Benefícios de Correr na Areia da Praia e Riscos

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

O verão é o momento ideal para ir para o litoral e aproveitar tudo que a natureza tem a oferecer. Quem vive em cidades litorâneas pode aproveitar diariamente os benefícios advindos das praias. Uma das atividades mais saudáveis e prazerosas que podem ser realizadas ao ar livre e no litoral é correr na areia da praia.

Muitas pessoas sentem-se muito bem após correr na areia da praia, sendo que optam pela corrida na areia em vez de calçadões ou asfalto. Mas, você sabe quais são os benefícios e riscos dessa prática? Não pense que os efeitos de corridas em asfalto e areia são os mesmos.

Saiba as principais diferenças e escolha qual opção é melhor para você alcançar seus objetivos. Independente da sua escolha, não deixe de correr, essa é uma das melhores atividades para adquirir um bom condicionamento, melhorar sua saúde e emagrecer.

Gasto energético

O gasto energético de correr na areia da praia é maior do que em outros locais, pois o terreno é diferente do asfalto, que é mais compacto. Quanto mais fofa a areia, menos linear a corrida e por isso maior o esforço que o corpo precisa ter para se adaptar ao treino, que é mais pesado. O asfalto, por ser compacto e linear, é a melhor opção para quem quer correr por mais tempo sem cansar muito, entretanto, o gasto energético é menor do que correr na areia da praia.

Fortalecimento dos músculos

Os músculos também trabalham mais correndo na areia do que no asfalto, isso porque a areia da praia é irregular, fazendo com que os músculos tenham que se movimentar e se contrair mais em certos momentos, fortalecendo-se com mais facilidade.

Esse esforço depende do calçado, algumas pessoas que preferem correr descalças podem potencializar os esforços, mas, em contrapartida, correm o risco de se machucar mais facilmente. No asfalto, fortalece-se menos a musculatura e exige-se o uso de um calçado para absorver o impacto.

Consciência corporal

Em um ambiente como a praia, em que há um espaço mais arejado, com dunas, mar, a brisa do mar, a água em contato com os pés, enfim, todos esses fatores contribuem para aumentar a percepção, a capacidade e o equilíbrio do corredor no espaço em que realiza a atividade. Já no asfalto, os resultados relacionados à consciência corporal são menores, devido à regularidade do solo. Essa dimensão de espaço contribui também para o relaxamento da mente e renovação espiritual.

Riscos de lesões

No quesito lesões, correr na areia da na praia “vence” disparado. Isso ocorre devido à areia fofa, irregularidade do solo, obstáculos como pedras e possíveis dejetos. O risco de lesões aumenta devido ao cansaço ser muito maior do que no asfalto. A musculatura deve estar perfeita para essa prática.

Iniciantes ou pessoas com musculatura comprometida devem evitar correr na areia da praia. As articulações aparentemente ficam mais protegidas na areia devido ao impacto ser amortecido, mas isso não anula o risco de lesões. No asfalto, o risco de lesão é menor, mas o impacto é maior por causa do solo rígido.

Rendimento

Na praia o rendimento pode ser menor do que no asfalto, assim como o ritmo mais lento. Isso acontece, pois o terreno arenoso exige mais da musculatura, cansando mais rápido do que no asfalto. Por outro lado, no asfalto é possível correr de forma mais livre, por mais tempo, sem se cansar tão rapidamente, criando um compasso e ritmo de corrida.

Quem quiser criar o hábito de correr na areia da praia e ainda não se exercitar com frequência pode querer primeiro correr no asfalto para ganhar condicionamento físico e poder passar para a segunda etapa de correr na areia, a qual exige mais da musculatura.

Calorias

Comparando areia e asfalto, uma pesquisa dos Estados Unidos revelou que correndo na praia gasta-se até 60% do que no asfalto. Mas isso pode variar de corredor para corredor, pois uma pessoa que faça corridas curtas na areia em comparação com um corredor de longas distâncias de asfalto obviamente irá perder menos calorias. Tudo depende do condicionamento de cada corredor, mas na areia o terreno é mais propício à perda de peso.

E na chuva?

Algumas pessoas adoram correr na chuva, pois o suor do corpo já é eliminado com a própria água e a sensação de refrescância é maior. Na areia, essa ideia pode não ser das melhores, uma vez que com a água a areia vira uma espécie de lama e pode-se afundar os pés dependendo da profundidade da lama, o que ocasionará lesões.

Porém, se a água apenas tiver deixado a areia mais compactada, pode-se correr sem medo e de preferência descalço para evitar sujeira nos calçados. Já no asfalto, a ideia de correr na chuva é praticamente inviável, uma vez que o piso fica escorregadio e esconde buracos do asfalto, sendo mais fácil ocorrer lesões. Além disso, a meia molhada pode criar bolhas nos pés devido ao atrito.

Benefícios de correr na areia da praia

  • Emagrecer! A cada uma hora de corrida perde-se cerca de 500 calorias;
  • Tonificar os músculos, principalmente das pernas (por causa do esforço em correr na areia fofa);
  • Combater a celulite, pois o treino exige muito da musculatura;
  • Melhora o equilíbrio do corpo com menor sobrecarga nas articulações;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Melhora o humor porque libera endorfina na corrente sanguínea;
  • Relaxa e ajuda a meditar devido ao contato com a natureza.

Dicas gerais

O ideal é correr em horários que o sol está menos forte, como no início da manhã ou no final da tarde. Escolhendo esses horários você também pode correr mais livremente, uma vez que a praia estará vazia, sem precisar ficar desviando de pessoas, ambulantes e brinquedos na areia. Você pode correr descalço, tomando cuidado para não torcer o pé ou com tênis que absorve o impacto. Corra com uma garrafinha de água ou alguma outra bebida isotônica para repor os líquidos e sais minerais perdidos com o esforço.

Passe protetor solar em qualquer horário que for correr na areia da praia para evitar queimaduras do sol ou mormaço nas partes expostas. Dependendo do horário, além do protetor você deve usar um boné e óculos de sol para se proteger melhor. Para melhorar seu desempenho e condicionamento, você pode utilizar um frequencímetro para observar o comportamento do coração ao longo da corrida.

Você gosta de correr na areia da praia? Tem esse costume? Se não, o que ainda te impede? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,40 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é Personal Trainer - CREF 1859 G/SE. Formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

2 comentários em “Benefícios de Correr na Areia da Praia e Riscos”

  1. corro todos os dias to ate pensando em sair da academia a minha cidade e pequena e tem um mar lindo e raramente se v violencia por aqui entao da pra correr a noite tbm