Café é Bom para Ressaca?

Especialista:
atualizado em 05/06/2020

Confira se o café é bom para ressaca e porque ele pode te ajudar a seguir adiante depois de um dia ou noite de bebedeira.

Você já deve ter ouvido falar que café é bom para ressaca, ou pelo menos ter visto em filmes e programa de televisão os personagens acordando depois de uma noitada e logo em seguida tomando café.

Afinal, isso tudo parece fazer muito sentido, já que a cafeína presente no café te ajuda a ficar mais alerta, fugindo da sonolência excessiva que ocorre depois de uma noite com vários drinques. Mas será que isso é verdade? Estaria esse entre os benefícios do café?

Café e dores de cabeça

Michael Oshinsky, da Universidade Yhomas Jefferson na Filadélfia, Estados Unidos, e outros pesquisadores testaram o efeito de baixas doses de álcool – aproximadamente o equivalente a uma única bebida – em ratos propensos a enxaquecas.

Como baixas doses de bebidas alcoólicas geralmente causam dores de cabeça em pacientes que já sofrem com esses sintomas, isso lhes permitiu estudar uma dor de cabeça induzida por bebidas alcoólicas sem que houvesse uma complicação causada pela intoxicação.

Após passadas entre 4 e 6 horas da ingestão, a pele ao redor dos olhos dos animais se tornou mais sensível ao toque, o que é um sinal de que eles estavam com dores de cabeça.

De acordo com Oshinsky, nenhuma das causas de ressaca citadas poderia ter causado uma resposta, pois os ratos não foram desidratados, receberam etanol puro, e também não tiveram dores de cabeça devido ao acúmulo de acetaldeído, já que os ratos receberam medicamentos para bloquear a conversão de acetaldeído em acetato.

Em contraste, os ratos que receberam acetato desenvolveram sinais de dores de cabeça diretamente.

Os tratamentos comuns para a ressaca, como a cafeína e anti-inflamatórios de venda livre, bloqueiam alguns dos efeitos do acetato, e esse pode ser um dos motivos pelos quais eles aliviam os sintomas da ressaca.

Nesse caso, segundo Oshinsky, o melhor momento para tomá-los seria cerca de 4 horas depois de ingerir bebidas alcoólicas, que é quando os níveis de acetato começam a aumentar.

Dan Levy, da Universidade de Harvard, Estados Unidos, diz que este estudo é um passo importante para entender a dor de cabeça provocada pela ingestão de bebidas alcoólicas.

O café pode combater os efeitos do álcool

Cientistas finlandeses descobriram que um fluxo constante de café pode compensar alguns dos efeitos nocivos do álcool.

Cinco ou mais xícaras de café por dia podem reduzir os níveis de uma enzima conhecida por ser precursora de danos ao fígado, doenças cardíacas e diabetes em até 50%, especialmente em homens.

Andrew Langford, executivo-chefe do British Liver Trust, disse: “Muitas pessoas tendem a tomar café depois de uma noite de bebedeira e aqui estão evidências dos seus efeitos benéficos. Obviamente, você deve evitar o consumo excessivo de álcool, mas vale a pena lembrar de tomar algumas xícaras de café por dia.”

Ele continua dizendo que “o próximo passo é que também seja realizado um estudo em larga escala para que possam ser comprovado que o café é bom para ressaca”.

Sabe-se que o consumo regular de bebidas alcoólicas aumenta os níveis no corpo de GGT, uma enzima que é um fator de risco em várias doenças.

Os acadêmicos da Universidade de Tampere e do Instituto Nacional de Saúde e Bem-Estar da Finlândia estudaram quase que 19.000 pessoas ao longo de uma década. Eles questionaram sobre a saúde, histórico médico, ingestão de bebidas alcoólicas e café dos participantes e mediram seus níveis de GGT.

O relatório publicado na revista acadêmica Alcohol and Alcoholism concluiu que “foi constatado que o consumo de mais de 280 gramas de etanol por semana (13,5 litros de cerveja ou 3,7 garrafas de vinho) levou a um aumento de aproximadamente três vezes nas atividades de GGT quando comparado com o correspondente grupo de abstêmios.”

O consumo regular de cinco ou mais xícaras de café por dia nesta subpopulação foi associado a uma redução aproximada de 50% nas atividades de GGT.

“Nossas descobertas em conjunto sugerem que a alta ingestão de café leva a níveis mais baixos de GGT em consumidores que consomem bastante bebidas alcoólicas, principalmente entre homens”.

O professor Roger Williams, da Fundação para Pesquisa do Fígado em Londres, Inglaterra, lembrou: “Pesquisas anteriores mostraram que alguns produtos químicos orgânicos do café têm um efeito favorável nos processos de lesão hepática, e imagino que seja isso o que está sendo mostrado entre as pessoas que consomem bastante bebidas alcoólicas.”

Efeitos negativos da cafeína para a ressaca

Apesar de vários efeitos positivos da cafeína, como aumentar o seu foco, energia e estado de alerta, existem alguns aspectos negativos de beber bebidas com cafeína que devem ser levados em consideração.

Algumas pessoas sentem dificuldade para dormir depois de tomar várias bebidas alcoólicas, e tomar um estimulante, como é o caso do café, certamente não irá ajudar a resolver esse problema, especialmente no caso daquelas que são suscetíveis aos seus efeitos, e isso pode dificultar ainda mais a sua recuperação e impedir que você durma.

Ao tomar café, você poderá sentir que é mais sensível aos sons e a luz, e isso pode ser a última coisa que você gostaria de sentir de ressaca. Ou seja, para quem é sensível à cafeína, o café pode fazer com que se sinta pior de ressaca.

Efeitos no sistema cardiovascular

Lembre-se de que a cafeína aumenta a sua frequência cardíaca. Um sintoma comum em uma ressaca é o batimento cardíaco acelerado, e o café pode aumentar esses efeitos e inclusive fazer com que você sinta palpitações.

As palpitações dão a sensação de que o seu coração está acelerado, e embora esse sintoma muitas vezes possa ser inofensivo, ele pode ser bem desagradável, além de poder indicar sinais de perigo a uma válvula cardíaca anormal ou até mesmo causar uma doença cardíaca.

John Brick, Ph.D, cientista de pesquisas sobre bebidas alcoólicas e autor do livro “The Doctor’s Hangover Handbook” em tradução livre para o português “Manual da Ressaca do Médico” diz que a cafeína estreita os vasos sanguíneos e aumenta a pressão arterial e que ambos podem piorar a ressaca.

Perigos de se misturar cafeína com bebidas alcoólicas

De acordo com o diretor do Instituto Nacional de Abuso do Álcool e Alcoolismo dos Estados Unidos, à medida que você envelhece, sua quantidade de enzimas hepáticas diminuem, e elas são responsáveis por metabolizar o álcool em seu organismo.

De acordo com a nutricionista Anar Allidina, “embora a cafeína e o álcool sejam metabolizados no fígado, a sua concentração no sangue não será revertida ou alterada pela cafeína e misturar os dois é uma ideia perigosa, já que a cafeína pode fazer você se sentir apto a consumir mais bebidas alcoólicas”.

A especialista também alerta que a cafeína não é uma forma de prevenir a ressaca. “Consumir cafeína pode fazer com que você se sinta menos sonolento ao consumir bebidas alcoólicas, mas isso não fará com você fique sóbrio nem diminuirá os efeitos de uma ressaca.”

O que afeta a sua ressaca?

Existem vários fatores que você pode controlar que irão afetar a sua ressaca. Você pode evitar alguns dos efeitos secundários fazendo uma refeição completa antes de consumir bebidas alcoólicas, pois isso irá diminuir a velocidade com que o álcool chega ao fígado e dá início a uma série de reações químicas que causam a ressaca.

Você também pode evitar alguns sintomas ao optar por bebidas que contêm poucos congêneres, que são subprodutos da fermentação.

Bebidas alcoólicas claras, como vodka por exemplo, têm muito menos congêneres do que, por exemplo, o whisky, que é mais escuro. Essas substâncias podem amplificar seus sintomas e fazer com que você se sinta pior.

E não se trata de não misturar bebidas alcoólicas, mas sim sobre como evitar aquelas que são mais propensas a fazer com que você se sinta mal no dia seguinte. A mesma consideração se aplica ao café.

Como lidar com a ressaca

A melhor maneira de lidar com a ressaca é o tempo. Você também deve se concentrar nos sintomas e no que você pode fazer para aliviá-los.

Embora pareça que o café é bom para ressaca, seus efeitos em relação à ressaca ainda estão sendo estudados, mas se você costuma tomar café todos os dias, não tomar quando está de ressaca pode causar abstinência.

O Dr. Brick disse: “Se você toma café regularmente, [quando está de ressaca] tente tomar uma quantidade muito pequena pela manhã. Espere entre 30 a 60 minutos e veja como se sente.”

De acordo com o especialista, se você consome café regularmente, não tomá-lo durante a ressaca pode (ou também não pode) ser uma boa ideia. Se não tomar a sua dose diária desta bebida, você pode acabar com uma forte dor de cabeça causada pela abstinência de cafeína além de todos os sintomas causados pela ressaca.

Outro ponto é que provavelmente você irá acordar desidratado, principalmente se não tiver bebido água na noite anterior. Por isso, primeiro teste a tolerância do seu sistema digestivo com um pouco de água para ver como ele irá reagir e use a resposta do seu corpo como uma pista para o que irá acontecer em seguida.

Se tudo ocorrer bem, tente algo leve, como um pedaço de torrada e talvez meia xícara de café.

Para evitar ficar com vontade de comer muito açúcar, evite açúcar ou cremes adoçados no café, pois com o estômago vazio, o açúcar irá metabolizar rapidamente e você poderá evitar outros sintomas mantendo os níveis estáveis de glicose.

Aproveite para conhecer os melhores alimentos para ressaca e invista neles quando estiver sofrendo com os sintomas.

Aprenda com a sua experiência

Ninguém planeja uma ressaca, mas se você já imagina que no dia seguinte ela irá aparecer, seu plano de ação deve incluir muito tempo de inatividade para que o seu corpo possa se livrar do álcool junto com os sintomas que ele causa. Infelizmente, não há um caminho mais curto para o alívio.

Seja paciente porque você irá se sentir melhor com o tempo. Concentre-se em se manter hidratado para assim evitar maiores complicações, aprenda com a sua ressaca para evitar ou se preparar para a próxima.

Estudos ainda estão sendo realizados para confirmar se de fato o café é bom para ressaca, porém, como dito anteriormente, se você costuma tomá-lo todos os dias, durante a ressaca, experimente começando com uma dose pequena para ver como o seu corpo reage e assim evitar a abstinência.

Você já ouviu falar que café é bom para ressaca? Costuma tomar no dia seguinte a uma noite de bebedeira? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário