Remédio para crescer funciona? 12 mais usados

Especialista da área:
atualizado em 09/09/2021

Existem diversos fatores que influenciam nossa estatura durante a vida, como a genética, gênero, nutrição, idade, atividade física e condições de saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Os homens costumam ser em média 13 centímetros mais alto do que as mulheres, e à medida que vão envelhecendo os indivíduos costumam “encolher” em decorrência do encurtamento dos músculos e ossos.

No entanto, algumas pessoas sonham ser um pouco mais altas e se você é uma delas, provavelmente já procurou saber tudo sobre os métodos para aumentar a estatura. Atualmente, existem até alguns tipos de remédio para crescer mesmo depois de adulto. Mas será que isso realmente funciona? Veja a seguir os 12 remédios mais recomendados para quem deseja aumentar alguns centímetros.

Fatores que influenciam a estatura

pessoa baixa e pessoa alta

A altura de cada pessoa depende dos fatores abaixo:

Genética

A herança genética é o principal fator que define a altura de uma pessoa. Mesmo que ela tenha recebido todos os cuidados que o corpo precisa para crescer bem, depois que a placa epifisária (ou placa do crescimento) do indivíduo estiver consolidada, o que geralmente ocorre por volta dos 14 aos 18 anos anos, encerra-se o crescimento.

Estudos indicam que a hereditariedade tem o maior impacto na estatura de uma criança. Isso significa que se você tem pais altos, é provável que você também seja alto.

Porém, se você ainda estiver em fase de crescimento, ter uma boa alimentação e um estilo de vida saudável podem ajudar.

Gênero

O gênero é o segundo fator biológico mais importante na determinação da altura. Normalmente, os homens tendem a ser mais altos do que as mulheres devido à sua anatomia específica.

Nutrição

A nutrição também afeta o crescimento. Uma criança mal nutrida pode crescer menos do que uma que tem acesso a alimentos de qualidade repletos de vitaminas e minerais. Estudos sugerem que crianças com uma dieta rica em cálcio e proteínas podem ter um maior potencial de crescimento do que outras que têm uma dieta pobre nesses nutrientes.

Condições de saúde

Algumas condições de saúde pré-existentes também podem impactar na estatura. Uma criança diagnosticada com gigantismo, artrite, nanismo, doença celíaca, câncer, síndrome de Down, problemas na glândula tireoide, síndrome de Turner ou síndrome de Marfan podem apresentar distúrbios de crescimento.

  Continua Depois da Publicidade  

Assim, uma criança com gigantismo pode crescer mais do que outras crianças da mesma faixa etária, enquanto que uma criança que sofre de nanismo ou artrite pode ter dificuldade para crescer. Quanto mais cedo for diagnosticado, é possível intervir com tratamento hormonal para permitir que essas crianças se desenvolvam de acordo com outras da mesma idade.

Nível de atividade física

A prática de exercícios físicos também influencia o crescimento de uma criança. Isso porque a atividade física promove a liberação do hormônio do crescimento, que permite que os ossos se desenvolvam e cresçam.

A atividade física garante o aumento da capacidade cardiorrespiratória e a distribuição do oxigênio pelo corpo, além de evitar a obesidade, que prejudica o desenvolvimento.

Os médicos não recomendam musculação antes da puberdade. É importante esperar até essa fase para ter certeza de que o crescimento chegou ao fim. Além disso, crianças e adolescentes têm mais risco ósseo e articular em atividades de alto impacto.

Idade

Por fim, a idade também influencia na altura. Existe um limite de tempo em que as chamadas “placas de crescimento” ficam abertas. Uma vez que elas se fecham, uma pessoa não cresce mais ao longo da vida.

Para mulheres, essas placas geralmente se fecham entre os 14 e os 15 anos, enquanto que nos homens costumam fechar por volta dos 16. No entanto, algumas pessoas crescem até os 18-20 anos de idade, mas dificilmente ficam mais altas depois disso.

Remédio para crescer altura funciona?

Não existe nenhuma evidência científica ou clínica de que é possível crescer após a puberdade. Nem cremes, nem suplementos, nem exercícios são capazes de promover milagres na sua estatura.

Mesmo mantendo uma boa alimentação e praticando exercícios físicos, após os 18-20 anos dificilmente você crescerá alguns centímetros. O que há são truques que podem fazer você parecer um pouco mais alto do que realmente é e evitar o fenômeno de “encolhimento” com o passar dos anos.

  Continua Depois da Publicidade  

Explicação científica do motivo de não crescermos após certa idade

menina medindo a altura

Segundo o guia Nelson Textbook of Pediatrics, o crescimento para no fim da puberdade, que termina aos 18 anos de idade para as mulheres e aos 20 anos de idade para os homens, aproximadamente. Os estágios finais do processo de crescimento acontecem nas epífises, chamadas também de placas epifisárias ou placas de crescimento, que ficam localizadas ao final dos ossos longos dos nossos braços e pernas.

As placas epifisárias são locais onde ocorre o crescimento dos ossos longos do nosso corpo. Ao fim da puberdade, essas placas são seladas e param de crescer.

É cientificamente impossível crescer após os 30 anos de idade, por exemplo. Além disso, se um remédio para crescer altura for usado por adultos em que as placas epifisárias já foram fechadas, eles não vão crescer de tamanho, mas podem sofrer anomalias em que os ossos do crânio, das palmas das mãos e dos pés aumentam desproporcionalmente de tamanho.

Grande parte dos especialistas da medicina concordam que, uma vez que essas placas se fecham, o crescimento não é mais possível e apesar das alegações de empresas que produzem produtos para crescer, não há nenhuma evidência médica de que isso é possível e a Food and Drug Administration (órgão de saúde dos Estados Unidos que regulamenta alimentos, fármacos e suplementos) não aprova o uso de suplementos que fazem crescer.

Apenas o hormônio do crescimento humano é aprovado pela Food and Drug Administration para uso em crianças que apresentam crescimento anormal. Ainda assim, ele só é eficaz em crianças e adolescentes que ainda não atingiram a puberdade.

O hormônio do crescimento humano é naturalmente liberado pela nossa glândula pituitária e é o grande responsável pelo crescimento dos nossos ossos e pelo desenvolvimento corporal e metabolismo.

Existem terapias que indicam suplementos sintéticos compostos por hormônio do crescimento humano para promover o crescimento, mas geralmente esse tratamento só é indicado em casos restritos em que o desenvolvimento normal da estatura é prejudicado e apenas sob supervisão médica.

Isso porque o uso de hormônio de crescimento sintético pode causar anomalias e fazer a criança crescer demais. Assim, esse tipo de terapia deve ser feito com muita cautela e apenas com acompanhamento médico frequente.

Por fim, esses tratamentos costumam ser caros, já que o custo de produção do hormônio de crescimento é alto, o que é mais um indício de que suplementos e remédios vendidos para crescer com preços acessíveis não devem funcionar.

Formas naturais de parecer mais alto

Apesar de existiram algumas opções de remédio para aumentar a estatura, elas não funcionam de forma significativa. Existem, no entanto, algumas formas de parecer um pouco mais alto sem precisar usar salto alto ou outro truque parecido. Preste atenção nas dicas seguintes:

1. Manter a boa postura

Manter uma postura adequada durante atividades rotineiras é importante para parecer mais alto. Além disso, uma boa postura evita dores nas costas e até mesmo dores de cabeça.

Você pode melhorar a sua postura, seguindo as seguintes posições corporais:

  • Manter os ombros para trás alinhados ao resto do corpo, contrair levemente o abdômen para trás e manter a cabeça alinhada com as costas.
  • Se estiver em pé, tente manter os pés afastados na mesma largura dos ombros e deixe os joelhos semiflexionados.
  • Se estiver sentado, mantenha os pés no chão paralelamente às coxas, evite cruzar as pernas, deixe os ombros relaxados e, se possível, apoie as costas em um encosto ou em uma almofada.

2. Fortalecer os músculos do core

Alguns exercícios simples ajudam a fortalecer o centro do corpo, chamado de core. A prancha é o exercício mais eficaz para fortalecer a região do abdômen e da coluna vertebral.

Além da prancha, outros exercícios que podem ajudar no fortalecimento do core, como a posição de super-homem, em que se deita de barriga voltada para o chão enquanto o resto do corpo é elevado do chão, e exercícios abdominais.

Fazer esse tipo de exercício de estabilização do core ajuda a sustentar a coluna e melhorar a postura geral.

3. Evitar a perda de altura com a idade.

É comum termos a sensação de que, ao ficar mais velhas, as pessoas começam a “encolher”. E isso é verdade. Conforme envelhecemos, podemos ficar curvados devido à falta de alongamento, devido a problemas de saúde como a osteoporose ou a compressão da coluna vertebral.

Para evitar a perda de alguns centímetros com o passar dos anos, é importante manter uma alimentação saudável com alimentos nutritivos e que contenham bastante cálcio, realizar exercícios físicos de sustentação do corpo com regularidade, se manter hidratado, dormir bem e evitar maus hábitos como fumar.

4. Alongar

Quando dormimos, a coluna vertebral se estica completamente. No entanto, quando acordamos e começamos nossas atividades diárias, a coluna naturalmente tende a se comprimir devido ao peso do nosso corpo. Isso pode fazer com que você fique um pouco mais baixo do que realmente é.

Por isso é tão importante manter a boa postura durante o dia e realizar exercícios de alongamento. É indicado alongar por pelo menos 15 minutos todos os dias.

Dicas para adolescentes

Alimentar-se bem

A dieta equilibrada e saudável tem papel fundamental no crescimento. É importante que durante a etapa de crescimento você forneça nutrientes para o corpo. Assim, tenha uma dieta que contenha quantidades adequadas de frutas, legumes, proteínas e carboidratos. Alimentar-se de forma saudável ajuda a produzir hormônios de crescimento e melhorar o metabolismo geral do corpo.

Dormir bem

Quando dormimos, a glândula pituitária está mais ativa. Isso significa que o hormônio do crescimento é liberado enquanto dormimos. Deste modo, é essencial dormir bem e pelo tempo indicado para a sua faixa etária, para crescer o máximo possível.

Preste atenção também na postura adotada para dormir. Deitar de costas na cama com o corpo esticado e com os joelhos um pouco elevados com o auxílio de um travesseiro ajuda a fortalecer a coluna e promover um melhor crescimento dos ossos.

Exercitar-se regularmente

A prática de exercícios físicos também influencia a função da glândula pituitária. É importante estar ativo fisicamente para que a glândula produza mais hormônios de crescimento, garantindo um bom desenvolvimento da estatura.

Evitar o consumo de álcool e tabaco

Hábitos ruins como consumir bebidas alcoólicas e fumar cigarro durante a adolescência prejudicam o funcionamento natural do organismo e também podem afetar o crescimento. Isso porque o hábito de fumar, por exemplo, reduz o fluxo sanguíneo prejudicando a chegada de nutrientes em vários tecidos no nosso corpo. Assim, o ideal é ficar longe das bebidas e do cigarro.

Tipos de remédio para crescer altura mais usados

remédios

Se mesmo sabendo que os suplementos e remédios para crescer não funcionam para adultos, você ainda queira experimentar os produtos disponíveis no mercado, separamos uma lista com os mais usados.

A maioria dos produtos listados abaixo são produzidos nos EUA e podem ser comprados pela internet sem prescrição médica.

1. Cherifer

Cherifer é um xarope vendido com o propósito de aumentar a estatura. Ele contém nutrientes que prometem aumentar a imunidade e fornecer nucleotídeos que promovem o crescimento. Os componentes do xarope incluem vitamina A, vitaminas do complexo B, zinco, taurina além do fator de crescimento Chlorella.

O fabricante sugere tomar 1 colher de sopa do xarope Cherifer por dia. Além do xarope, também existe a versão em cápsulas.

2. Sarvari Grow

Sarvari Grow é um xarope à base de plantas que promete aumentar a estatura de forma gradual e permanente. O fabricante afirma que o remédio não causa efeitos colaterais. A indicação é tomar de 1 a 2 colheres de sopa de xarope por dia.

3. ViMulti

ViMulti é mais um suplemento para adultos que promete fazer os ossos crescerem devido à presença de cálcio, vitamina D e outros nutrientes. O fabricante sugere o uso de 3 comprimidos por dia, que devem ser tomados junto com as refeições.

No entanto, não há estudos que comprovem sua eficácia, uma vez que restou, cientificamente comprovado, que não é possível aumentar a altura durante a vida adulta.

4. Ultra Bone-Up

O Ultra Bone-Up contém nutrientes como cálcio, vitamina C, vitamina K, vitamina D, potássio, boro, manganês, cobre, zinco e magnésio e é usado para aumentar a densidade óssea e ajudar a crescer. Esse suplemento promete reduzir a chance de desenvolver osteoporose com o passar dos anos e fortalece a matriz óssea, além de otimizar a saúde cardiovascular.

É indicado ingerir 2 cápsulas do suplemento com cada refeição sem ultrapassar o limite de 6 cápsulas diárias.

5. Ashwaleon Ayurvédico

Esse xarope contém a erva Ashwagandha em sua composição. Há indícios de que essa planta contém compostos que promovem o crescimento ósseo em crianças e adultos. Além disso, a planta também apresenta quantidades significativas de cálcio e estimula o sistema imunológico. O fabricante indica o uso de 1 a 2 colheres de sopa de xarope por dia para crianças entre 12 a 18 anos de idade.

6. Cápsulas Hi Power Height Increase

As cápsulas Hi Power Height Increase prometem acelerar o processo natural de crescimento através de conteúdo 100% natural. Segundo a empresa que fabrica o produto, as ervas que compõem as cápsulas promovem o crescimento ósseo e fornecem aminoácidos que ajudam a glândula pituitária a funcionar melhor.

Ainda de acordo com o fabricante, a pílula é capaz de fortalecer o sistema nervoso, reduzir o acúmulo de gordura e retardar o processo natural de envelhecimento. É indicado tomar de 1 a 2 cápsulas ao dia.

7. Cápsulas Peak Height

Desenvolvidas por um médico americano, as cápsulas Peak Height contêm um mix de vitaminas, minerais e proteínas que promovem o crescimento dos ossos. Este remédio para crescer é recomendado para crianças e adolescentes entre 11 e 22 anos e não funciona para quem já passou pela puberdade. É recomendado tomar 3 comprimidos ao dia junto com as refeições principais.

Adolescentes que não estão satisfeitos com seu padrão natural de crescimento costumam procurar esse tipo de cápsula para maximizar o crescimento. Além disso, há relatos de que o uso das cápsulas Peak Height fornecem energia extra para o dia devido ao alto teor de nutrientes que incluem cálcio, L-arginina, L-ornitina, zinco, vitamina C, vitamina D, vitamina E, vitamina B6 e vitamina B12 e não apresentam efeitos colaterais.

O laboratório responsável pela fabricação do produto é certificado pela Food and Drug Administration e o custo é elevado, o que podem ser indícios de que as cápsulas realmente podem estimular o crescimento em adolescentes.

8. Cápsulas Ayurvédicas

Essas cápsulas são produzidas a partir de ingredientes naturais típicos usados na medicina ayurvédica como o kasu, a ashwagandha é o baval, por exemplo. De acordo com o fabricante, o produto estimula a liberação do hormônio do crescimento humano em pessoas com até 22 anos de idade.

A recomendação é usar 1 cápsula até duas vezes ao dia meia hora após as refeições para crianças entre 9 e 14 anos de idade e 2 cápsulas até duas vezes ao dia também após as refeições para adolescentes entre 15 e 22 anos.

As cápsulas ayurvédicas são fabricadas por várias empresas. Os mais famosos são as marcas Hightop, Lamboo e Speed Height.

9. Incremin ou Centrum kids

O Incremin, conhecido também como Centrum kids, é um complexo vitamínico indicado para aumentar a estatura de crianças e jovens adultos. Ele contém várias vitaminas do complexo B, além do aminoácido lisina e ferro.

Sua composição ajuda a estimular o apetite, melhorar o metabolismo e promover o crescimento dos ossos.

10. Growth Factor Plus

Segundo o fabricante, o Growth Factor Plus é um suplemento feito para adultos. Ele contém nutrientes que prometem maximizar o comprimento das cartilagens presentes na espinha e em outros ossos do corpo. Além disso, o produto estimula os osteoblastos e os osteoclastos para aumentar o tamanho dos ossos. O fabricante recomenda tomar 2 comprimidos por dia junto com as refeições.

Devido à presença de nutrientes como L-arginina, L-lisina, L-ornitina, L-glicina, L-tirosina, L-glutamina, colina e proteínas, as cápsulas podem até fortalecer as estruturas ósseas, mas de acordo com o que já foi abordado acima, o produto dificilmente será eficaz para aumentar a altura em adultos.

11. Pure Height Plus

O Pure Height Plus é um suplemento formulado para adolescentes que, além de alongar os ossos, pode fortalecer e aumentar a densidade óssea, o que reduz as chances de desenvolver osteoporose e osteoartrite no futuro. Os nutrientes encontrados no produto são cálcio, vitamina D, L-glutamina, vitamina K, L-arginina, L-lisina, L-glicina, L-tirosina, L-ornitina, colina e estrôncio.

O fabricante aprovado pelo Food and Drug Administration indica o consumo de 1 cápsula por dia com alguma refeição.

12. Vitamina Code Grow Bone

A vitamina Code Grow Bone é composta por uma cápsula que contém cálcio, magnésio, vitamina K, vitamina D e outros nutrientes, além de outra cápsula que contém o fator de crescimento S. O produto promete estimular o crescimento ósseo e aumentar a resistência dos ossos.

O fabricante indica o uso de 2 cápsulas contendo cálcio no café da manhã e mais 2 no almoço e 3 cápsulas do fator de crescimento à noite com o estômago vazio.

Outros suplementos para crescer

Suplementos vitaminícos

Sulfato de glucosamina

O sulfato de glucosamina é um suplemento que ajuda a manter a saúde das articulações, cartilagens e ligamentos que dão suporte à matriz óssea. Seu principal componente é o enxofre. O suplemento também contém potássio, que ajuda a fortalecer os ossos e manter a saúde do coração, além de magnésio e ácido esteárico. O uso mais comum é de 2 cápsulas por dia.

Pó de raiz de ashwagandha

A Ashwagandha ajuda a estimular os fatores de crescimento no organismo e a fortalecer a saúde óssea. Além disso, a erva parece prevenir a perda óssea e doenças como a osteoporose. O uso recomendado é de 2 cápsulas ao dia junto com uma refeição.

A planta também parece ajudar a relaxar, a fortalecer o sistema imune e aumentar a sensação de vitalidade e de energia.

L-Arginina

Trata-se de um aminoácido que estimula o corpo a liberar hormônios do crescimento. Ele é um aminoácido essencial que o corpo não é capaz de produzir sozinho, sendo essencial sua ingestão através da dieta alimentar.

A L-arginina também ajuda a aumentar os níveis de óxido nítrico no organismo, o que consequentemente melhora o fluxo sanguíneo e fornece nutrientes e oxigênio para o corpo todo, fortalecendo o sistema imune. É recomendado tomar 2 cápsulas por dia junto com uma refeição.

HGF Max

O suplemento HGF Max também ajuda a aumentar os níveis de hormônios de crescimento no organismo estimulando o aumento da estatura. Ele é composto por aminoácidos como a L-lisina e a L-glutamina, que assim como a L-arginina, estimulam a secreção de hormônios de crescimento naturais.

Como bônus, esse suplemento parece ajudar na perda de peso, aumentar os níveis de energia e retardar processos naturais de envelhecimento. É indicado pelo fabricante ingerir 2 cápsulas pela manhã e 2 cápsulas pela noite do produto.

Conclusão

A maioria dos remédios vendidos para crescer parecem funcionar apenas para crianças e adolescentes que ainda estão em fase natural de crescimento. Não existem estudos científicos ou estudos clínicos sobre esses produtos e, assim, não é possível afirmar que os adolescentes estão crescendo por causa do consumo deles ou naturalmente.

Quanto aos adultos, qualquer promessa de remédio para crescer após a puberdade é provavelmente uma farsa, já que não é possível através de nenhum estímulo aumentar a estatura de um adulto com medicamentos. Não se engane e fique longe desses suplementos que não têm eficácia nem segurança atestada por pesquisas e estudos sérios.

Tendo baixa estatura ou não, o importante é estar com a saúde em dia e se exercitar. Quem sabe se alongando todos os dias, você não aumenta um pouco sua estatura sem usar métodos absurdos e contar com resultados incertos.

Fontes e referências adicionais

Você já tinha ouvido falar de algum remédio para crescer? Já experimentou alguma dessas medicações? Já imaginava que isso não é possível para adultos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (36 votos, média 3,69)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

6 comentários em “Remédio para crescer funciona? 12 mais usados”

  1. Existe um produto que chegou esse ano no Brasil e muitos afirmam que tiveram resultados mesmo depois da idade adulta, chama se somatromil. Comprei estou tomando, eles garantem que funciona . Oque vocês sabem sobre esse produto? Podem me ajudar?

    Responder
  2. eu.keria.ser.mais.alto.eu.keria.ter.2metros.de.altura.como.eu.faso.pra.comseguir.este.ormonio.do.crescimento.ese.GH.

    Responder
  3. Ola
    No depoimento acima de fala que não existe nada q possa fazer um adulto crescer, e abaixo é indicado várias substâncias pra quem deseja crescer mais um pouco?

    Responder