Chá de erva doce emagrece mesmo?

Especialista da área:
atualizado em 06/08/2021

O chá consumido há milhares de anos, seja pelos seus efeitos calmantes e medicinais, ou até mesmo pelo seu sabor. É a segunda bebida mais popular do mundo, pode ser extraída de plantas e sementes, e as suas propriedades podem auxiliar no tratamento de inúmeras doenças, na diminuição de dores e estresse, e pode até mesmo contribuir para o emagrecimento.

  Continua Depois da Publicidade  

O chá de erva doce especificamente, é um remédio caseiro utilizado para diversos fins, porém, a sua principal indicação é no auxílio à digestão alimentar, e por essa razão, muitas pessoas acreditam que a sua ingestão favorece a perda de peso.

No entanto, o chá de erva doce por si só não faz milagres. Ele pode até fazer parte do seu programa alimentar, ajudando o seu organismo a digerir e assimilar os nutrientes de forma mais eficiente e assim reduzir os desejos por comida, mas, perder peso requer mudanças de estilo de vida, incluindo um plano de exercícios físicos e modificações em sua dieta.

O chá de erva doce emagrece?

chá de erva doce

Ainda não existem estudos conclusivos para afirmar se o chá de erva doce emagrece mesmo, mas, no entanto, alguns depoimentos de usuários que ingeriram o uso do chá para esse fim, relataram uma melhora significativa na redução do peso e muitos especialistas em fitness e nutrição recomendam a bebida para ajudar a reduzir o apetite e emagrecer.

Acredita-se que a erva doce pode auxiliar na perda de peso, pois a sua ingestão proporciona uma melhoria do aparelho digestivo, auxiliando a absorção de nutrientes, deixando a pessoa saciada e inibindo assim, a compulsão por comida. Além disso, a erva doce possui alguns efeitos diuréticos, que podem diminuir o inchaço e eliminar o excesso de água no organismo.

Outras propriedades desta erva podem ainda estimular a transpiração, contribuindo para a perda de peso.

Outros benefício da erva doce

A erva doce é um planta fortemente aromática, originária da região do Mediterrâneo, mas hoje é cultivada em todo o mundo. Este chá é um remédio caseiro, indicado para a digestão, perda de peso, dor de garganta e pedras nos rins. Algumas pesquisas com as sementes revelaram que, a longo prazo, proporcionam mais saúde ao ser humano e podem estimular a produção de leite para mães que amamentam.

A erva doce também tem sido usada como um remédio anti-inflamatório e cardiovascular. Há estudos que evidenciaram que a erva doce, em combinação com outras ervas, podem ajudar a diminuir a dor e a inflamação da colite (doença inflamatória do intestino).

Estas ações benéficas podem contribuir com a melhoria de diversos problemas de saúde, incluindo as consequências negativas do excesso de peso. Porém, outros estudos clínicos são necessários para fornecer mais evidências da eficácia da erva doce nestas áreas.

Ademais, como já mencionado, beber chá de erva doce regularmente ajuda a eliminar o excesso de líquidos do corpo, pelo seu potencial diurético. Tal propriedade ajudar a normalizar a pressão arterial, remover toxinas do organismo e reduzir o risco de problemas do trato urinário.

  Continua Depois da Publicidade  

Você também pode aliviar o inchaço nos olhos causados pela retenção de líquidos, aplicando uma compressa fria de chá de erva doce sob os olhos.

Além disso, estudos já comprovaram que o chá de erva doce pode também auxiliar na redução dos níveis de colesterol.

Como fazer chá de erva doce

semente de erva doce (funcho)

Você pode preparar o chá de erva doce extraindo as sementes do funcho (folhas da planta) soltas ou comprando embalado em pequenos sachês de chá que contêm sementes de funcho já extraídas. A preparação do chá com saquinhos é mais prática e usual. Saborear o chá de erva doce após uma refeição pode ajudar na digestão, ou você pode tomá-lo quando sentir um desconforto digestivo.

Para preparar o chá de erva doce com um sachê de chá, basta derramar água fervente sobre este.

Para preparar o chá a partir do funcho, você deve:

  1. Extrair as sementes inteiras;
  2. Assar as sementes por um minuto em uma panela em fogo médio (cuidado para não queimar);
  3. Esmagar ligeiramente as sementes usando um pilão;
  4. Ferver um copo de água;
  5. Despejar sobre a água fervida meia colher de chá de sementes.
  6. Deixar absorver por uns três minutos e depois consumir.

Uma alternativa é fazer uma infusão fria. Deixe as sementes em um copo de água durante a noite e beba na manhã seguinte.

Dicas importantes

Por trazer melhorias no sistema digestivo, é recomendado mastigar algumas sementes de erva doce após uma refeição. Além disso, as propriedades antimicrobianas da erva doce atuam contra os germes que causam o mau hálito.

Se você preferir, ao invés de mastigar essas sementes de funcho, você pode bochechar chá de erva doce morno em sua boca ou gargarejar para reduzir o mau hálito. Além disso, por causa de suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias também é benéfico para o alivio de dores nas gengivas.

  Continua Depois da Publicidade  

O chá de erva doce pode auxiliar na regulação do fluxo menstrual feminino. A erva também tem fitoestrógenos que ajudam a aliviar sintomas menstruais, distúrbios da menopausa e inchaço dos seios. Há quem afirme que ela também funciona como um afrodisíaco natural, para aumentar a libido em homens e mulheres, embora esse efeito não tenha comprovação científica.

A erva doce pode ser tóxica se você consumir em doses muito grandes, mas até três xícaras de chá de erva doce por dia não há riscos. O chá de erva doce pode ser indicado para gestantes, pois ajudam a aliviar os enjoos matinais. Entretanto, antes de consumir esta ou qualquer outra erva, seja em forma de chás ou não, a recomendação é que as gestantes consultem antes o seu médico.

Para mães que amamentam, o chá de erva doce pode aumentar a produção de leite e fazer o seu leite mais digerível para o bebê.

Vídeo

Você sabia que o chá de erva doce pode auxiliar no emagrecimento? Tem o costume de tomá-lo com esse propósito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (34 votos, média 3,82)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “Chá de erva doce emagrece mesmo?”

  1. krak!!!!!!! eu adoro chá de Erva Doce, para ser sincera é o único chá que gosto, porém, SEMPRE evitei tomá-lo por achar que engordava. kkkk
    obrigada pelo esclarecimento.

    Responder