Catarro amarelo: 4 principais causas e o que fazer

Especialista da área:
atualizado em 08/03/2022

O muco ou catarro é naturalmente produzido pelo corpo e, em situações normais, é fluido, viscoelástico e transparente, você nem percebe a sua presença. Agora, há situações que mudam a consistência e a cor do catarro, tornando-o mais pegajoso e amarelo. 

É muito importante se atentar à cor do catarro, pois ela sinaliza a ocorrência de alguma infecção nas suas vias aéreas e a atividade do seu sistema imunológico na tentativa de resolvê-la. 

  Continua Depois da Publicidade  

Veja quais são as principais causas do catarro amarelo e o que fazer. 

Muco e catarro, qual é a diferença?

Antes de falarmos sobre o catarro, é importante compreender a função do muco. Ele é naturalmente produzido pelos tecidos que revestem o nariz, a boca, os seios da face, a garganta, os pulmões e o trato gastrointestinal. 

E essa produção não acontece apenas quando estamos doentes, acontece sempre, para manter essas estruturas hidratadas e protegê-las contra os microrganismos. O muco é uma substância pegajosa, justamente para grudar bactérias, vírus, esporos, poeira e qualquer outra substância nociva ao nosso corpo, impedindo-a de entrar no organismo. 

Quando você está saudável, nem percebe que seu corpo está produzindo o muco. Você passa a percebê-lo quando sua consistência muda, ficando mais pegajosa, mais espessa. 

Agora, sobre o catarro, ele nada mais é que um muco mais espesso e pegajoso, que é eliminado ao assoar o nariz ou escarrar pela garganta. Além da consistência, você pode perceber a mudança de cor, de incolor para amarelo, verde ou vermelho-amarronzado, indicando a presença de sangue

  Continua Depois da Publicidade  

Causas do catarro amarelo

Quando você observar a cor amarela no catarro, saiba que é um sinal de que seu sistema imunológico está combatendo alguma infecção. Dependendo do grau da infecção e do tempo de sua duração, você pode perceber que a cor pode mudar de amarelo para verde. 

As principais causas do catarro amarelo são: 

Bronquite

A bronquite é uma inflamação da traqueia e de suas ramificações, os brônquios, causada por uma infecção, geralmente viral. O sintoma mais comum da bronquite é a tosse com catarro que pode, no início, apresentar-se incolor ou esbranquiçado. Conforme o sistema imunológico envia suas células para combater a infecção, a cor do catarro pode ficar amarela. 

Na bronquite, as paredes dos brônquios ficam inflamadas e inchadas, produzindo mais muco. Como consequência, a via de passagem do ar fica mais estreita, causando a falta de ar e chiado no peito.

O que fazer: agende uma consulta médica, para passar por uma avaliação, que pode incluir radiografia torácica. Os tratamentos são prescritos para aliviar os sintomas e reduzir a inflamação. É importante beber bastante água, para facilitar a eliminação do excesso de catarro. Em alguns casos, é feita a nebulização ou inalação com broncodilatadores. 

Bronquite
A tosse com catarro é bastante comum na bronquite

Pneumonia

A pneumonia é uma doença que afeta os pulmões e acomete, principalmente, aquelas pessoas com o sistema imune debilitado. Por isso, crianças pequenas, de até 5 anos, e os idosos são grupos de risco para a pneumonia. 

  Continua Depois da Publicidade  

O perigo aumenta durante o inverno, quando há muita oscilação de temperatura, deixando o sistema de defesa mais fraco, as vias aéreas mais secas e vulneráveis aos microrganismos do ar. 

Os sintomas mais comuns são tosse com catarro amarelo ou esverdeado, dor no peito, fadiga, dificuldade para respirar, febre, dor no corpo e confusão mental nos idosos. 

O que fazer: no início da pneumonia, os sintomas são bem parecidos aos de uma gripe comum. É importante que a pessoa não se automedique, pois isso pode mascarar os sintomas e impedi-los de evoluir, o que é importante para se chegar ao diagnóstico.

Também é válido mencionar a importância de não se automedicar com antibióticos, pois isso pode tornar o tratamento complicado, ao promover a seleção de bactérias resistentes. Ao notar os sintomas, procure um atendimento médico, para o diagnóstico e tratamento corretos. 

Sinusite

A sinusite é a inflamação das mucosas dos seios da face, que são as cavidades que ficam ao redor do nariz e dos olhos e na maçã do rosto. Essa região é rica em glândulas que produzem muco, onde as substâncias estranhas ficam grudadas, e em cílios que vibram para expulsar o catarro pelo nariz. 

Quando ocorre uma crise de sinusite, a pessoa sente dor de cabeça na área do seio da face, que pode ser em forma de pontada, pulsátil, ou de pressão, peso. O nariz fica bastante entupido, com catarro amarelo ou verde. Também ocorre um mal-estar geral, com cansaço, febre, coriza, dor no corpo e perda de apetite. 

  Continua Depois da Publicidade  

O que fazer: beba bastante líquido e goteje de duas a três gotas de soro fisiológico nas narinas várias vezes ao dia. Você também pode fazer inalação com vapor de água quente, que ajuda a eliminar o catarro amarelo em excesso. Evite ficar em ambiente com ar condicionado, pois eles deixam o ar seco e facilitam a contaminação por microrganismos no ar. Utilize um umidificador de ar no ambiente, para tornar a respiração mais fácil. Se os sintomas persistirem, procure um atendimento médico. 

Virose
Infecções virais como gripes e resfriados provocam a produção de catarro

Infecções virais comuns

O catarro amarelo também pode sinalizar o desenvolvimento de infecções virais comuns, como gripes e resfriados. Os sintomas comuns da gripe podem piorar algumas condições de saúde que a pessoa já tenha, por exemplo asma, sinusite e bronquite crônica. 

A gripe é causada pelo vírus Influenza, que provoca febre, dor no corpo, cansaço, tosse, espirros e coriza. O resfriado é causado, na maioria das vezes, pelo Rinovírus, responsável pela coceira no nariz, irritação na garganta, espirros e coriza. Raramente, causa febre e, quando causa, é relativamente baixa (entre 38,1 e 39ºC). 

O que fazer: o tratamento tem como objetivo aliviar os sintomas, com analgésicos e antitérmicos. A melhor forma de se prevenir contra gripes e resfriados é com a vacina, que deve ser tomada todos os anos. 

Fontes e referências adicionais

Você já notou que o seu catarro estava amarelado? Qual foi a causa? O que você fez para tratar o problema? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco é Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral - CRM 597798 RJ/ CBCD. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr. Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico-cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. Além disso é diretor médico do Instituto de Transplantes. Suas áreas de atuação principais são: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia, e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

Deixe um comentário