Anticorpos da COVID podem durar até 6 meses, revela estudo

Especialista da área:
atualizado em 17/03/2021

Embora não se saiba exatamente por quanto tempo a imunidade contra o novo coronavírus dura, os cientistas já avaliam que ela permanece por alguns meses.

  Continua Depois da Publicidade  

Desta forma, diversos estudos procuram entender justamente como funcionam os anticorpos e a imunidade para a COVID-19.

Um novo estudo britânico, por exemplo, averiguou que os anticorpos do novo coronavírus permanecem no nosso corpo por até 6 meses. A pesquisa avaliou ainda como os sintomas ocorriam nas pessoas infectadas.

Estudo analisou cerca de 20 mil pessoas

O estudo é, de acordo com os pesquisadores, um dos maiores realizados até o momento, e procurou averiguar como os anticorpos contra o novo coronavírus agem no corpo.

Para isso, os cientistas coletaram mensalmente uma amostra de sangue de 20 mil pessoas.  Segundo os pesquisadores, os dados foram coletados entre maio e dezembro de 2020.

Neste período, cerca de 1.699 pessoas testaram positivo para anticorpos. Ou seja, houve uma infecção por COVID-19 durante a vigência da pesquisa.

Aliás, a maioria destes já apresentava resultados positivos no primeiro mês do estudo. Isto sugere que a infecção ocorreu durante a primeira onda, no inicio de 2020.

Como resultado, o estudo demonstrou que até 88% das pessoas ainda tinham anticorpos no sangue para a COVID-19.

Pesquisa também avaliou sintomas de pessoas infectadas

covid-19

Além dos anticorpos, o estudo também procurou observar os sintomas das pessoas infectadas.

Conforme a pesquisa, enquanto 26% tiveram tosse e 28% febre, uma proporção maior, de 43%, disse ter perdido o paladar ou o olfato.

  Continua Depois da Publicidade  

Por outro lado, 40% não apresentaram nenhum desses sintomas e cerca de 20% eram assintomáticas.

O estudo foi feito pelo UK Biobank, que é um banco de dados do Reino Unido que coleta informações para pesquisas na área da saúde. 

Para a cientista chefe do UK Biobank, Prof Naomi Allen, mesmo com os dados, ainda não há como ter certeza de que forma os anticorpos estão relacionados à imunidade.

No entanto, os resultados sugerem que as pessoas podem estar protegidas contra infecções subsequentes por pelo menos seis meses após a infecção.

De acordo com a especialista, apenas um acompanhamento mais prolongado nos permitirá determinar quanto tempo essa proteção durará.

Cuidados devem ser redobrados durante a nova onda no Brasil

O Brasil sofre cada vez mais com a pandemia. Por isso, é preciso redobrar os cuidados. Sendo assim, os especialistas recomendam algumas atitudes importantes para frear o avanço do novo coronavírus.

Para evitar a infecção do novo coronavírus, você deve:

  1. Higienizar as mãos com frequência com sabão e água ou álcool em gel;
  2. Manter uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.
  3. Usar máscaras faciais;
  4. Não tocar nos olhos, no nariz ou na boca.
  5. Cobrir seu nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar.
  6. Ficar em casa se você se sentir indisposto.

Da mesma forma, os especialistas recomendam procurar atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

  Continua Depois da Publicidade  

Você já teve a COVID-19? Já tomou a vacina? Conte tudo para a gente nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário