Anticoncepcional Evra Engorda ou Emagrece?

Especialista:
atualizado em 03/06/2016

Já são mais de 40 anos desde que a pílula e outros métodos contraceptivos foram inventados e a reclamação das mulheres sobre aumento de peso e inchaço ainda é uma constante. Será que depois de todo esse tempo de reclamação ainda não se pode afirmar ao certo se o anticoncepcional interfere ou não nas alterações de peso?

A reclamação de ganho de peso é a mais frequente, mas algumas garotas relatam que alguns anticoncepcionais, em contrapartida, geram um efeito oposto de emagrecimento e é justamente esses que são indicados entre as mulheres para uso. Porém, será que esta é a forma mais certa de começar a se medicar e escolher um anticoncepcional?

Dentre as opções existentes no mercado está o anticoncepcional Evra. Trata-se de um anticoncepcional em formato de adesivo que libera hormônios diretamente na corrente sanguínea e pode ser eficaz tanto na prevenção da gravidez quanto no tratamento de algumas doenças. Mas será que o anticoncepcional Evra engorda? Ou será que ele emagrece? Entenda melhor a seguir.

Anticoncepcional Evra

Trata-se de um adesivo indicado para mulheres que querem evitar a gravidez ou têm problemas de ovário policístico e cisto nos ovários. Cada caixa desse anticoncepcional vem com três adesivos transdérmicos de 70 cm cada. Cada adesivo dura uma semana e o primeiro para aquelas que estão iniciando o uso deve ser colocado no primeiro dia da menstruação.

A fixação pode ser no braço, barriga, glúteo ou outra parte do corpo. É indicado não utilizar a mesma região para cada troca de adesivo, pois pode causar alergia. Ao aplicar o adesivo é indicado deixar a região intacta sem passar cremes hidratantes nem óleos essenciais no trecho. Não é preciso retirar o adesivo para tomar banho ou mergulhar, pois o adesivo não se solta com facilidade quando fixado corretamente. O custo costuma ser um pouco alto pela sua eficácia. Cada caixa custa em média R$ 70.

Relatos de usuárias

As mulheres que usam o anticoncepcional podem ter visões diferentes sobre as vantagens e desvantagens. Um relato de uma usuária que utiliza o Evra há 7 anos afirma que por possuir gastrite, o uso do adesivo é muito mais benéfico para o seu corpo do que a pílula. Ela conta que as cólicas diminuíram significativamente e diz que ele é tão seguro quanto as outras pílulas para a gravidez e que o legal é que não se corre o risco de esquecer tomar o contraceptivo, como ocorre frequentemente na versão oral. A desvantagem, segundo ela, está no custo elevado.

Outra usuária tem uma outra visão do uso, pois apesar de ter se adaptado bem e o fluxo menstrual ter reduzido, ela conta que a libido diminuiu e a retenção de líquidos aumentou, causando inchaço e um aparente ganho de peso na balança. Porém, outra usuária diz que sua libido até aumentou com o uso do Evra e que o seu ginecologista indicou Evra, pois o anticoncepcional que usava anteriormente causou ganho de peso.

Anticoncepcional Evra engorda?

Sintomas como náuseas, dor de cabeça, sangramento irregular, inchaço, aumento do apetite, dores no corpo e até alteração da libido são efeitos colaterais possíveis e, muitas vezes, identificados na bula. Porém, se o anticoncepcional Evra engorda ou não já está além do seu efeito, pois isso dependerá da quantidade de hormônios presentes na composição, bem como características pessoais da mulher relacionadas ao metabolismo e predisposição genética ao ganho de peso.

Algumas mulheres já possuem tendência para engordar e podem sofrer do famoso “efeito sanfona” de perda e ganho de peso frequente. Com o uso de determinados anticoncepcionais ricos em hormônios pode ser que isso gere uma alteração no organismo, aumentando a retenção líquida já existente e melhorando ainda mais o apetite, podendo assim contribuir para o ganho de peso.

Porém, este fato não se aplica a todas as mulheres, e a grande maioria após três meses de uso do anticoncepcional já consegue se adaptar e voltar ao seu peso de antes. A mulher precisa, ao começar a utilizar um anticoncepcional novo, seja o Evra ou outro qualquer, controlar sua compulsão por comida, ansiedade e praticar atividades físicas. Assim, dificilmente o corpo sofrerá transformações tão visíveis.

Inchaço nos seios e outros sintomas são normais e devem passar logo. Porém, se os meses passarem e os problemas persistirem, marque uma consulta com seu ginecologista. Lembre-se que se você pratica atividades físicas e não exagera na alimentação, o culpada nem sempre é o anticoncepcional, pode ser que você tenha problemas em metabolizar a glicose ou na glândula tireoide, por isso, uma consulta com um clínico geral também é recomendada.

Anticoncepcional Evra emagrece?

Essa afirmação que algumas garotas propagam aos quatro cantos de que o anticoncepcional Evra emagrece ou algum outro é muito subjetivo. Não se pode generalizar dizendo que um medicamento emagrece, pois a reação em um corpo não será a mesma em outro corpo. O medicamento em si não possui em sua composição nenhum ingrediente que ajude no emagrecimento, portanto, essa afirmação não tem fundamento nem embasamento científico.

Como já mencionado, o emagrecimento pode sim acontecer, mas isso está ligado a fatores secundários alheios ao uso do anticoncepcional ou ao efeito dos hormônios em uma mulher com predisposição para emagrecer, que tenha um metabolismo acelerado, etc. Inúmeros são as explicações possíveis, por isso, é essencial estar atendo às indicações que o seu corpo dá. Caso algum sintoma persista e esteja incomodando por mais de três meses, consulte o seu ginecologista para uma consulta específica.

Como usar o adesivo Evra?

O primeiro adesivo deve ser fixado no primeiro dia da menstruação. A cada sete dias, o adesivo deve ser trocado por um novo. Após 3 semanas de uso ininterrupto, deve-se dar um descanso de sete dias. Nesse intervalo deverá ocorrer a menstruação. No oitavo dia da pausa, após a menstruação deve-se fixar um novo adesivo e reiniciar o ciclo. Basta seguir o procedimento todos os meses. Para mais eficácia, no primeiro mês, quando o corpo ainda está se adaptando ao adesivo, o ideal é usar a camisinha como método complementar.

Outras informações

O adesivo não sai com facilidade do corpo, mas pode reter certa sujeira e descolar as beiradas, o que é natural. O método é 99,7% eficaz até mesmo na pausa menstrual, assim como os orais. Diferente das pílulas que podem sofrer alteração da eficácia em crises de diarreia ou vômitos, o Evra em adesivo não tem esse problema, pois é absorvido pela pele e liberado diretamente no sangue sem passar pelo aparelho digestivo e intestino.

Mulheres acima de 90 kg podem ter restrições para uso do adesivo por não fornecer a proteção necessária por todo o corpo. Os hormônios liberados no corpo através do adesivo são a progestina e estrogênio. Não se deve aplicar o adesivo em regiões muito expostas ao sol, pois o adesivo pode perder sua eficácia.

Contraindicações

Mulheres com diabetes, obesidade, doenças cardiovasculares, hipertensão ou tabagismo não devem fazer uso prolongado de contraceptivos hormonais, sejam orais ou adesivos, como é o caso do Evra. Pode causar eventos trombóticos, infartos ou AVC, mas as ocorrências são raras e em pessoas que já possuem problemas. Segue lista abaixo completa de contraindicações:

  • Tromboflebite, distúrbios tromboembólicos;
  • Histórico de tromboflebite de veia profunda ou distúrbios tromboembólicos;
  • Condições trombofílicas conhecidas;
  • Doença vascular cerebral ou arterial coronariana;
  • Doença de válvula cardíaca com complicações;
  • Níveis persistentes de pressão arterial sistólica³ 160 mmHg ou diastólica ³ 100 mmHg;
  • Diabetes com envolvimento vascular;
  • Enxaqueca com aura focal;
  • Diagnóstico ou suspeita de carcinoma de mama;
  • Carcinoma do endométrio ou diagnóstico ou suspeita de outra neoplasia estrogênio-dependente;
  • Sangramento genital anormal não diagnosticado;
  • Icterícia colestática gestacional ou icterícia com uso anterior de contraceptivo hormonal;
  • Doença hepatocelular aguda ou crônica com função hepática anormal;
  • Adenoma ou carcinoma hepático;
  • Diagnóstico ou suspeita de gravidez;
  • Hipersensibilidade a qualquer componente do produto

Reações adversas

Os efeitos colaterais mais comuns relatados durante os estudos clínicos de Evra foram: sintomas mamários, dor de cabeça, distúrbios no local da aplicação e náusea. Os eventos adversos mais comuns que ocasionaram interrupção do uso foram: reações no local da aplicação, sintomas mamários (incluindo desconforto mamário e dor nas mamas), náusea, dor de cabeça e instabilidade emocional.

Alguns casos mais raros de reações relataram: aumento da pressão sanguínea, distúrbios de lipídeos; embolismo pulmonar (coágulo no pulmão); cloasma (manchas amarronzadas na pele), dermatite (inflamação da pele) de contato e eritema (vermelhidão na pele); retenção de fluidos; colecistite (inflamação da vesícula); galactorreia (liberação de leite pela mama), corrimento genital, síndrome pré-menstrual (TPM), ressecamento vulvovaginal; insônia, aumento e diminuição da libido.

Você já optou pelo anticoncepcional Evra como método contraceptivo? Reconheceu alguma mudança corporal por conta deste uso? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (131 votos, média: 3,79 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

11 comentários em “Anticoncepcional Evra Engorda ou Emagrece?”

  1. Boa noite, é a primeira vez que vou usar o adesivo, acabei colando o adesivo no meio das nadegas, isso pode atrapalhar?

    • No meu caso que tenho cistos no ovário ajudou, pois ele vai inibir a ovulação e provavelmente também a incidência de polimicrocistos, que também tinha mas bem antes de engravidar. Esse adesivo Evra foi o melhor anticoncepcional que usei, não alterou meu peso, não me dava dor nas pernas iguais aos outros, não alterava meu humor, não me tirou a libido o que noutros isso é frequente, o meu caso que tive que parar depois de usá-lo por mais de 4 anos foi só com relação às espinhas que nunca me deixaram, mas para quem não tem esse problema, vale muito o seu uso.

  2. Anticoncepcional adesivo pode ser indicado para pacientes bariátrica? Já que os comprimidos não fazem tanto efeito.

  3. Gostaria de saber se o erva pode ser usado junto com o diane 35 ?? Isso corta efeitos de ambos? Pode causar algum problema?? Obg

    • É importante consultar sua ginecologista antes. Não faça uso de dois medicamentos juntos sem o consentimento dela.

  4. Por quanto tempo devo estar usando o adesivo pra que ele entre em ação. . Ou que posso ter relações sem usar outro método…

  5. Olá, sou usuária do Evra há 9 anos. Para mim, é a melhor opção. Sou muito esquecida e ele é ótimo porque não preciso ficar tomando medicamento todos os dias…Tenho certeza de que eu iria esquecer! É só trocar 1x por semana e pronto! Não tive problemas com ele. Não tive aumento de peso, continuo pesando 53kg, distribuídos em 1,60 m de altura. Então, continuo no meu peso ideal. A unica coisa que eu notei foi um sangramento de escape 1 vez ou outra…e mais nada. Porém o custo dele é muito alto o que nos leva a pensar em trocar. Mas por enquanto, continuo utilizando. Quem tiver dúvidas e achar que não faz efeito, fique tranquila, faz efeito sim! Sou farmacêutica, conheço como age e é totalmente seguro, tanto é que há 9 anos eu o utilizo como único método contraceptivo e até hoje não engravidei. Bjssss

    • Ola usei o Evra por 7 anos . achava o melhor até descobrir que estava gravida de 3 meses
      usando o e com sangramento normal neste período, descobrir a gravides devido um desmaio. foi um choque até hoje me pergunto como aconteceu?!
      então não é tão eficaz assim
      deixo aqui minha duvida, pois sempre usei corretamente.