Gatorade é Bom para Ressaca?

Especialista:
atualizado em 06/03/2020

Veja se é verdade que o Gatorade é bom para ressaca ou se não faz nenhum sentido tomar essa bebida em um dia após bebedeira para amenizar os sintomas.

Fadiga, fraqueza, sede excessiva, boca seca, dor de cabeça, dores musculares, náusea, vômito, dor de estômago, sono ruim, tontura, sensação de que o cômodo está girando, aumento de sensibilidade à luz e ao som, tremedeira, redução na habilidade para se concentrar, batimento cardíaco rápido e distúrbios de humor como depressão, ansiedade e irritabilidade.

Todos eles são sintomas associados à ressaca, uma condição que pode ser desenvolvida depois que uma pessoa consome uma quantidade muito elevada de álcool.

Os sinais da ressaca costumam encontrar-se em pleno vigor na manhã seguinte a uma noite de muita bebedeira e podem variar de acordo com a quantia de álcool que foi ingerida.

Como se eles já não fossem ruins o suficiente, ter ressacas com frequência pode resultar em problemas no desempenho profissional e conflitos no ambiente de trabalho. Até por isso, é sempre bom saber como curar a ressaca segundo a ciência.

Será que o Gatorade é bom para ressaca?

Gatorade é uma bebida esportiva que promete recuperar, reidratar e repor os carboidratos e sais minerais perdidos pelo corpo durante a prática de atividades esportivas.

O produto é indicado para atletas amadores ou profissionais antes, durante ou depois da realização de seus exercícios físicos. Ele está disponível nos sabores tangerina, limão, uva e frutas cítricas.

Em outras palavras, Gatorade não foi formulado especificamente com o objetivo de solucionar uma ressaca. Veja também se o Gatorade engorda ou não.

Entretanto, como o álcool funciona como um diurético no organismo, fazendo com que o corpo perca água, hidratar-se pode auxiliar a tornar a condição menos dolorosa, ainda que repor a água perdida no organismo não vá curar a ressaca.

E sabe por que a hidratação pode melhorar a dor de cabeça de uma ressaca? O sintoma característico aparece justamente porque o cérebro encontra-se desidratado.

Além de consumir bastante água, ingerir bebidas esportivas como Gatorade reabastece os eletrólitos perdidos na bebedeira e fornece um pouco de açúcar ao organismo. Vale destacar que, conforme informou a Mayo Clinic, as bebidas alcoólicas podem fazer com que os níveis de glicose no sangue caiam.

Os eletrólitos são importantes porque auxiliam o organismo a reter água e a urinar com menos frequência, permitindo que o corpo se hidrate mais rapidamente. De acordo com um documento da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o sódio, o potássio e o cloro são alguns exemplos de eletrólitos tipicamente encontrados no organismo.

No mesmo sentido, o MedlinePlus, portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, considera o consumo de bebidas esportivas uma boa maneira de repor o sal e o potássio que são perdidos em decorrência da ingestão de bebidas alcoólicas.

A médica Alexis Halpern afirmou que ainda que as bebidas como o Gatorade possam ajudar um pouquinho em relação à ressaca, elas não fornecem o mesmo equilíbrio de minerais que o Pedyalite, uma espécie de medicamento utilizado para repor perdas acumuladas de eletrólitos e água.

Halpern também destacou o fato dessas bebidas geralmente serem lotadas de açúcar e recomendou misturá-las com água para dar uma controlada nos açúcares adicionados, caso as escolha como uma estratégia para amenizar uma ressaca.

Já o anestesiologista Jason Burke, que se dedica a pesquisas a respeito da cura da ressaca, também classificou o Pedyalite como uma alternativa melhor para lidar com a ressaca do que o Gatorade ou outras bebidas com eletrólitos, justamente devido ao fato do medicamento ser composto por mais eletrólitos e menos açúcar do que essas bebidas.

Entretanto, se você não tiver o Pedyalite à sua disposição para um momento de ressaca, antes de recorrer ao Gatorade ou outras bebidas esportivas do tipo, considere dar uma chance à água de coco. Enquanto a água de coco contém os cinco eletrólitos presentes no sangue, as bebidas como Gatorade possuem somente dois. Aproveite para conhecer todos os benefícios da água de coco para a saúde.

Gatorade na prevenção da ressaca

Recomenda-se ingerir água de coco ou uma bebida esportiva como Gatorade entre as doses de bebida alcoólica para já adiantar o reabastecimento de fluidos e eletrólitos que são perdidos por conta do consumo de álcool.

Entretanto, se você perguntar, logicamente a melhor e mais eficiente forma de prevenir uma ressaca é ter autocontrole e tomar cuidado para não beber em excesso quando sair para uma noitada.

Atenção: a ressaca pode se tornar uma emergência médica

Quando analisamos se o Gatorade é bom para ressaca, não podemos deixar de destacar que existem casos em que a condição se enquadra na categoria de uma emergência médica.

De acordo com a Mayo Clinic, há sintomas mais severos que podem acompanhar uma ressaca e são indícios de uma intoxicação ou overdose alcoólica, condição considerada potencialmente fatal.

Por isso, a organização adverte que é necessário ligar para o serviço local de emergência quando uma pessoa que consumiu bebidas alcoólicas apresentar sinais como:

  • Confusão;
  • Vômito;
  • Convulsões;
  • Respiração lenta – menos de oito respirações por minuto;
  • Respiração irregular – uma lacuna de mais de 10 segundos entre as respirações;
  • Pele azulada ou pálida;
  • Baixa temperatura corporal – hipotermia;
  • Dificuldade para permanecer consciente;
  • Desmaio (inconsciência) sem poder ser acordado – uma pessoa inconsciente que não pode ser despertada corre o risco de falecer.

Caso você desconfie que alguém tem intoxicação ou overdose alcoólica, mesmo que a pessoa não apresente os sintomas clássicos, é necessário procurar o cuidado médico imediatamente, avisa a organização.

Além de saber se Gatorade é bom para ressaca

Se você perceber que está tendo ressacas com muita frequência, vale a pena parar e fazer uma autoanálise para verificar se não está bebendo além da conta ao ponto de prejudicar a sua própria saúde física e emocional e interferir em seus relacionamentos interpessoais ou na sua vida profissional.

Caso conclua que está abusando e que não consegue parar sozinho, peça ajuda de seus amigos e familiares e não deixe de consultar um profissional para te orientar.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que Gatorade é bom pra ressaca? Costuma tomar essa bebida em dias seguintes a bebedeiras? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário