uso de HGH injetável é encontrado entre atletas fisiculturistas, que procuram aumentar enormemente sua síntese proteica através de injeções de HGH. Dessa forma, o HGH é utilizado muitas vezes como substituto dos suplementos anabolizantes, uma vez que o efeito desse hormônio é semelhante àquelas substâncias ilegais facilmente detectáveis em exames anti-doping.

HGH Injetável Funciona?

O HGH injetável mostra-se especialmente eficaz no tratamento das pessoas que possuem deficiência na produção natural desse hormônio. Sobretudo em crianças e adolescentes, o hormônio funciona bem se cuidadosamente aplicado, levando ao desenvolvimento correto do corpo sem efeitos colaterais significativos.

  Continua Depois da Publicidade  

Para pessoas cuja produção natural de HGH é absolutamente normal e saudável, porém, a eficácia das injeções de HGH mostram-se duvidosas.

A esperança de que o HGH auxilie na perda de peso é, por exemplo, muito provavelmente equivocada: o estudo no qual esse efeito foi indicado, publicado em 1990 no New England Journal of Medicine, teve o seu uso indevido denunciado pela própria revista, que deixa claro que estudos posteriores indicam que a perda de peso obtida por pessoas com níveis normais de HGH não é significativa.

A base para a crença nos efeitos rejuvenescedores é uma analogia simples: como o HGH diminui com o passar dos anos, mantê-lo elevado deveria ter efeitos opostos ao envelhecimento. A analogia pode até ser tentadora, mas a confirmação científica de que o hormônio funciona dessa forma jamais foi obtida.

  Continua Depois da Publicidade  

O uso de HGH por fisiculturistas é, porém, mais difícil de avaliar. Os efeitos anabólicos do HGH são significativos, de modo que há motivos suficientes para acreditar que a sua forma injetável seja de alguma ajuda na hipertrofia muscular.

Entretanto, a eficácia de níveis anormalmente altos de HGH na performance de um fisiculturista permanece duvidosa, com resultados contraditórios em diversos estudos e observações informais. Acima de tudo, é possível que os efeitos só sejam perceptíveis através de níveis patologicamente altos do hormônio, de modo que os riscos oferecidos pelos efeitos colaterais são enormes.

Efeitos Colaterais do HGH Injetável

Os efeitos colaterais provenientes de doses indevidamente elevadas de HGH são muitos. Verifica-se frequentemente dores musculares, nos nervos e nas juntas. O inchaço do corpo também é encontrado, como resultado do acúmulo de líquidos – o que pode levar à formação de perigosos edemas. Formigamento e perda de sensibilidade na pele são encontrados como resultado de danos no sistema nervoso.

Os benefícios metabólicos do HGH cobram seu preço, muitas vezes, aumentando intensamente os níveis de colesterol.

Além disso, existem dois riscos extremamente preocupantes: em primeiro lugar, o desenvolvimento de sérias doenças, como diversos tipos de câncer e diabetes.; em segundo lugar, a atrofia da própria hipófise, que deixa de produzir o HGH necessário – tornando o paciente dependente das injeções de HGH para o resto da sua vida, ficando sujeito aos transtornos e aos altos custos, bem como, é claro, aos efeitos colaterais.

Problemas Legais no uso de HGH Injetável

O uso de HGH injetável para além do tratamento de problemas relacionados a níveis patologicamente baixos de produção natural desse hormônio é, no Brasil, ilegal. A compra e a venda de HGH injetável sem receita médica é proibida, de modo que recomenda-se que todos os interessados em obter a forma injetável do HGH consultem um médico de confiança.

Cuidados Necessários no uso de HGH Injetável

O HGH injetável é um produto que pode ser muito perigoso por uma série de fatores.

Os cuidados mais elementares iniciam-se com a limitação do uso às doses recomendadas por um médico, mas se estendem até o acompanhamento médico frequente e permanente dos efeitos obtidos.

Também é de extrema importância que a fonte do HGH seja absolutamente confiável. Como o produto é bastante caro, não é difícil encontrar versões fraudulentas, que não só não são eficazes, como provocam sérios riscos para além dos efeitos colaterais.

As formas fraudulentas são encontradas entre aqueles que vendem o produto de forma ilegal, isto é, sem receita – o que é mais um motivo para priorizar a segurança e a legalidade do uso do HGH injetável.

Você conhece alguém que tenha feito uso de HGH injetável de forma ilegal, ou com intuitos que ainda não foram comprovados cientificamente, como os citados acima? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (65 votos, média: 3,91 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

25 comentários

  1. maria socorro da silva

    ola meu filho tem 1,32 e 13 anos sera que deve tomar ?

  2. Alguem sabe onde posso comprar o hgh?

  3. Minha filha tem nove anos,de sete pra oito anos ela esteve com o colesterol bem alto,o q desregulou os hormônios e começou a apresentar glândulas mamárias, já com oito. Foram feitos exames e ela tomou uma injeção q atrás a puberdade, a menstruação, logo em seguida fez o exame pra ver o nível dos hormônios e o médico disse q era pra retornamos no proximo ano mas acabou q não consegui ir na consulta.
    Aí este início de ano corri atrás pelo sus fiz os exames e ela está com idade óssea já de 12 anos e ela tem nove ,aí a médica disse q não adiantava mais tomar a injeção pra atrasar a menstruação porque poderia atrapalhar o crescimento, só q ela pode menstruar daqui a seis meses e aí mesmo é q atrapalha o crescimento, além de ser muito novinha pra menstruar né.
    Queria outra opinião

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*