Chás

28 Alimentos Bons Para os Rins

Que uma dieta equilibrada é importante para uma boa saúde, todos já sabem. Agora, cientistas identificaram que há alguns alimentos bons para os rins especificamente, além de promover a saúde geral.

Para entender porque os alimentos da lista abaixo são chamados de “super alimentos”, primeiro você deve entender sobre oxidação e radicais livres. A oxidação é um processo do corpo para a produção de energia e faz parte de muitas mudanças químicas. No entanto, por vezes, pode conduzir à produção de moléculas chamadas radicais livres.

Os radicais livres são moléculas instáveis que migram pelo corpo através das proteínas, genes e danifica as membranas celulares. Os radicais livres aceleram o envelhecimento das células e podem favorecer o surgimento de doenças crônicas, incluindo câncer, doenças cardíacas e o mal de Alzheimer.

A boa notícia é que os alimentos bons para os rins citados abaixo contêm antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres. Mesmo em quantidades relativamente baixas, antioxidantes podem ajudar a retardar o envelhecimento ou interromper a oxidação causada por radicais livres. Exemplos de antioxidantes incluem flavonóides, licopeno e as vitaminas C, E e betacaroteno.

Lista de alimentos bons para os rins

Se você estiver com diálise, doença renal crônica (DRC) ou outro problema nos rins saiba que existem inúmeros alimentos que são ricos em antioxidantes e outras propriedades de suporte de saúde. As pessoas com doença renal possuem mais risco de doença cardiovascular do que aqueles sem problemas renais. Se você tem doença renal, é importante que consulte um nutricionista renal para seguir uma dieta específica.

Com o consumo destes alimentos bons para os rins, ricos em nutrientes e antioxidantes listados abaixo, você poderá evitar doenças e problemas renais ou atenuar os males no rim, no caso de já ter algum problema.

1. Pimentão vermelho

Pimentões vermelhos são uma boa opção para aqueles preocupados com a saúde dos rins, porque eles são pobres em potássio. Além disso, eles adicionam cor e sabor a qualquer prato, além de ter uma generosa porção de vitaminas A, C, B6, ácido fólico e fibra. Eles também contêm o licopeno antioxidante, que protege contra certos tipos de cancro. É muito fácil inserir esse ingrediente nas receitas e no seu plano alimentar. Você pode colocar em patês, misturar em molhos de massas, picar junto de carnes, consumir juntamente com saladas na forma crua ou assados no forno recheados com carne, bem como em omeletes.

2. Repolho

Repolho é um vegetal repleto de fitoquímicos, que são compostos químicos encontrados em algumas frutas e vegetais. Fitoquímicos tem a função de romper os radicais livres separados. Os fitoquímicos podem combater o cancro e melhorar a saúde cardiovascular. O repolho é um ótimo complemento para sua dieta, porque é rico em vitaminas K e C, rica em fibras e uma boa fonte de vitamina B6 e ácido fólico, mas é pobre em potássio, por isso é especialmente amigável do rim.

O repolho pode ser integrado em saladas verdes, yakisoba, sopas, integrado em lanches naturais ou usados como envoltório como os famosos charutos de repolho da comida árabe. O repolho pode ser fervido ou cozido no vapor e, em seguida, apreciado com um toque de manteiga ou creme de queijo e uma pitada de pimenta ou sementes de cominho.

3. Couve-flor

Outro dos alimentos bons para os rins é a couve-flor. Este vegetal traz grande quantidade de vitamina C para o seu prato, juntamente com folato e fibras. Além disso, contém compostos que ajudam o fígado a neutralizar substâncias tóxicas.

Couve-flor pode ser consumida crua em saladas, o que é mais nutritivo e mantém as propriedades mais intensas. Mas também pode ser servida cozida no vapor ou fervida, pode ser temperada e servida como acompanhamento como um purê de couve-flor, ideal para substituição do tradicional purê de batatas. Você pode servir também regada com algum molho como um molho branco ou apimentada.

4. Alho

O alho é bom para reduzir a inflamação e diminuir o colesterol. Tem também propriedades antioxidantes e que evitam a coagulação do sangue. Cozinhar o alho não irá interferir nas suas propriedades antioxidantes, mas pode reduzir os efeitos anti-inflamatórios e anticoagulantes. O alho é um ingrediente versátil que pode ser utilizado quase que em todas as refeições, além de ser extremamente saboroso.

Pode ser utilizado como temperos de carnes, ao invés do uso do sal. Você pode picá-lo ou usar a versão em pó. Legumes também combinam perfeitamente com alho e molhos de tomate ou até mesmo molho mostarda, dando um toque todo especial. O alho também pode ser usado para temperar feijão e arroz, bem como ser assado no forno como acompanhamento de carnes.

5. Cebola

Outro alimento popular usado para tempero é a cebola. Ela é rica em flavonoides, especialmente quercetina. Os flavonoides são substâncias químicas naturais que impedem o depósito de gordura em vasos sanguíneos. A quercetina é um poderoso antioxidante que ajuda a reduzir doenças cardíacas e protege contra muitas formas de câncer. Ela também tem propriedades anti-inflamatórias.

O baixo teor de potássio faz com que seja um dos alimentos bons para os rins. Além disso, contém também cromo, um mineral que ajuda o seu corpo a metabolizar gorduras, proteínas e hidratos de carbono. A cebola pode ser apreciada crua em saladas, cozidas em praticamente todos os pratos sejam sopas, saladas, carnes, arroz, feijão, molhos bem como nas tradicionais “onion rings” ou aneis caramelizados.

6. Maçãs

Consumir uma maçã por dia pode realmente melhorar a sua saúde de uma forma geral. São ricas em fibras e possuem propriedades anti-inflamatórias. Além disso, as maçãs ajudam a reduzir o colesterol, prevenir a constipação, proteger contra doenças cardíacas e diminuir o risco de câncer. As maçãs podem ser consumidas cruas com casca, sendo o formato mais nutritivo indicado, ou em sucos, cozidas como sobremesa, em bolos, geleias ou até em molhos agridoces para carnes.

7. Cranberries

Cranberries, também conhecidas como oxicocos, são alimentos bons para os rins por prevenirem infecções do trato urinário, por tornarem a urina mais ácida e ajudarem a manter as bactérias longes do interior da bexiga. Elas também ajudam a proteger contra o câncer e doenças cardíacas. Podem ser consumidas em chás ou sucos ou na versão seca em cereais e saladas.

8. Mirtilos

Estes saborosos frutos de cor azulada e arroxeada possuem compostos antioxidantes chamados antocianidinas. Mirtilos são nutritivos, graças a compostos naturais que reduzem a inflamação e à presença de vitamina C e fibras. Eles também contêm manganês, o que contribui para a saúde dos ossos. Pode ser consumido em cereais, em smoothies de frutas ou cozidos em pães ou torradas como geleia.

9. Framboesas

Framboesas contêm um composto chamado ácido elágico, que ajuda a neutralizar os radicais livres. A cor da baga vermelha vem dos antioxidantes chamados antocianinas. Framboesas são repletas de fibras, vitamina C e manganês. Elas também têm abundância de folato, uma potente vitamina B. Framboesas têm propriedades que ajudam a interromper o crescimento de células de cancro e a formação de tumores. Adicione framboesas frescas no cereal, em saladas de frutas, sucos, em smoothies ou como geleia em torradas.

10. Morangos

Morangos são ricos em dois tipos de antioxidantes e contêm grande quantidade de vitamina C, manganês e fibra. Eles têm propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas e também ajudam a manter o coração saudável. São excelentes quando adicionados a cereais ou em vitaminas, mas também podem ser consumidos em sucos, saladas de frutas e nas mais diferentes sobremesas como bolos, pudins e mousses.

11. Cerejas

Cerejas são ricas em antioxidantes e fitoquímicos que protegem seu coração. Quando ingerido diariamente, podem reduzir a inflamação. Cerejas frescas podem ser consumidas puras como lanche da tarde. É comum que a cereja apareça apenas enfeitando o bolo, mas algumas receitas têm a cereja como principal protagonista, como é o caso da torta de cereja, cheesecake de cereja, bolo de cereja e até molho de cereja que fica deliciosa por cima de carnes de cordeiro ou porco.

12. Uvas

A uva possui vários flavonoides que são bons para o coração, porque eles impedem a oxidação e reduzem a chance de coágulos sanguíneos. Um dos flavonoides presentes nas uvas é o resveratrol, que pode aumentar a produção de óxido nítrico, o qual aumenta o relaxamento muscular em vasos sanguíneos para um melhor fluxo de sangue. Os flavonoides também ajudam a proteger contra o câncer e prevenir a inflamação. Aquelas de coloração mais roxa e avermelhada são as que possuem maior teor de flavonoides. Consuma como lanches no intervalo da tarde, faça sucos, consuma em saladas de frutas ou em saladas de frango.

13. A clara do ovo

Você sabia que a clara dos ovos é proteína pura? A clara fornece a proteína de qualidade mais elevada que existe, juntamente com todos os aminoácidos essenciais. As claras de ovos têm menos potássio do que outras fontes de proteína, como as gemas de ovos e as carnes, por isso, utilize a clara para fazer omeletes ou em sanduíches. Se quiser, adicione também a smoothies ou shakes. Você também pode cozinhá-los e usar a clara cozinha para misturar em patês de atum, frango, usar em recheio de pastel de carne ou em saladas, fica delicioso.

14. Peixe

Outra fonte de proteína de alta qualidade é o peixe. O peixe deve integrar um programa alimentar de duas a três vezes por semana. Além de ser uma boa fonte de proteínas, o peixe contém gorduras anti-inflamatórias chamados ômega-3. Estas gorduras saudáveis ajudam a prevenir doenças, como câncer e doenças cardíacas. Eles também ajudam a reduzir o mau colesterol e aumentar o colesterol bom.

Os peixes com mais ômega-3 são o salmão, atum, cavala, arenque e truta. Podem ser consumidos com variados temperos em receitas criativas.

15. Azeite

Pesquisas recentes revelaram que países onde as pessoas consomem o azeite ao invés de óleos tendem a ter menores taxas de câncer e doenças cardíacas. Acredita-se que esta taxa se deve ao alto consumo de azeite que contém ácido oleico, um ácido anti-inflamatório, que protege contra a oxidação e os polifenois e os compostos antioxidantes que previnem a inflamação e a oxidação. Use azeite de oliva virgem ou extra virgem, que possuem mais antioxidantes. O azeite pode ser usado para cozinhar ou para fazer tempero para salada ou uma marinada para vegetais.

16. Água

Manter-se hidratado e manter sua urina diluída é importante para manter seus rins saudáveis. A água é a melhor bebida para a saúde, e não deveria ficar de fora da lista de alimentos bons para os rins. Consumir bastante água durante o dia ajuda no funcionamento correto do rim, bem como na eliminação de impurezas.

Se você se exercita, saiba que deve consumir mais água do que o habitual para repor os sais perdidos com o suor e evitar a desidratação. É importante notar que, se você tem doença renal, você pode não precisar de tanta água, porque os rins danificados não conseguem eliminar fluídos extras como deveriam. Dependendo do seu estágio de doença renal, o seu médico poderá limitar o consumo de líquidos.

17. Melancia

A melancia contém uma grande quantidade de água e também tem função diurética, o que facilita na remoção de resíduos do corpo através da produção de urina. Pode ser consumida em sucos, puras, smoothies ou saladas de frutas.

18. Suco de limão

O suco de limão ajuda a reduzir a formação de pedra nos rins. Você pode adicionar à sua água meia xícara de suco de limão e consumir ao longo do dia. Temperar saladas com limão ou beber sucos de limão pode trazer ótima saúde para os seus rins. Se preferir vinagre de maçã, você também adicionar seis colheres de chá de vinagre em um galão de água filtrada e ir bebendo durante o dia, pois ele também faz parte dos alimentos bons para os rins.

19. Abóbora

As sementes de abóbora são alimentos bons para os rins por serem ricas em antioxidantes, minerais e vitaminas. As sementes de abóbora podem promover mais saúde aos rins e reduzir o risco de pedras neste órgão. Pode ser colocada em saladas, sobremesas ou moídas para uso em pratos diversificados.

20. Gengibre

O gengibre contém compostos antioxidantes benéficos para a função renal. Tem também propriedades de limpeza, além de eliminar toxinas do sangue e rins, purificando-os. O gengibre pode ser usado em receitas doces, colocado em chás ou em molhos em pratos salgados.

21. Cúrcuma

A cúrcuma é rica em propriedades antissépticas e é usada para tratar muitas doenças. Tem propriedades anti-inflamatórias, por isso pode ajudar a prevenir e tratar a inflamação do rim e infecções renais. A cúrcuma pode ser utilizada em molhos, tempero para carnes e outros pratos.

22. Folhas de leão

São um dos alimentos bons para os rins, por serem um dos maiores diuréticos da natureza. Eles fortalecem os rins, limpando a retenção de água e acalma irritações no sistema urinário. Podem ser consumidas frescas ou secas na forma de chás com propriedades diuréticas.

23. Urtiga

Uma outra erva que é usada para beneficiar o sangue e tratar infecções do trato urinário é a urtiga. Tem efeito diurético e mantém a água que flui através dos rins e bexiga, eliminando as bactérias. Seu alto teor de ferro é ideal para o sangue. Pode ser consumido em chás diuréticos fervendo a erva de 10 a 15 minutos.

24. Salsa

Este é um dos melhores alimentos que ajuda a limpar os rins de todas as toxinas e também é benéfico para o tratamento de pedras nos rins e infecção do trato urinário. Você pode incluir este alimento em sua salada ou outros pratos como tempero de molhos ou preparar chá de salsa.

25. Raiz de Marshmallow

A raiz da planta marshmallow também é um diurético bom para os rins. Ela ajuda a tratar problemas urinários, tais como infecção do trato urinário e pedras nos rins. Seu consumo pode atrapalhar a absorção de alguns medicamentos, por isso, o ideal é consultar um médico.

26. Zimbro

O zimbro pode melhorar a função renal e é constantemente usado para infecções do trato urinário e pedras nos rins e bexiga. Zimbro também pode aumentar a necessidade de urinar e favorecer a eliminação de toxinas. Porém, não se deve consumir a erva se você tiver inflamação nos rins ou estiver grávida. O seu consumo não deve ultrapassar mais do que um mês.

27. Milefólio

Milefólio não só funciona como um diurético, encorajando os rins a expelir a água em excesso, mas tem a vantagem adicional de conter propriedades antissépticas e anti-inflamatórias. Enquanto a ação diurética aumenta o fluxo de urina, a ação antisséptica ajuda a combater bactérias que podem causar infecções do trato urinário.

28. Trevo vermelho

Trata-se de uma outra erva diurética que estimula a remoção de resíduos e água dos rins.

Quais destes alimentos bons para os rins você ainda não conhecia, ou não tem incluído suficientemente em sua dieta? Considera aumentar seu consumo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (65 votos, média: 3,75 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

23 comentários

  1. Amei o informativo a respeito dos alimentos que fortalecem o coração e auxiliam no bom funcionamento dos rins. Obrigada!

  2. Maria Cristina Silva dos Santos

    Não conhecia o Trevo Vermelho,Milefólio,Zimbro,Raiz de Marshmallow e Folhas de Leão. Muito boa esta amostra da dra.Patrícia Leite,parabéns doutora e muito obrigada.

  3. gostei das dicas !!!

  4. PEDRO PAULO PONTES

    NÃO CONHEÇO, CRAMBERRIES, MIRTILOS,MILEFOLIO,TREVO VERMELHO,ZIMBRO,FOLHA DE LEÃO, URTIGA

  5. gostei da dicas parabens , nao sabia , que o limao , faz bem para os rins

  6. Muito boa as dicas conheço a maioria dos alimentos outros nunca tinha ouvido falar. Vou incluir mais desses itens em minha alimentação. Muito obrigada.

  7. Parabéns e que Deus a abençoe muito. Também não conheço o trevo vermelho, o milefolio, urtiga, o mashimelo,. o folha de leao e o mesmo que dente de leao? Mas vou pesquisar. Tenho 77 anos e problemas de rins e bexiga. muito grata.

  8. Estranhei um aspecto: morango seria mesmo bom para os rins? Tive duas crises terríveis de pedras nos rins. Em ambas as ocasiões, urinando num pequeno vaso de vidro coberto por gaze, consegui pegar as pedrinhas e, na análise dela, ficou constatado que eram de origem vegetal. Por isso o médico recomendou-me não ingerir vegetal algum que tivesse sementes pequenas, tais como morango e tomate.

  9. Agradeço pelas informações!!! Vou querer me cuidar com alimentos. Obrigada!!

  10. aparecida de lourdes b godoy

    Agradeço as dicas valeu!!!! nao conhecia milefolio urtiga mashimelo folha de leao trevo vermelho zimbro vou incluir na dieta

  11. Quem ja tomou suco de abacaxi p calculo renal e deu certo? Expeliu?

    • Sim uma vez funcionou pq os cálculos eram pequenos, fiz de abacaxi bem maduro e fervido em 5,5 litro de água, coloquei em jarra de vidro na geladeira e tomava durante o dia todo.

  12. comecou aparecer umas coisas branca na minha urina como sou diabetico tenho medo de ser algum problema no rim

  13. Maria das Graças Carvalho

    Dra eu estou muito feliz de ter encontrado às suas receitas de chá.Eu, meu é minha tia estamos com problema de rins , não conheço alguns destes chás ,mas alguns eu conheço,a minha tina está tomando o o chá de salsa melhorou muito muito.Que Deus te abençoa e que vc possa estar dando estas informações muitos e muitos anos parabéns.Beijos.

  14. Muito bom!
    Já consumia alguns dos alimentos,
    mas agora fiquei com um conhecimento
    maior dos alimentos que devemos comer!
    Obrigado

  15. Espetáculo! Sempre sabemos alguma coisa, porém a maioria das dicas desconhecia.
    Parabéns!

  16. Estou com problemas nos rins. Cerveja faz mau

  17. Tenho esclerose glomerular segmentar e focal, gostaria de saber quais alimentos adequados posso comer

  18. Por isso que eu como muita cebola crua e alho sei que a cebola e muito bom para o coração.

    Porém, quem ta com dengue e bom evitar a cebola e alho dizem que provoca a hemorragia mais rápido.

  19. Amei a dica. Tenho 68 anos de idade e luto para continuar saudável. Meus rins agradecem…

  20. Engraçado que ela sempre indica como combinação as carnes! haha Cura de um lado e mata a pessoa (e o animal também) de outro! Muito estranha essa matéria já que carnes nunca são indicadas se o objetivo for realmente curar.

  21. Maria Aparecida
    Amei as indicações sobre os alimentos. Minha vovó esta com problemas nos rins e é cardíaca.

  22. Amei as dicas. Excelente informativo. Alguns alimentos da lista, não tinha conhecimento. Vou passar a usar com mais frequência nos alimentos. Muito obrigada. Abraços.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*